A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
6 pág.
Avaliação Didática Katy

Pré-visualização | Página 1 de 2

Avaliação: CEL0304_AV_201301796395 » DIDÁTICA
	Tipo de Avaliação: AV
	Aluno: 201301796395 - KATYENE DE PAULO OLIVEIRA
	Professor:
	MARCIA MEDEIROS DE SOUZA
	Turma: 9003/AC
	Nota da Prova: 7,2        Nota de Partic.: 2        Data: 06/11/2013 17:00:46
	
	 1a Questão (Ref.: 201301915731)
	Pontos: 0,8  / 0,8
	São etapas imprescindíveis na elaboração do conjunto de planos de uma instituição que servirão à organização e à consolidação de um processo de planejamento. Entre as etapas de um plano de ensino destacam-se
		
	 
	Objetivos, conteúdos e avaliação
	
	Conteúdos, cronograma e atitudes
	
	Avaliação, estratégias e atitudes
	
	Programação, objetivos e avaliação
	
	Objetivos, instrumentos e atitudes
	
	
	 2a Questão (Ref.: 201301935229)
	Pontos: 0,8  / 0,8
	Faça uma análise crítica sobre a prática tradicional da avaliação da aprendizagem à luz da perspectiva progresssista da educação.
		
	
Resposta: Na prática tradicional a avaliação é feita através de provas/testes, os alunos devem de forma decorada responder as questões apresentadas, mostrando que aprendeu todos os conteúdos. Os alunos que apresentarem em suas provas o acerto máximo das questões, serão premiados. Podendo levar os outros alunos a serem humilhados, e assim ao fracasso escolar.
	
Gabarito: A prática da avaliação fundamentada na pedagogia tradicional é classificatória, incentiva a competição em sala de aula, é hierarquizante, padroniza,marginaliza, limita a capacidade criativa do aluno em oferecer outros caminhos para a solução de problemas, superdimensiona o quantitativo, o produto final, o resultado em detrimento do processo de aprendizagem, e é excludente.
	
	
	 3a Questão (Ref.: 201301906813)
	Pontos: 0,8  / 0,8
	São tendências da Pedagogia progressista:
		
	
	Libertadora, Libertária, Renovada progressivista, Renovada não diretiva.
	
	Tradicional, Renovada progressivista, Renovada não diretiva, Tecnicista.
	
	Tradicional, Renovada progressivista, Renovada não diretiva, Crítico-social dos conteúdos.
	
	Tradicional, Renovada progressista, Renovada não diretiva, Tecnicista.
	 
	Libertadora, Libertária, Crítico-social dos conteúdos.
	
	
	 4a Questão (Ref.: 201301906819)
	DESCARTADA
	"A educação é uma atividade onde professores e alunos mediatizados pela realidade que apreendem e da qual extraem o conteúdo da aprendizagem, atingem um nível de consciência dessa mesma realidade, a fim de nela atuarem, num sentido de transformação social" (Libâneo, 1996). Está correto afirmar que a citação de Libâneo está relacionada:
		
	
	à tendência libertadora da Pedagogia Liberal iniciada por Rogers no início dos anos 60.
	
	à tendência libertária da Pedagogia Progressista iniciada por Paulo Freire no início dos anos 60.
	 
	à tendência crítico-social da Pedagogia Progressista iniciada por Paulo Freire no início dos anos 60.
	 
	à tendência crítico-social da Pedagogia Liberal, defendida por Saviani.
	
	à tendência tradicional da Pedagogia Liberal iniciada pelo Movimento dos Pioneiros da Educação Nova.
	
	
	 5a Questão (Ref.: 201301906820)
	Pontos: 0,8  / 0,8
	A construção de uma memória sobre o significado renovador do trabalho dos Pioneiros da Educação Nova foi tarefa a que se dedicou Fernando de Azevedo, com o maior empenho, durante praticamente toda a sua vida. O movimento renovador está presente em vários "lugares de memória" (topográficos, monumentais, simbólicos e funcionais) (BRANDÃO, 1999). O significado renovador deste documento "o Manifesto dos Pioneiros da Escola Nova" encontra-se na posição de defender:
		
	
	uma educação integral do homem, enquanto ser criado por Deus.
	
	o professor como o técnico e responsável pela eficiência do ensino.
	
	princípios morais e religiosos ligados à tradição cristã.
	
	a ampliação das discussões sobre a educação brasileira pautada na moral, na ética e no respeito à verdade cristã.
	 
	uma nova escola, promotora da ciência e da pedagogia moderna sob a égide do ensino público, gratuito, e laico.
	
	
	 6a Questão (Ref.: 201302049014)
	Pontos: 0,0  / 0,8
	Na concepção de Pais (2008, p. 16-17): há jovens negros ou ciganos que entram numa escola ideologicamente orientada pelo princípio da igualdade de oportunidades, mas, na realidade, eles são muitas vezes tratados como diferentes quando deveriam ser tratados como iguais. É o que acontece ao serem olhados de lado, sendo desse modo estigmatizados, Outras vezes, esses jovens gostariam de ser compreendidos na sua diferença, mas acabam por ser tratados como iguais. É o que acontece quando não há uma mínima preocupação com as suas carências econômicas ou afetivas. Quando as diferenças que fazem de cada aluno um ser humano não são levadas em linha de conta ou sempre que, por razões não justificadas ou de simples presunção, se é tido como igual mas olhado como diferente, pode surgir entre quem é alvo de discriminação ou abandono um sentimento de solidão expresso em revolta. Esse sentimento de revolta poderá surgir, potencialmente, entre alunos que:
		
	
	desejam ser como os colegas de nível sócio econômico mais alto
	
	não apresentam resistência frente aos padrões
	 
	têm como objetivo mudar hábitos e costumes
	 
	não reconhecem a escola como sua
	
	não pretendem que suas realidades sejam retratadas no universo escolar
	
	
	 7a Questão (Ref.: 201301955618)
	Pontos: 0,8  / 0,8
	A questão da qualidade de ensino nas escolas está ligada à competência dos profissionais que nelas atuam e a resistência à ideologia que atravessa o sistema educacional. Dessa forma, é correto afirmar que é necessário ao professor em sua prática pedagógica cotidiana:
		
	
	condicionar a prática pedagógica, segundo senso comum pessoal do professor;
	
	comprometer-se com a educação, sem se preocupar com as mudanças sociais;
	
	promover a prática de projetos e currículos a partir de disciplinas teóricas;
	
	abrir espaços para os alunos formularem questões teóricas relacionadas aos conhecimentos científicos.
	 
	favorecer o desenvolvimento de uma escola democrática que tenha a ver com as experiências, vivências e conhecimentos dos alunos;
	
	
	 8a Questão (Ref.: 201301965859)
	Pontos: 0,8  / 0,8
	Na realização de uma atividade recreativa, a professora Lúcia, levou a turma de educação infantil para a quadra esportiva. No caminho, uma borboleta chamou a atenção das crianças, que correram a acompanhar e observar. Lúcia aproveitou a pergunta de um aluno e começou a conversar com as crianças sobre esta pergunta : - O que a borboleta está fazendo aqui no jardim?. Muitas respostas surgiram da imaginação das crianças e a dúvida foi aproveitada para outras atividades naquele momento e para outros dias. Diante deste fato identificamos uma das características do bom planejamento:
		
	
	continuidade dos assuntos após toda atividade externa
	
	ausência de objetivo bem definidos para a recreação
	
	improvisação diante da falta de objetivos
	
	clareza e precisão quanto ao interesse de uma criança.
	 
	flexibilidade diante do interesse dos educandos
	
	
	 9a Questão (Ref.: 201301930603)
	Pontos: 0,8  / 0,8
	(Questão adaptada do TJPE, 2009). Em seu livro Educação e Mudança, FREIRE (1979) afirma que "O homem pode refletir sobre si mesmo e colocar-se num determinado momento, numa certa realidade: é um ser na busca constante de ser mais e, como pode fazer esta autorreflexão, pode descobrir-se como um ser inacabado, que está em constante busca". Neste sentido, FREIRE (op. cit.) afirma que esta é a raiz da educação. NÃO se pode afirmar sobre o texto que:
		
	
	O ser humano é sujeito de sua própria história.
	
	Percebe-se que educar está relacionado à humanização