UC12   Apostila Cooperativismo e Associativismo
127 pág.

UC12 Apostila Cooperativismo e Associativismo


DisciplinaAgroindústria e Agronegócio80 materiais1.346 seguidores
Pré-visualização28 páginas
com a formação de 
profissionais rurais e atividades assemelhadas.
\u2022 Expandir parcerias e consolidar alianças públicas e privadas com o objetivo de cumprir a 
missão institucional.
\u2022 Estimular a pesquisa e garantir o acesso à inovação rural.
\u2022 Fortalecer e modernizar o sistema sindical rural.
\u2022 Aperfeiçoar os mecanismos de planejamento, monitoramento e avaliação de desempenho 
institucional.
\u2022 Promover a cidadania, a qualidade de vida e a inclusão social das pessoas do meio rural.
Curso Técnico em Agronegócio
118
Os recursos do Senar se originam de quatro fontes específicas \u2013 um tipo de pessoa física e três 
tipos de pessoa jurídica. Acompanhe.
FONTES DE RECURSOS CÁLCULO DA CONTRIBUIÇÃO
a) Produtor rural \u2013 pessoa física, empregador e 
segurado especial:
0,20% sobre o valor bruto da comercialização 
de sua produção agrossilvipastoril
b) Produtor rural \u2013 pessoa jurídica:
0,25% sobre o valor bruto da comercialização 
de sua produção agrossilvipastoril
c) Agroindústrias (produtor rural \u2013 pessoa 
jurídica):
0,25% sobre o valor da receita bruta 
proveniente da comercialização da produção 
industrializada ou não
d) Outras pessoas jurídicas (sindicatos 
patronais rurais; federações da agricultura e 
da confederação da agricultura e pecuária do 
Brasil; prestadores de serviço de mão de obra 
rural constituídos como PJ; agroindústrias 
de piscicultura, carcinicultura, suinocultura e 
avicultura (somente com relação aos empregados 
que atuam na área rural); agroindústrias que 
se dedicam apenas ao florestamento e ao 
reflorestamento.
2,5% sobre a folha de pagamento
Instituto CNA \u2013 ICNA
O Instituto CNA é uma associação civil sem fins lucrativos. Criado em 26 de março de 2009, 
desenvolve estudos e pesquisas sociais e do agronegócio, atendendo a demandas do Sistema 
CNA/Senar. Desenvolve, ainda, tecnologias alternativas para a produção e a divulgação de 
informações técnicas e científicas, com foco no meio rural brasileiro.
O trabalho realizado no Instituto CNA traz uma importante contribuição 
para a formulação de propostas de políticas públicas, nas quais o 
beneficiário é a população rural brasileira.
O ICNA tem como missão o desenvolvimento integral das pessoas 
que vivem no meio rural, oferecendo-lhes os mesmos acessos que são 
conferidos ao meio urbano.
Associativismo, Cooperativismo e Sindicalismo
119
d
Comentário do autor
O ICNA tem uma história interessante: em 2009, o Instituto realizou uma 
pesquisa sobre os \u201cvazios institucionais\u201d, ou seja, as desproteções que afetam 
a população rural brasileira. As informações recolhidas formam um panorama 
sobre a vida e as dificuldades das pessoas da zona rural, descrevendo como 
estão os acessos aos serviços básicos de saúde, educação e cultura.
Com base nessa pesquisa, já foram elaborados programas e projetos que passaram 
a fazer parte do portfólio de ações do Sistema CNA/Senar para minimizar as 
dificuldades e propor soluções duradouras para as comunidades rurais.
Encerramento do Tema 
Os conhecimentos sobre sindicalismo adquiridos nesta etapa do curso proporcionaram uma 
visão da atuação do trabalhador e do produtor rural como profissional, conhecendo seus 
direitos e suas obrigações.
Vimos, também, a importância da participação do produtor e do trabalhador junto ao sindicato 
rural do seu município e as oportunidades de capacitação que o sistema sindical, por meio do 
Senar, oferece para que se possa acompanhar a evolução do mercado.
Os produtores e trabalhadores rurais juntos e organizados em associações, cooperativas e 
sindicatos terão mais oportunidades e condições para a melhoria da qualidade de vida.
Atividade de aprendizagem 
1. Por que as pessoas se associam em sindicatos? Assinale a resposta correta.
a) Porque é obrigado filiar-se ao sindicato para ter direitos trabalhistas.
b) Para facilitar a reivindicação dos direitos trabalhistas.
c) Para ter direito ao fundo de garantia quando for demitido da empresa ou pelo patrão.
d) Para que o banco possa financiar os projetos da atividade rural, como a construção do 
curral e a compra do gado.
e) Para pagamento da contribuição sindical.
Curso Técnico em Agronegócio
120
2. Pode ser constituído no município mais de um sindicato da mesma categoria profissional? 
Marque a resposta correta.
a) Poderá haver mais de um sindicato de trabalhadores rurais no município, desde que 
seja aprovado em assembleia geral.
b) Se os escritórios ficarem a mais de 100 quilômetros distantes um do outro, para 
facilitar, a diretoria pode propor a criação de outro, mas deve ser aprovado pela maioria 
presente na assembleia. A assembleia é soberana.
c) A lei não permite a criação de mais de um sindicato da mesma categoria profissional 
na mesma base territorial.
d) Se o Ministério do Trabalho e o INSS concordarem, poderá ser discutida com o 
pessoal da Federação dos Trabalhadores do Estado a criação de um novo sindicato 
de trabalhadores no mesmo município se conseguir cadastrar mais de dois mil 
trabalhadores rurais.
e) Poderá ser criado mais de um sindicato no município desde que haja autorização da 
prefeitura.
3. O que é o Senar?
a) O Senar é uma empresa criada pelo governo federal, com apoio da maioria da Câmara 
dos Deputados e do Senado, para atender aos fabricantes de máquinas e equipamentos 
agrícolas, facilitando o trabalho no campo.
b) O Senar, vinculado ao CNA, é uma instituição privada, responsável pela capacitação 
profissional e promoção social do produtor, do trabalhador rural e de seus familiares.
c) O Senar, Serviço Nacional de Atendimento aos Recursos Naturais, é um órgão publico 
para atendimento ao Ministério da Agricultura.
d) O Senar atua apenas para atender aos grandes produtores rurais, pois apenas eles 
contribuem com a sua manutenção.
e) É uma empresa paraestatal, que atua com orientações diretas do governo federal, 
criada para atuar com o saneamento rural do Brasil, vinculado ao Banco Central.
Associativismo, Cooperativismo e Sindicalismo
121
4. A contribuição sindical que cada sindicato recebe pode ser aplicada nas seguintes 
atividades, exceto:
a) Assistência jurídica.
b) Assistência médica, hospitalar, dentária e farmacêutica.
c) Congressos e conferências.
d) Aplicar mais de 50% anualmente para custeio da administração do sindicato.
e) Finalidades desportivas e sociais.
5. O Decreto\u2013Lei nº 5.452/43 permite a aplicação de no máximo 20% para custeio do sindicato 
anualmente. Após a sua criação, quem deve assinar o reconhecimento da associação como 
sindicato? Marque a opção correta.
a) Presidente da República.
b) Governador do estado.
c) O juiz de direito da comarca.
d) O Ministro do Trabalho.
e) A Contag.
Curso Técnico em Agronegócio
122
Atividade extra: Análise Conceitual Comparativa
Para encerrar esta unidade curricular, tente elaborar um quadro comparativo entre as três 
categorias estudadas: as associações, as cooperativas e os sindicatos.
O objetivo é identificar e analisar os institutos sob as formas simétrica e assimétrica nos 
ambientes rurais, sendo que é importante que você tenha consciência de que cada uma das 
categorias possui a sua função de acordo com as suas características.
Vamos lá? 
Associativismo Cooperativismo Sindicalismo
Associativismo, Cooperativismo e Sindicalismo
123
Atividade de aprendizagem \u2013 Gabarito
Tema 1
1) Alternativa c. Empreendedor individual, pois a atividade é individual.
2) Alternativa e. Conforme a Constituição, ninguém pode ser obrigado a se associar ou 
permanecer associado. Os benefícios citados são direitos.
3) Alternativa b. Secretaria da Receita Federal do Brasil. O contador, ou outro profissional, 
pode auxiliar, mas o CNPJ é feito na SRF.
4) Alternativa e. Representar a comunidade perante o judiciário ou outros órgãos públicos 
para