kryon livro 4
63 pág.

kryon livro 4


DisciplinaAstrologia619 materiais2.143 seguidores
Pré-visualização33 páginas
algum nível, pois o nosso percurso de vidas abarca, também, 
muitas encarnações femininas. 
Nas canalizações destas histórias, cheguei a sentir, até onde a minha capacidade permitia, como era 
ter alguns dos problemas que só uma mulher pode experimentar na nossa sociedade. Isto tocou-me e con-
verteu-me num homem mais justo. 
A história é contada desde a perspectiva dos anjos-guias (algo que Kryon fez antes). Os nomes dos guias 
são Angenon e Veréhoo. Ponho um acento em Veréhoo, porque se transmitiu com VER (soa como \u201cfer\u201d) - E 
(como em \u201chey\u201d) - HOO. 
São os guias de uma mulher chamada Wo. Ao ler este livro, descobrirão que Wo aparece em outras 
duas parábolas. \u201cÉ o mesmo Wo?\u201d podem perguntar. Sim, é. Mas, tal como é dito....Wo encontra-se nou-
tra vida. 
 
 
* * * * * * * * * 
 
 
Angenon e Veréhoo eram guias. Angenon era diferente, pois já tinha sido um Humano. Assim, levava 
consigo o registo da condição humana. Veréhoo nunca fora Humano, e sempre tinha pertencido ao grupo 
dos guias. Os dois tinham estado continuadamente com Humanos durante os seus períodos de vida. Tanto 
Angenon como Veréhoo sentiam-se excitados, pois encontravam-se a caminho de outra Sessão de Planifi-
cação que indicava o início de outra vida humana\u2026 algo que era sempre uma ocasião festiva. 
Em breve iriam conhecer a entidade que lhes tinha sido designada, uma daquelas que era o Guardião 
do Amor, uma daquelas que seria enviada ao plano da Terra como Humano, uma daquelas programadas 
para que se convertesse num Guerreiro de Luz. 
Estes dois guias, Angenon e Veréhoo, um ao lado do outro a caminho da Sessão de Planificação, iam 
conhecer a entidade a quem chamamos Wo. Já antes tínhamos ouvido falar de Wo, numa parábola ante-
rior canalizada há um ano, nesta mesma sala. 
 
Wo encontra-se agora na Câmara de Planificação, cerca do portal que conduz à Gruta da Criação. Wo 
está preparado para reassumir a sua essência e regressar com o seu carma intacto ao planeta Terra. Ange-
non e Veréhoo fazem parte da planificação. É aqui que Wo e todos os demais planificam as lições geradas 
pelo carma (vidas anteriores), assim como as experiências por que terão de passar. A planificação é clara, 
e não há que confundi-la com predestinação. Uma vez mais, Wo chegará ao plano da Terra, onde se verá 
exposto ao carma apropriado, e terá a sua oportunidade de caminhar através dele (tal como fez no passa-
do). Isto é feito para lhe dar a oportunidade de elevar a vibração do planeta através de seus esforços. 
Assim, na Sessão de Planificação, Wo prepara-se para reassumir o seu trabalho no ponto onde o deixou 
(no que respeita ao carma) e para regressar a Terra. Aqui, Wo planifica juntamente com outras entidades 
que ainda têm que passar pelo período de aprendizagem, e também, meus queridos, com as almas supe-
riores de quem já está na Terra, passando pelo seu próprio período de aprendizagem. Foi assim que Wo - 
que na existência anterior fora um homem -, decidiu regressar como mulher, acompanhado de com Ange-
non e Veréhoo. 
Os guias iniciaram de bom grado a sua viagem de regresso à Terra com ela, que elegeu o atributo de 
nascer no primeiro dia do mês de Setembro. Ia ter, pois, que passar por um período difícil com o controlo. 
Durante os primeiros anos de sua vida, Wo é maltratada pelo pai. É mal tratada pelo padrasto. É mal-
tratada inclusive pelo irmão do padrasto. Quando tem onze anos carrega consigo o pesado carma de um 
ciclo de tempo prolongado. Durante este tempo, Angenon e Veréhoo estão junto dela e observam como se 
desenvolve o carma planificado. 
 
Meus queridos, a predestinação não existe. As vossas lições decidem-se e organizam-se conjuntamen-
te\u2026, mas as soluções têm que ser vocês a encontrá-las, pois todas se encontram na Terra. Reparem: se 
tivessem que enviar à Terra entidades como mártires, e se as visitassem alguns anos mais tarde, não se 
surpreenderiam se as encontrassem na condição de escravos. Isto é lógica, não predestinação. Assim pois, 
 33
os atributos dos nascidos a 1 de Setembro são conhecidos, pelo que não vos surpreenderia os problemas 
que encontraram e as lições por que tiveram que passar. 
 
Wo tem dificuldade com os homens. Não tem problemas com a abundância, pois não é esse o carma 
que leva consigo. O dinheiro parece surgir facilmente e, no âmbito dos negócios terrenos, não tem qual-
quer dificuldade. Mas mostra-se rancorosa devido à cólera e à energia da lição cármica, e devora o espíri-
to dos homens que a rodeiam, desfrutando com o jogo dos negócios e vencendo os seus companheiros 
masculinos. Em três ocasiões tentou associar-se com um homem, mas nenhum deles foi capaz de ficar, 
devido à cólera dela. À medida que Wo cresceu, a sua saúde começou a piorar e o seu desequilíbrio permi-
tiu a aparição de doenças relacionadas com stress. 
Angenon e Veréhoo observavam com amor, sabendo que tudo estava sendo apropriadamente conjugado 
para a seguinte fase, pois Wo e os outros tinham decidido que esta podia ser uma encarnação muito 
importante, uma encarnação de que se recordaria, devido aos novos atributos da Terra. 
 
Quando Wo completou 47 anos viu-se \u201cacidentalmente\u201d perante uma mulher iluminada, por ocasião de 
uma dessas reuniões intensivas de negócios em que os Humanos se vêem obrigados a trabalhar juntos 
durante uma semana, incapazes de escapar\u2026 tudo em nome da eficiência! Tanto Angenon e Veréhoo reco-
nheceram a mulher, pois tratava-se de uma entidade da mesma Sessão de Planificação a que haviam assis-
tido 47 anos antes. Era a mesma, cuja aparição estava programada para este ano. Se encontrasse prepa-
rada, devia informa-la dos dons de Deus na Nova Era. 
Como se o destino tivesse querido assim, Wo interessou-se por esta mulher. Wo desejava saber o que 
havia de diferente nela\u2026 como o destino assim o quisesse (humor cósmico). 
Uma noite, Wo aproximou-se da mulher e perguntou-lhe: \u201cComo é que tens paz?... Como é que se mos-
tra tão tolerante com os homens?... Qual é o seu segredo? 
Angenon e Veréhoo puseram-se atentos! Ali, suspenso daquele momento, estava tudo aquilo que eles 
esperavam. Ambos perceberam o potencial do que estava a acontecer, e sabiam que esta era a \u201cjanela de 
oportunidade\u201d fundamental que esperavam. Na história dos seus desígnios como guias nunca tinha aconte-
cido nada como isto. 
Quando a mulher falou acerca da verdade, Wo manteve-se estóica, guardando tudo no seu interior. 
Mais tarde, naquela mesma noite\u2026 a coisa aconteceu: a sós, na sua casa, chorou abertamente, levantou as 
mãos num gesto de desespero, e pediu verbalmente a Deus que lhe concedesse uma audiência. Então, 
como se a luz se tivesse acendido de repente, Angenon e Veréhoo entraram em acção. Ela tinha expressa-
do a sua intenção! 
Sim! O Universo escutava-a! Sim, ali havia algo maior do que o intelecto humano, e - Sim! - Wo poderia 
experimentar a paz durante esta encarnação. Angenon e Veréhoo celebraram e fizeram com que Wo pas-
sasse uma noite de insónia, devido à actividade que se produziu em volta da sua cama. 
 
As coisas começaram a mudar rapidamente para Wo. Encontrou-se com aquela mulher muitas mais 
vezes e rapidamente se fez amiga dela. Conheceu outras pessoas que a ajudaram a passar por processos e 
lhe deram a informação de que necessitava. Durante todo esse tempo, Angenon e Veréhoo regozijaram-se 
com a nova comunicação que, agora, podiam ter com Wo, e com o seu Eu Superior e divino. 
A Angenon e Veréhoo juntou-se um terceiro guia, procedente do grupo de guias-mestres, e Wo pôde 
caminhar directamente através do seu carma, e perdoar a todos aqueles que lhe tinham causado tanto 
mal. Desta forma ganhou em sabedoria e deu-se conta da sua própria responsabilidade por tudo o que 
ocorrera. E, com a sabedoria, chegou o amor. E com o amor chegou a acção. Chegou o momento em que 
Wo não só pôde tolerar os homens na sua vida, como também chegou a juntar-se