O Décimo Planeta   A Pré História Espiritual da Humanidade
162 pág.

O Décimo Planeta A Pré História Espiritual da Humanidade


DisciplinaTeologia e Espiritualidade159 materiais1.076 seguidores
Pré-visualização49 páginas
quadrado, possuía quatro quadrantes, cada um de uma cor. Na parte
superior azul, na inferior amarelo e nas laterais, de um lado verde, do outro violeta.
Faltam mil setecentos e vinte e cinco para perfazer o total de dois mil casais de thugs \u2014 disse
Thessá, desviando o olhar e encarando seu marido.
\u2014 Ainda falta muito \u2014 disse o outro. \u2014 Vou providenciar o necessário para não atrasar o
projeto.
Albiom, que era o gerente da Operação Mutação, se retirou, deixando sua mulher entregue ao
trabalho que estava realizando com a equipe.
Outro thug já havia sido colocado na cama cirúrgica eThessá ia começar a intervenção, quando
Albiom, bastante agitado, quase derrubou a cama de cristal.
\u2014 Thessá! Thessá! Estamos em perigo! Vamos abandonar o mais rápido possível esse lugar!
 
\u2014 Que foi? \u2014 a moça teve um sobressalto.
\u2014 Foram vistos dois ovóides coloridos, a poucos metros da entrada principal
\u2014 Os morgs! \u2014 foi a única coisa que Thessá conseguiu dizer.
7
A invasão
Oleg, lugar-tenente do comandante Rana, cumprindo as novas ordens do imperador, começou
a atacar com os raios paralisantes, montados em suas naves, a região Norte de Erg. Ao mesmo
tempo Ratinov, o governador, junto com o administrador dessa província do império, começou
a organizar a defesa.
\u2014 Ulair, temos que contratacar imediatamente.
\u2014 Mas senhor, que armas usaremos?
\u2014 Aquelas que possuímos.
\u2014 Que são muito poucas.
\u2014 Melhor que nenhuma.
\u2014 Acho mais conveniente, governador Ratinov, consultar-mos a bióloga Thessá. Afinal, ela é
filha de nosso imperador e lá se encontram vários cientistas.
Ratinov não respondeu logo, parecia refletir nas propostas do seu assistente, mas Ulair
continuou, ante o silêncio do governador, a ponderar: \u2014 Os cientistas encontram-se perto da
sede do governo e...
Foi interrompido por Ratinov.
\u2014 De fato, a distância que nos separa das montanhas onde vivem os thugs é de apenas meia
hora de caminhada no meio da mata. Não sei... talvez tenhas razão \u2014 o governador estava
indeciso.
O administrador insistiu:
\u2014 A vegetação abundante impediria que nos vissem, se op-tássemos por essa solução, o
senhor não concorda?
\u2014 Solução que acho inadequada.
\u2014 Por que, senhor?
\u2014 Porque não vai resolver de modo definitivo nossa situa-
ção, que é precária, extremamente perigosa.
 
\u2014 Mas com essa consulta, pelo menos teríamos uma di-retriz sobre qual rumo tomar \u2014 o
administrador continuava insistindo em que deviam consultar os cientistas. \u2022
\u2014 Não adianta, Ulair, já sei de cor o que irão me dizer.
\u2014 O senhor já sabe?
\u2014 Sei, Ulair. Que são contra qualquer ato beligerante, e que, segundo o que prega nosso
imperador, devemos nos ocultar do melhor jeito possível, pois nossa meta não é fazer a guerra
contra os morgs, mas sim abandonar nosso planeta na ocasião propícia.
\u2014 E o senhor vai cumprir essa ordem do nosso imperador?
\u2014 Não. Tenho alguns aliados importantes que comungam das mesmas idéias. Portanto, meu
caro, não pretendo consultar os cientistas que estão na região dos thugs.
\u2014 Então o que usaríamos para combater esse ataque dos morgs?
\u2014 Contra essa poderosa tecnologia deles, só temos uma opção.
\u2014 Qual, governador?
\u2014 O uso do átomo desdobrado.
\u2014 O átomo desdobrado?
Ulair estava atônito. Quase sem fala, gaguejando, perguntou: \u2014 O senhor está consciente das
conseqüências?
\u2014 Plenamente.
O chamado átomo desdobrado era uma fissão nuclear, que essa raça realizava bombardeando
o núcleo atômico com a combinação das sete forças solares, convertidas umas nas outras.
Isso provocava uma reação em cadeia, átomo desintegrando átomo, gerando uma força
inimaginável para nós, tão poderosa que podia desintegrar até mesmo um corpo celeste.
\u2014 Mas senhor... usar o átomo desdobrado? - o administrador estava em pânico.
Ratinov não teve tempo de responder, pois seu secretário entrando na sala, anunciou a
presença na antecâmara do gerente do Projeto Biológico Mutação, Albiom, que desejava uma
entrevista de emergência.
 
O Inefável recebeu o comandante Rana, que veio lhe apresentar as últimas notícias sobre a
invasão de Erg.
Poderá parecer estranho ou incoerente ao leitor a escolha desse astro, em todo nosso Sistema
Solar, quando sabemos que existe um número infinito de sistemas solares idênticos àquele ao
qual pertencia Erg. Porém, como já referimos anteriormente, a escolha recaiu nesse planeta por
ser o único que apresentava condições análogas e vibrações adequadas à sobrevivência dos
morgs. Além disso, Erg situava-se em uma dobra do espaço que coincidia com o planeta dos
invasores e embora se encontrasse em outra dimensão, havia relação entre os hiperespaços de
ambos.
\u2014 Imperador Inefável, senhor da vida imortal! \u2014 saudou Rana. \u2014 Já conquistamos
praticamente toda a região Norte de Erg, e dei ordens explícitas a Oleg para começar a invasão
da re-gião Sul. Teremos muito em breve todo o planeta em nosso poder.
\u2014 Mas isso é muito bom! \u2014 disse o Inefável alegre, um sorriso nos lábios finos.
\u2014 Fico feliz ao ver meu imperador satisfeito com meu trabalho \u2014 disse Rana, subserviente e
bajulador.
\u2014 E quanto aos nossos prisioneiros entre os mundos astrais e mentais de Erg? \u2014 perguntou o
Inefável, ignorando as palavras lisonjeiras de seu comandado.
\u2014 Estamos trabalhando incansavelmente para libertá-los.
\u2014 Que seja bem rápido! \u2014 disse de forma ríspida.
\u2014 Certamente, senhor.
O Inefável antes irritadiço, passou a uma serenidade aparente. Foi com voz pausada que
perguntou: \u2014 Diz-me, Rana, depois que ficamos visíveis, tivemos quantas baixas?
\u2014 Por enquanto nenhuma, meu imperador.
\u2014 Ótimo! Qual a estimativa para a ocupação completa de Erg?
\u2014 Pelos meus cálculos, uma volta completa de nosso planeta em tomo do nosso Sol duplo.
\u2014 Isso levaria doze ciclos'** \u2014 disse o imperador pensativo.
(*) Nota do Autor: Para maior esclarecimento do leitor, doze ciclos seriam, em nossa contagem
de tempo, seis meses terrestres.
 
\u2014 É o tempo aparente correto.
\u2014 Não acha, comandante, que é muito?
\u2014 Se me permite, Inefável imperador, é o ideal para conquistar, sem atropelos e com perda
mínima de irmãos morgs, o planeta e a mente de todos os ergs.
\u2014 Tu dizes sem atropelos?
\u2014 Sim, Inefável! Quando estávamos invisíveis, era bem mais fácil a posse da mente dos ergs;
agora, temos que imobilizá-los, selecionar aqueles corpos em estado letárgico, e só então
proceder a ocupação total de suas mentes. Tudo isso demanda algum tempo.
\u2014 Os locais já se encontram previamente determinados?
\u2014 Todos, meu imperador.
\u2014 Ótimo! \u2014 exclamou o Inefável, visivelmente satisfeito.
\u2014 Depois que a invasão tiver atingido as quatro regiões do planeta, ordeno que separes o
imperador Hylion dos outros, pois quero sua mente para mim \u2014 e o Inefável deu um riso curto,
dissonante e sinistro.
$ & &
Zukov e Agazyr trabalharam febrilmente, sem descanso, por doze dias, em seus cálculos
matemáticos, consultando tabe-las cósmicas, que davam as correlações astronômicas do
planeta, para encontrar uma solução, a fim de neutralizar a barreira de antimatéria colocada
ao redor de Erg. Finalmente, quando já começavam a desanimar, Agazyr conseguiu o que tanto
desejavam.
\u2014 Zukov, meu caro amigo, está aqui \u2014 e apontou para a placa de um material semelhante ao
vidro, coberta de algaris-mos e signos compbcados \u2014, sempre esteve debaixo de nosso nariz, e
não conseguíamos enxergar.
Zukov esticou o pescoço por sobre o ombro de Agazyr e esfregou os olhos cansados das vigílias
intermináveis.
\u2014 E verdade, agora tudo está muito claro! Já podemos levar para Hybon o resultado final de
nossos cálculos.
O imperador recebeu os dois magos em sua sala particular, colocando-os à vontade.
 
\u2014 Senhores, sentem-se! Mas expbquem, por favor, o que significam esses rabiscos? \u2014
perguntou, apontando para a pla-nilha dos cientistas. \u2014 Peço que o façam em detalhes.
\u2014 Imperador Hylion \u2014 disse Zukov \u2014, o problema