ESTUDO DIRIGIDO PARA A PROVA AV2 Ciencia Politica
11 pág.

ESTUDO DIRIGIDO PARA A PROVA AV2 Ciencia Politica

Disciplina:Ciência Política11.502 materiais340.054 seguidores
Pré-visualização3 páginas
formas: Casos especiais de Federação, mas onde não é permitido o desligamento de um estado-membro. Ex: URSS sob a liderança exclusiva da Russa e a Espanha de Franco.
Império Britânico: Combinação de colônias da Coroa, colônias com instituições representativas, mas sem governo responsável, colônias autônomas, e federações coloniais.
Sob o ponto de vista do Direito Público Interno existe o Estado:
• Unitário.
• Federal: São formados por dois ou mais estados que se unem por motivos diversos. “Organização formada sob a base de uma repartição de competências entre o governo federal e os governos estaduais, de sorte que a união tenha supremacia sobre os estados-membros e que estes sejam entidades dotadas de autonomia constitucional perante a mesma união.”
Exemplo: EUA, México, Argentina, Brasil e Venezuela.
11. Qual a diferença entre Confederação e Federação de Estados?
A confederação de Estados é a união permanente e contratual de estados independentes, que se unem com o objetivo de defender o território da confederação e assegurar a paz interior, além de outras finalidades que podem ser pactuadas.
Exemplo: Antigos Estados Gregos, antigos cantões suíços (Confederação Helvética), confederação dos EUA (1776-1787), Confederação Germânica (1815), Comunidade dos Estados Independentes - CEI (Rússia, Ucrânia, Bielorússia e mais 9 repúblicas da extinta URSS).
A Federação ou Estado Federal é um estado formado pela união de vários Estados, que perdem a soberania em favor da união federal, a qual aparece assim no direito internacional como um estado simples.
União mais íntima, perpétua e indissolúvel de províncias, que passam a constituir uma só pessoa de direito público internacional.
Exemplo: EUA, México, Argentina, Brasil e Venezuela.
12. Conceitue Liberalismo.
Liberalismo é uma filosofia política e econômica que prima pela autonomia moral e econômica da sociedade civil em oposição à concentração do poder político. Apesar de diversas culturas e épocas apresentarem indícios das ideias liberais, o liberalismo definitivamente ganhou expressão moderna com os escritos de John Locke (1632-1704) e Adam Smith (1723-1790). Seus principais conceitos incluem individualismo metodológico e jurídico, propriedade privada, governo limitado, ordem espontânea, estado de direito, e livre mercado.
O liberalismo ideológico consiste em que a liberdade é de extrema importância para a obtenção dos direitos políticos e de interesse do próprio Estado. Entre os princípios fundamentais do liberalismo clássico estão: a transparência, os direitos individuais e civis, principalmente o direito à vida, à liberdade e à propriedade.
O liberal clássico preza a igualdade da lei e de direitos para todos os cidadãos, em um governo baseado no consentimento de seus governados.
13. Qual o conceito de Estado?
Estado é uma sociedade, política criada pela vontade de unificação e desenvolvimento do homem, com intuito de regulamentar, preservar o interesse público.
14. O que é constituição?
É a organização jurídica fundamental de um Estado.
15. Qual o conceito de Constitucionalismo?
O termo constitucionalismo apresenta vários significados. Embora se enquadre numa perspectiva jurídica, tem alcance sociológico. Seus principais significados: Limitação de poderes dos órgãos governantes e imposição das leis escritas como sendo o princípio fundamental da organização social do estado, denominado do império da lei.
16. O termo constitucionalismo é frequentemente utilizado em dois sentidos específicos quais são eles?
A. Como movimento jurídico-político historicamente contextualizado.
B. Como conjunto genérico de concepções juridicopolíticas oriundas do estudo do direito constitucional ou de disciplinas assemelhadas.
17. Como podemos traduzir o conceito de Estado de direito?
Seu conceito incorpora os seguintes elementos: Garantia dos direitos individuais e limitações dos poderes políticos através do direito.
O Estado de direito surge como uma forma de limitar o exercício do poder soberano.
Presume-se que um Estado de direito seja aquele regido por normas jurídicas.
Estado de direito significa que nenhum indivíduo, presidente ou cidadão comum, está acima da lei.
Os governos democráticos exercem a autoridade por meio da lei e estão eles próprios sujeitos aos constrangimentos impostos pela lei.
O Estado de direito está relacionado a limitação do poder político arbitrário através da instituição de leis que protejam os direitos dos cidadãos.
A expressão „Estado de direito, com a qual os juristas da segunda metade do século passado designaram o Estado constitucional moderno, pode ser entendida de diferentes maneiras, mas dois são os significados principais: O Estado é limitado pelo direito, ou seja, o Estado cujo poder é exercido nas formas do direito e com as garantias pré-estabelecidas; O Estado tem como função principal e específica a instituição de um estado jurídico, ou seja, de um estado no qual, segundo a definição kantiana do direito, cada um possa coexistir com os outros segundo uma lei universal.
A limitação do poder tem seu ápice na Constituição, que, como estruturante do Estado de direito, requisita o exercício do poder por um sistema normativo limitador. Ao Estado de direito tradicional foram incorporados gradativamente instrumentos vinculadores da democracia ao poder estatal, até o ponto em que a legitimidade estatal não se restrinja à legitimidade legal, e sim construa o consenso social baseado na pluralidade democrática.
18. Conceitue Nação.
Nação é uma realidade sociológica. Ela significa um grupamento humano que divida os mesmos valores étnicos, linguísticos, religiosos, de consciência social, de costumes etc.
19. Conceitue multiculturalismo.
O multiculturalismo é um princípio que defende a necessidade de se ir além das atitudes de tolerância entre diferentes culturas num mesmo território ou nação. Para os defensores do multiculturalismo, as diferenças entre culturas que habitam um mesmo estado devem ser respeitadas e encorajadas, para que possa haver uma coexistência harmoniosa.
20. Fale sobre direitos humanos.
Possuem diversos significados e interpretações, mas existe um consenso no qual todas as pessoas são detentoras dos direitos humanos, independente de sua etnia, raça, gênero, sexualidade e situação socioeconômica. Fundamenta-se no ideal de construção de uma sociedade que permita e garanta as mesmas condições sociais e de aquisições de bens.
21. Os Direitos Humanos podem ser subdivididos em três gerações. Quais são eles? Direitos civis e políticos: se relaciona com as ideias liberais da democracia. Direitos econômicos e sociais: e relaciona-se ao mundo trabalhista, vincula-se às lutas operárias e aos ideais de igualdade. Direito de autodeterminação dos povos: desenvolvimento, preservação do meio ambiente e o usufruto de bens comuns à humanidade.
22. Conceitue globalização.
O conceito de globalização não é uniforme. Para alguns estudiosos é considerado sob o aspecto da atribuição de um sentido integral e uniforme ao mundo contido no globo terrestre. Por outros, a globalização não pode ter o sentido de uniformidade, pois cada país é por ela atingido de forma diversa.
23. Conceitue movimentos sociais.
Movimentos sociais são articulações da sociedade civil constituídas por segmentos da população que se reconhecem como portadores de direitos, mas que ainda não são efetivados na prática. Aqueles de base popular se organizam na própria dinâmica de ação e tendem a se institucionalizar como forma de consolidação e legitimação social.
24. Conceitue estado de exceção.
O estado de exceção constitui um “ponto de desequilíbrio entre direito público e fato político” que é como a guerra civil, a insurreição e a resistência situa-se numa franja ambígua e incerta, na intersecção entre o político e o público.
25. Defina desobediência civil.
Os defensores da desobediência civil consideram que, quando existem leis injustas e não se consegue alterá-las “através os meios legais, como as
campanhas, a redação de cartas, etc.”,
Jocelino Oliveira fez um comentário
  • AV2 ciencia politica
    3 aprovações
    Rejane Miguel fez um comentário
  • Obrigada!
    1 aprovações
    Carregar mais