MODO%20A%C7%C3O%20INSETICIDAS%201%20PDF
15 pág.

MODO%20A%C7%C3O%20INSETICIDAS%201%20PDF

Disciplina:Entomologia Agrícola260 materiais17.315 seguidores
Pré-visualização1 página
INSETICIDAS NEUROTÓXICOS
MECANISMOS DE AÇÃO

Transmissões nervosas em insetos
Células nervosas ⇒ neurônios com 2 filamentos

Axônio ⇒Filamento longo que conduz os impulsos nervosos
para fora da célula.
Dendrito ⇒Filamento nervoso curto que recebe os impulsos
nervosos.

Corpo celular

Dendritos Axônio

Transmissão de impulso nervoso

•Processos Elétricos: Transmissão Axônica

Processos Químicos: Transmissão Sináptica
SINAPSE: O espaço ou fenda que separa dois neurônios

Fonte: Celso OmotoFonte: Celso Omoto

Fonte: Celso OmotoFonte: Celso Omoto

COMO OCORRE O IMPULSO ELÉTRICO
Os impulsos nervosos são elétricos e ocorrem por diferença de potencial

devido aos íons Ca+ e K+

CÉLULA EM REPOUSO
Interior ⇒ Na+ baixa concentração e K+ alta concentração

Exterior ⇒ Na+ alta concentração e K+ baixa concentração
DDP = -70 mV e membrana impermeável.

IMPULSO/TRANSMISSÃO NO AXÔNIOIMPULSO/TRANSMISSÃO NO AXÔNIO
Membrana axônio pré-sinapse fica permeável
Abertura canais de Na+ ⇒ entrada de Na+ interior;

Saída de K+ com alteração DDP interno + 20 mV;
Exterior fica eletronegativo ⇒corrente elétrica

TRANSMISSÃO DO IMPULSO ELÉTRICO NO AXÔNIO

TRANSMISSÃO DO IMPULSO QUÍMICO NA SINAPSE:
Liberação do neuro-transmissor – ACETILCOLINA Aco

presente nas vesículas Sinápticas (neurônio pré)
Ligação proteína (receptores colinérgicos) ⇒ neurônio pós;
Passagem do impulso;

Liberação da enzima AChE neurônio pós ⇒ degradação da Liberação da enzima AChE neurônio pós ⇒ degradação da
Acetilcolina em Colina + Ac. Acético

Célula volta ao repouso ⇒ ação canais de Cl- na
transmissão axônica.

A-QUE ATUAM NA TRANSMISSÃO SINÁPTICA
A1-INIBIDORES DA ENZIMA ACETILCOLINESTERASE – AChE

-Inseticida liga-se na AChE inibindo sua atividade;
Acúmulo de Aco na sinapse;

INSETICIDAS NEUROTÓXICOS

Acúmulo de Aco na sinapse;
Impulsos químicos contínuos e descontrolados;
Hiper excitação do sistema nervoso central ⇒MORTE

FOSFORADOS ⇒ ACo fosforilada
CARBAMATOS ⇒ ACo carbamilada

A2–INSETICIDAS AGEM EM RECEPTORES DE ACETILCOLINA
Levam insetos a morte ⇒ convulsões e colapso do sistema nervoso.

A2.1- INSETICIDAS AGONISTAS DE ACETILCOLINA
Atuam em receptores de acetilcolina;
São agonistas e competem com os receptores nicotínicos da ACo;

Imitam a ação do neurotransmissor Aco:Imitam a ação do neurotransmissor Aco:
encaixam nos receptores na membrana das células pós-sinápticas;
abrem canais de Na+;

não são degradados pela AChE⇒ Estímulo contínuo
Hiperatividade nervosa seguida de colapso do sistema nervoso

Morte...

NEONICOTINÓIDES

A2.2 – ANTAGONISTAS DE ACETILCOLINA
Inseticida liga-se a Acetilcolina+ Proteina receptora;

Inibição na condução dos íons Na+ por seus canais;
Bloqueio da transmissão dos impulsos nervosos;
Paralisia geral do inseto ⇒ MORTE

TIOCARBAMATOS – Cartap
A2.3 –MODULADORES RECEPTORES ACETIL COLINAA2.3 –MODULADORES RECEPTORES ACETIL COLINA
Fixam-se nos receptores nicotinérgicos da Aco;
Ação modula a abertura canais iônicos (canais de Cl-);

Ocorre ativação prolongada dos receptores;
Transmissão contínua, excitação, colapso sistema nervoso;
O sítio de ligação é diferente dos neonicotinóides;
SPINOSAD - Tracer

A3 - ATUAÇÃO RECEPTORES GABA(ácido gama amino butírico)
No sistema nervoso central e nas junções musculares;

Ação na membrana pós-sinaptica⇒ É neurotransmissor inibitório;
Restabelece o estado de repouso do SNC;

⇒ aumenta a permeabilidade membrana aos íons Cl-

A3.1- ANTAGONISTAS DO GABA
Agem contrariamente ao GABA;
Impedem haja entrada dos íons Cl- no neurônio,
Não há restabelecimento do estado de repouso;
Inseto fica super excitado, com tremores, convulsivo e morre.

Ciclodienos cloro- fosforados – Endossulfan
Fenil pirezóis - Fipronil

A 3.2 – AGONISTAS DO GABA
Inseticidas neurotóxicos , venenos sinápticos de junções colinérgicas;

Agonistas de GABA e canais de Cl-;
Ação associada a potencialização da transmissão GABA energética;

Restabelece estado de repouso sistema nervoso central e
neuromuscular;
Por aumento da permeabilidade da membrana para íons Cl;
Ligam-se receptores de GABA na membrana pós-sináptica;

Estimula fluxo Cl- para o interior neurônio ;
Resulta num estado de repouso forçado : ataxia e paralisiaResulta num estado de repouso forçado : ataxia e paralisia
Há descordenação motora;
Morte por depressão respiratória.

AVERMECTINAS – Vertimec, Abamectina
MILBEMICINAS

B – NEUROTÓXICOS ATUAM TRANSMISSÃO AXÔNICA
B1 – MODULADORES DE CANAIS DE Na+
Inseticidas neurotóxicos ou venenos axônicos;
Agem na transmissão elétrica do impulso na célula nervosa(axônios);

Perturbam a permeabilidade fluxo de Na+ na transmissão;
Ligam-se na proteina receptora ⇒ impedem fechamento canais;

Fluxo contínuo de Na+ para interior membrana;Fluxo contínuo de Na+ para interior membrana;
Prolongamento fase de despolarização;
Neurônio não volta a condição de repouso;
Bloqueio transmissão impulsos nervosos;
Efeito de choque ou knock down = paralisia completa inseto;

PIRETRÓIDES;
DDT e análogos.

B2 – BLOQUEADORES DE CANAIS DE Na+
Inseticidas neurotóxicos ou venenos axônicos;
Impedem a entrada de Na+ para o interior dos axônios;

Neurônio não volta a condição de repouso;
Bloqueio da transmissão dos impulsos inseto apaga
OXADIAZINAS – Indoxacarb ou Rumo

C – INSETICIDAS ATUAM EM PROCESSOS METABÓLICOSC – INSETICIDAS ATUAM EM PROCESSOS METABÓLICOS
C.1- INIBIDORES SINTESE ATP
PIROLES - Chlorfenapyr – Pirate
ESTANHOS -Ciexatin

C.2- INIBIDORES DO TRANSPORTE DE ELÉTRONS
Inibem a enzima NADH oxiredutase da cadeia respiratória

Fenpyroximate – Sanmite, Dicofol
Pyridaben

D – OUTROS
D.1- DESINTEGRAÇÃO MESÊNTERO
São proteínas inseticidas;
Desintegradores da membrana do intestino médio dos insetos;

Gama endotoxina de Bacillus;
Bacillus thuriengiensis israelensis; B. t. kurstaki, B. t. aizawi.....

D.2 – MODULADORES RECEPTORES RIANODINA
Regulam a liberação dos ions Ca+ no axônio;

Efeito na contração muscular.
Chlorantraniliprole - Rynaxypyr – Premio

Sinapse Axônio

Ciclodienos,
Fiproles

Neonicotinóides, spinosinas

OP s, Carbamatos

Piretróides, DDT,
Indoxacarb

Abamectina

RESUMO GERAL MECANISMOS PRINCIPAIS GRUPOS DE
INSETICIDAS - Fonte Luis Pavan

Membrana
Pré-sináptica

receptores
Síntese & liberação

de neurotransmissor :
Acetilcolina

Enzima :
Acetilcolinesterase

OP s, Carbamatos

Canais de Na+

Canais de Cl-

Abamectina

Membrana Pós-sináptica