Exercício Avaliativo Curso de Gestão e Fiscalização de Contratos Administrativos
14 pág.

Exercício Avaliativo Curso de Gestão e Fiscalização de Contratos Administrativos


DisciplinaDireito Administrativo I53.881 materiais983.351 seguidores
Pré-visualização6 páginas
Enap Virtual
Página inicial \u25ba gestao_contratos | Turma 4/2016 \u25ba Módulo 2 - Contrato Administrativo \u25ba
Exercício Avaliativo 2
Questão 1
Correto
Atingiu 1,00 de
1,00
Marcar
questão
Iniciado em quinta, 25 Ago 2016, 07:49
Estado Finalizada
Concluída em quinta, 25 Ago 2016, 09:59
Tempo empregado 2 horas 10 minutos
Notas 7,00/10,00
Avaliar 21,00 de um máximo de 30,00(70%)
A Administração pública contratou, mediante prévio procedimento licitatório, o
fornecimento de 10 (dez) trens para operar em nova linha de metrô, com entrega
programada de 8 (oito) trens em 24 (vinte e quatro) meses, quando a linha entraria em
operação, e os outros 2 (dois) em 36 (trinta e seis) meses. Iniciada a operação da linha, o
poder público veri\ufb01cou que a demanda de passageiros \ufb01cou bem abaixo das projeções
iniciais, razão pela qual não haveria mais necessidade dos 2 (dois) trens adicionais, mas
apenas os 8 (oito) já entregues.
Diante da situação veri\ufb01cada, marque a alternativa que melhor descreve a conduta que a
Administração deverá tomar:
 
a. Pode reduzir unilateralmente o contrato, \ufb01cando o contratado obrigado a aceitar a
redução do objeto. Essa é a alternativa correta. Uma das principais peculiaridades
dos contratos administrativos é permitir a alteração contratual de forma unilateral
dentro de certos limites, desde que respeitado o objeto deste e o seu equilíbrio
\ufb01nanceiro, assim como haver a comprovação da existência de motivos de interesse
público.
b. Não pode reduzir ou alterar o objeto do contrato, sob pena de afronta ao
instrumento convocatório.
c. Somente pode reduzir o objeto do contrato, até o montante de 25% do valor inicial
atualizado, com a anuência do contratado.
d. Somente poderá reduzir o objeto do contrato se o contratado ainda não tiver
adquirido os trens e sempre limitada a 50% (cinquenta por cento) do valor inicial
atualizado do contrato.
e. Não poderá reduzir quantitativamente o contrato, salvo por motivo de força maior,
regularmente comprovado, assegurada ao contratado a manutenção do equilíbrio
econômico-\ufb01nanceiro.
BRASIL Acesso à informação Participe Serviços Legislação Canais
Questão 2
Incorreto
Atingiu 0,00 de
1,00
Marcar
questão
Embora os contratos administrativos possam ser alterados, tanto unilateralmente como
por meio de acordo entre as partes, resta importante ressaltar que as alterações devem
ser realizadas com a devida formalização.
Além disso, as alterações devem sempre ser vistas como exceções, uma vez que o
planejamento e\ufb01ciente e adequado das licitações, associado a estudos prévios sobre as
reais demandas existentes, reduzem signi\ufb01cantemente as demandas por alterações
contratuais.
Gabarito: Pode reduzir unilateralmente o contrato, \ufb01cando o contratado obrigado a
aceitar a redução do objeto.
Essa é a alternativa correta. Uma das principais peculiaridades dos contratos
administrativos é permitir a alteração contratual de forma unilateral dentro de certos
limites, desde que respeitado o objeto deste e o seu equilíbrio \ufb01nanceiro, assim como
haver a comprovação da existência de motivos de interesse público.
Analise a seguinte situação, e assinale a alternativa correta.
Uma empresa de consultoria em engenharia foi contratada pela Prefeitura para \ufb01scalizar
uma obra, pelo período de 18 meses, coincidindo com o prazo de vigência do contrato da
obra \ufb01scalizada. Como houve paralisação dos trabalhos do contrato da obra que estava
sendo \ufb01scalizada no décimo mês, determinada pela Administração, e que durou 5 meses,
foi feita também a prorrogação do contrato de consultoria pelo mesmo período,
perfazendo um total de 23 meses de vigência. No período de paralisação da obra, a
empresa contratada para \ufb01scalizar continuou recebendo o valor mensal acordado.
Marque o item que melhor representa o posicionamento técnico sobre a situação
descrita neste enunciado.
 
a. O procedimento foi errado, pois, apesar da possibilidade de prorrogação,
acompanhando o contrato de obra \ufb01scalizado, deveria ter havido também a
diminuição ou supressão de remuneração do contrato de consultoria em face da
paralisação da obra.
b. O procedimento foi correto, pois o contrato em questão se refere a um serviço de
natureza continuada, cuja vigência pode se estender até 60 meses. Essa resposta
está errada. O contrato de \ufb01scalização de obra não pode ser considerado como de
natureza continuada, pois tem escopo próprio (a obra \ufb01scalizada) e não se constitui
em atividade institucional do órgão contratante.
c. O procedimento foi errado, pois não se admite a alteração do prazo inicialmente
pactuado em contratos de \ufb01scalização de obra.
d. O procedimento foi correto, pois a empresa contratada para \ufb01scalizar não pode ter
prejuízo em razão de um fato de terceiro, no caso, a determinação da Administração
para paralisação da obra.
e. O procedimento foi errado, pois como o contrato perdurou por 23 meses, implicou
em um acréscimo contratual de 27,8%, inadmitido na legislação, conforme § 1º do art.
65, da Lei 8.666/1993.
Os processos de \ufb01scalização de obras têm a peculiaridade de o seu objeto estar vinculado
ao objeto de outro contrato e com ele se relacionar diretamente, mormente a fruição de
prazo de vigência. E não poderia ser diferente, na medida em que a \ufb01scalização deve
Questão 3
Incorreto
Atingiu 0,00 de
1,00
Marcar
questão
ocorrer no mesmo ritmo que as obras são executadas.
Dessa forma, os contratos de \ufb01scalização, supervisão e gerenciamento de obras devem
conter cláusulas com previsão de diminuição, ou até mesmo suspensão, da remuneração
nos casos em que as obras forem paralisadas, ou caso seu ritmo diminua
signi\ufb01cativamente.
Essas alterações de prazo e eventuais suspensões de atividades não se con\ufb01guram
alteração do objeto do contrato, conquanto este continua o mesmo. Logo, não estão
sujeitas às regras de vedação sobre aumento ou redução quantitativo do objeto.
Gabarito: O procedimento foi errado, pois, apesar da possibilidade de prorrogação,
acompanhando o contrato de obra \ufb01scalizado, deveria ter havido também a diminuição
ou supressão de remuneração do contrato de consultoria em face da paralisação da obra.
Essa é a resposta correta. O contrato de \ufb01scalização é acessório e deve acompanhar a
vigência do contrato principal. Na hipótese de paralisação ou diminuição de ritmo das
obras, há que se ajustar o contrato de \ufb01scalização na mesma medida, inclusive quanto
aos pagamentos.
Em um contrato de reforma de um imóvel onde funciona o arquivo morto de órgão
público, decidiu-se pela paralisação do contrato, em razão de não haver mais o interesse
na reforma que demandou a contratação, haja vista que uma nova avaliação do estado
da edi\ufb01cação demonstrou que a reforma seria antieconômica, em razão da idade
avançada do imóvel (que implicava em constantes intervenções), da localização
inadequada, e da digitalização de documentos em curso no órgão, o que diminuiria
signi\ufb01cativamente a demanda por espaço físico para arquivo.
O contrato \ufb01rmado teve valor de R$ 300.000,00. Até o último boletim de medição já tinha
sido executado e pago o equivalente a R$ 215.000,00.
Usando a prerrogativa dada pela Lei 8.666/1993, expressa na possibilidade de alteração
unilateral dos contratos até os limites permitidos no art. 65, a Administração informou a
supressão dos serviços restantes e deu por encerrado o contrato.
De acordo com o que foi estudado no curso, indique a alternativa correta.
 
a. O procedimento da Administração está correto, pois os contratos decorrentes de
reforma de edifícios poderão ter supressões unilaterais de serviços de até 50% do
valor inicial do contrato.
b. A Administração deveria ter utilizado a prerrogativa dada pelo inciso XII do art. 78
da Lei 8.666/1993 e rescindido unilateralmente o contrato, invocando razão de
interesse público, evitando assim pedidos de ressarcimento de prejuízos
FABIANA
FABIANA fez um comentário
Os contratos administrativos devem obedecer às formalidades prescritas na Lei de Licitações e Contratos, exceto aqueles decorrentes de dispensa e inexigibilidade.
0 aprovações
Victor
Victor fez um comentário
Em um contrato de reforma de um imóvel onde funciona o arquivo morto de órgão público, decidiu-se pela paralisação do contrato, em razão de não haver mais o interesse na reforma que demandou a contratação, haja vista que uma nova avaliação do estado da edificação demonstrou que a reforma seria antieconômica, em razão da idade avançada do imóvel (que implicava em constantes intervenções), da localização inadequada, e da digitalização de documentos em curso no órgão, o que diminuiria significativamente a demanda por espaço físico para arquivo.... Veja mais
0 aprovações
Carregar mais