Aula 08 Direito Constitucional
58 pág.

Aula 08 Direito Constitucional


DisciplinaDireito Constitucional I46.567 materiais1.315.371 seguidores
Pré-visualização16 páginas
relativas aos membros do Ministério Público e dos seus serviços 
auxiliares;
- exercer funções executivas do Conselho, de inspeção e correição 
geral;
- requisitar e designar membros do Ministério Público, delegando- 
lhes atribuições, e requisitar servidores de órgãos do Ministério 
Público.
Para complementar a atuação do Corregedor nacional, a CF/88 prevê que 
leis da União e dos Estados criarão ouv idorias do M in istério Púb lico . O 
objetivo é receber reclam ações e denúncias de qualquer interessado 
contra membros ou órgãos do Ministério Público, inclusive contra seus 
serviços auxiliares, representando diretamente ao Conselho Nacional do 
Ministério Público.
d) O Presidente do Conselho Federal da OAB oficiará junto ao CNMP. Logo, 
ele não poderá ser m em bro do Conselho.
O Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), conforme já comentamos, é 
responsável por efetuar o controle da atuação administrativa e financeira do 
Ministério Público e do cumprimento dos deveres funcionais de seus membros. 
Suas com petências estão enumeradas no art. 130-A, § 2°, CF/88:
a) Zelar pela autonomia funcional e administrativa do Ministério Público, 
podendo expedir atos regulamentares, no âmbito de sua competência, ou 
recomendar providências.
b) Zelar pela observância do art. 37 e apreciar, de ofício ou mediante 
provocação, a legalidade dos atos administrativos praticados por membros 
ou órgãos do Ministério Público da União e dos Estados, podendo 
desconstituí-los, revê-los ou fixar prazo para que se adotem as 
providências necessárias ao exato cumprimento da lei, sem prejuízo da 
competência dos Tribunais de Contas.
Exemplos de atos administrativos praticados por membro ou 
órgão do Ministério Público e que estão su je itos ao contro le 
do CNMP são a assinatura de um contrato administrativo, a 
realização de uma licitação ou mesmo a concessão de férias a 
servidores.
c) Receber e conhecer das reclamações contra membros ou órgãos do 
Ministério Público da União ou dos Estados, inclusive contra seus serviços 
auxiliares, sem prejuízo da competência disciplinar e correicional da
Prof. Nádia Carolina www.estrategiaconcursos.com.br 33 de 58
Estratégia
C O N C U R S O S ^
Direito Constitucional p/AFRFB - 2015
Profa. Nádia Carolina / Prof. Ricardo Vale
instituição, podendo avocar processos disciplinares em curso, determinar 
a remoção, a disponibilidade ou a aposentadoria com subsídios ou 
proventos proporcionais ao tempo de serviço e aplicar outras sanções 
administrativas, assegurada ampla defesa.
O MPU e os MPE's possuem competência disciplinas e 
correcional. Mas o CNMP tem competência para avocar 
("chamar para si") processos d isc ip linares e ap licar 
sanções adm in istra tivas aos membros do Ministério 
Público.
d) Rever, de ofício ou mediante provocação, os processos disciplinares de 
membros do Ministério Público da União ou dos Estados julgados há menos 
de um ano.
As bancas examinadoras adoram fazer uma pegadinha 
sobre essa competência do CNMP!
Elas dizem que o CNMP pode rever processos 
disciplinares julgados há "mais de um ano". Isso está 
ERRAD O ! Ora, se passar muito tempo do julgamento 
(mais de um ano!), o CNMP não poderá, em nome da 
segurança jurídica, rever um processo disciplinar. O 
CNMP som ente poderá rever processos 
d isc ip linares ju lgados há m enos de um ano .
e) Elaborar relatório anual, propondo as providências que julgar 
necessárias sobre a situação do Ministério Público no País e as atividades 
do Conselho, o qual deve integrar a mensagem prevista no art. 84, XI.
Por fim, destaca-se que os membros do Conselho Nacional do Ministério Público 
deverão ser processados e julgados, nos crim es de responsab ilidade , pelo 
Senado Federa l. Além disso, compete ao STF julgar as ações contra CNMP (art. 
102, I, "r").
46. (CESPE / MPE-RN - 2009) O Conselho Nacional do M in istério 
Púb lico é com posto de quatorze m em bros, entre os qua is c inco 
m em bros dos MPs dos estados, cada um representando uma região da 
Federação.
Com entários:
Prof. Nádia Carolina www.estrategiaconcursos.com.br 34 de 58
Direito Constitucional p/AFRFB - 2015
Profa. Nádia Carolina / Prof. Ricardo ValeEstratégia
r n n r ii r n s * *C O N C U R S O S
Não são cinco os membros dos MPs dos estados, mas sim, três. Questão 
incorreta.
47. (CESPE / MPE-RN - 2009) O Conselho Nacional do M in istério 
Púb lico deve ser presid ido por seu m em bro m ais antigo.
Com entários:
O CNMP é presidido pelo Procurador-Geral da República (PGR). Questão 
incorreta.
48. (CESPE / MPE-RN - 2009) O Conselho Nacional do M in istério 
Púb lico não tem poderes para determ inar a rem oção de m embro do MP.
Com entários:
Compete ao CNMP (art. 130-A, § 2°, III, CF) receber e conhecer das reclamações 
contra membros ou órgãos do Ministério Público da União ou dos Estados, 
inclusive contra seus serviços auxiliares, sem prejuízo da competência disciplinar 
e correicional da instituição, podendo avocar processos disciplinares em curso, 
determinar a remoção, a disponibilidade ou a aposentadoria com subsídios ou 
proventos proporcionais ao tempo de serviço e aplicar outras sanções 
administrativas, assegurada ampla defesa. Questão incorreta.
49. (FCC /2011/TRT 24a Região) O Conselho Nacional do M in istério 
Púb lico com põe-se de:
a) oito membros, nomeados pelo Presidente do Supremo Tribunal Federal.
b) trinta e três membros, nomeados pelo Procurador Geral da República.
c) quinze membros, nomeados pelo Procurador Geral da República.
d) oito membros, nomeados pelo Presidente do Superior Tribunal de Justiça.
e) quatorze membros, nomeados pelo Presidente da República.
Com entários:
Reza a Constituição que:
Art. 130-A. O Conselho Nacional do Ministério Público compõe-se de 
quatorze membros nomeados pelo Presidente da República, 
depois de aprovada a escolha pela maioria absoluta do 
Senado Federal, para um mandato de dois anos, admitida uma 
recondução, sendo:
I o Procurador-Geral da República, que o preside;
II quatro membros do Ministério Público da União, assegurada a 
representação de cada uma de suas carreiras;
Prof. Nádia Carolina www.estrategiaconcursos.com.br 35 de 58
Estratégia
r n N r i i R < ; n < ; * *
Direito Constitucional p/AFRFB - 2015
Profa. Nádia Carolina / Prof. Ricardo Vale
C O N C U R S O S
III três membros do Ministério Público dos Estados;
IV dois juízes, indicados um pelo Supremo Tribunal Federal e outro 
pelo Superior Tribunal de Justiça;
V dois advogados, indicados pelo Conselho Federal da Ordem dos 
Advogados do Brasil;
VI dois cidadãos de notável saber jurídico e reputação ilibada, 
indicados um pela Câmara dos Deputados e outro pelo Senado 
Federal.
A letra E é o gabarito da questão.
50. (FCC / MPE-RS - 2010) O Conselho Nacional do M in istério Púb lico 
terá seus in tegrantes e le itos para um m andato de do is anos, vedada a 
recondução, sendo presid ido pelo in tegrante mais antigo.
Com entários:
A nomeação dos membros do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) é 
feita para um mandato de 2 anos, admitida uma recondução. O CNMP é 
presid ido pelo Procurador-Gera l da República. Questão incorreta.
51. (FCC / MPE-RS - 2010) O Conselho Nacional do M in istério Público, 
órgão constituc iona l criado pela Emenda Constituciona l no 45/2004 , 
com põe-se de onze m em bros nom eados pelo Congresso Nacional.
Com entários:
O CNMP é composto de quatorze membros, nomeados pelo Presidente da 
República após aprovação da maioria absoluta do Senado Federal (art. 130-A, 
&quot;caput&quot;). Questão incorreta.
52. (FCC / MPE-RS - 2010) O Conselho Nacional do M in istério Público, 
órgão constituc iona l criado pela Emenda Constituciona l no 45/2004, 
confere para os seus m em bros um m andato de do is anos, vedada a 
recondução.
Com