UC12   Apostila Cooperativismo e Associativismo
127 pág.

UC12 Apostila Cooperativismo e Associativismo


DisciplinaAgroindústria e Agronegócio80 materiais1.346 seguidores
Pré-visualização28 páginas
todos os estados brasileiros.
Missão
A CNA tem como missão representar, organizar e fortalecer os produtores 
rurais brasileiros. Ela também defende seus direitos e interesses, promovendo 
o desenvolvimento econômico e social do setor agropecuário. Para tudo isso se 
tornar realidade, a CNA congrega associações e lideranças rurais, e participa de 
forma ativa e permanente das discussões e decisões sobre a política nacional 
agrícola.
Objetivos
\u2022 Unir a classe produtora rural.
\u2022 Defender o homem do campo e a economia agrícola.
\u2022 Valorizar a produção agrícola e a preservação do meio ambiente associada ao 
desenvolvimento da agropecuária e da produção de alimentos.
\u2022 Defender do livre comércio de produtos da agropecuária e agroindústria.
\u2022 Buscar e demonstrar o correto conhecimento dos problemas e das soluções 
apropriadas às questões da categoria econômica.
A CNA é dirigida por uma diretoria executiva, subordinada ao conselho de representantes, 
órgão máximo da instituição, composto por um colégio de 27 presidentes das federações da 
agricultura. Sua atribuição é definir políticas e ações em favor dos interesses dos produtores 
rurais. O conselho se reúne, ordinariamente, duas vezes por ano, podendo convocar reuniões 
extraordinárias.
'
Dica
Não se esqueça: no AVA você tem acesso a links e vídeos complementares aos 
assuntos tratados na unidade curricular!
Associativismo, Cooperativismo e Sindicalismo
115
2. Federações de agricultura e sindicatos municipais 
As federações de agricultura e pecuária nos estados são parte integrante do Sistema Patronal 
Rural, que tem como entidade líder a CNA, e representam os produtores rurais de todo o 
estado. 
Ao lado dos sindicatos rurais, defendem os interesses políticos, econômicos e sociais da cate-
goria, e propõem soluções alternativas para as questões relativas às atividades agropecuárias 
em busca da melhoria da qualidade de vida e da geração de emprego e renda.
As federações, juntamente com o Senar, que é parte do sistema e você vai conhecer melhor 
a seguir, buscam capacitar as pessoas do meio rural associadas, direta ou indiretamente, aos 
processos produtivos agrossilvipastoris por meio de cursos de Formação Profissional Rural \u2013 
FPR e Promoção Social \u2013 PS.
 
Sobre os representantes municipais dos produtores, os dados da CNA 
apontam que existem no Brasil 1.949 sindicatos rurais e 1.123 extensões 
de base, atendendo a 1,7 milhão de produtores rurais associados.
Com o apoio da CNA e das federações, os sindicatos dos produtores rurais atuam nos 
municípios em apoio direto ao produtor agindo na defesa dos direitos e interesses coletivos 
ou individuais da categoria, inclusive em questões judiciais ou administrativas.
O Sistema CNA/Senar criou o programa Sindicato 
Forte para melhorar o atendimento prestado aos 
produtores rurais, verdadeiros clientes dos sindica-
tos e de todo o Sistema CNA/Senar, buscando ainda 
estimular as boas práticas sindicais. 
3. Entidades do Sistema CNA/Senar 
O Sistema CNA/Senar é dividido entre Serviço Nacional de Aprendizagem Rural \u2013 Senar e 
Instituto CNA \u2013 ICNA.
Senar
O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural \u2013 Senar abre oportunidades para homens e 
mulheres que desejam ampliar seus conhecimentos para impulsionar a produtividade com 
preservação ambiental e melhorar a renda e a qualidade de vida no campo.
Criado pela Lei nº 8.315, de 23/12/91, é uma entidade de direito privado, paraestatal, mantida 
pela classe patronal rural, vinculada à Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil \u2013 CNA 
e administrada por um conselho deliberativo tripartite. É integrante do chamado Sistema S 
e tem como função cumprir a missão estabelecida pelo seu conselho deliberativo, composto 
por representantes do governo federal e das classes trabalhadora e patronal rural.
SINDICATO
FORTE
PROGRAMA ESPECIAL
Curso Técnico em Agronegócio
116
A produção nos campos brasileiros avançou com a ciência e a tecnologia, colocando o Brasil 
entre os maiores produtores de alimentos do mundo. O Senar contribui para essa mudança 
com ações de Formação Profissional Rural, atividades de Promoção Social, ensino 
técnico de nível médio, presencial e a distância, ensino superior e de pós-graduação e 
produção assistida.
d
Comentário do autor
É interessante destacar que o Senar atende, gratuitamente, dois milhões de 
brasileiros do meio rural todos os anos, contribuindo para sua profissionalização, 
sua integração na sociedade, a melhoria da sua qualidade de vida e o pleno 
exercício da cidadania.
As 27 administrações regionais do Senar promovem cursos e capacitações para desenvolver 
competências profissionais e sociais em aproximadamente 300 profissões do meio rural, e a 
sua Administração Central também possui um portfólio de programas especiais. 
Nos últimos quatro anos, a entidade ampliou, significativamente, o seu leque de ofertas 
educativas de Formação Profissional Rural \u2013 FPR, Promoção Social \u2013 PS e educação profissional 
técnica e superior, e tem concentrado esforços na busca de novas parcerias para ampliar 
ainda mais o atendimento das necessidades de formação e qualificação no campo.
Veja alguns marcos:
\u2022 O Senar passou a fazer parte do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego 
\u2013 Pronatec, em 2011, expandindo a oferta de cursos para jovens e adultos do Brasil rural.
\u2022 Em 2013, sinalizou um novo caminho para ofertar, também, cursos técnicos, presenciais e 
a distância. Aderiu à Rede e-Tec Brasil e, em 2014, passou a oferecer curso técnico de nível 
médio a distância, sendo parte da carga horária total em polos de apoio presencial criados 
em vários estados. 
\u2022 Em 2013, o Senar Nacional iniciou a oferta de educação superior por meio do curso 
Tecnologia em Gestão do Agronegócio.
Com a enorme capilaridade que tem e por acreditar 
que pode contribuir ainda mais para a multiplicação 
do conhecimento, o Senar criou um programa de As-
sistência Técnica Gerencial com Meritocracia. A pro-
dução assistida da entidade auxilia, principalmente, 
os produtores rurais das classes C, D e E que não têm 
acesso à assistência técnica e às novas tecnologias.
Associativismo, Cooperativismo e Sindicalismo
117
d
Comentário do autor
Pensando que a agropecuária brasileira tem hoje um nível elevado de 
sofisticação de suas operações, novas carreiras e novos perfis profissionais, 
o Senar tem papel importante nesse cenário. Os requisitos de cada cadeia 
produtiva \u2013 do laboratório de pesquisa até o ponto de venda no supermercado, 
na feira ou no porto \u2013 demandam diversas habilidades e competências.
Portanto, podemos dizer que o Senar é a escola que tira a tecnologia das prateleiras e a leva 
ao campo onde há necessidade, e aplica as pesquisas onde há demanda.
 
Realizar Educação Profissional e Promoção Social das pessoas do 
meio rural, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida e 
para o desenvolvimento sustentável do país \u2013 essa é a finalidade 
do Senar.
Ao profissionalizar e oferecer atividades de Promoção Social no meio rural nas modalidades 
estabelecidas, o Senar contribui efetivamente para o aumento de renda, a integração e a 
ascensão social das pessoas a partir dos princípios de sustentabilidade, produtividade e 
cidadania, colaborando, também, para o desenvolvimento socioeconômico do país.
Acompanhe os princípios do Senar!
\u2022 Organizar, administrar, executar e supervisionar, em todo o território nacional, o ensino da 
Formação Profissional Rural e da Promoção Social das pessoas do meio rural.
\u2022 Com base nos princípios da livre iniciativa, da economia de mercado e das urgências sociais, 
aprimorar as estratégias educativas e difundir metodologias para ofertar ações adequadas 
de Formação Profissional Rural e Promoção Social ao seu público.
\u2022 Assessorar os governos federal e estadual em assuntos relacionados