ESTUDO DIRIGIDO PARA A PROVA AV2 Ciencia Politica
11 pág.

ESTUDO DIRIGIDO PARA A PROVA AV2 Ciencia Politica

Disciplina:Ciência Política12.957 materiais361.636 seguidores
Pré-visualização3 páginas
existe justificação moral para desobedecer à lei.
Ocasião para a desobediência civil emerge quando as pessoas descobrem que lhes é pedido que desobedeçam leis ou políticas governamentais que considerem injustas.
26. O que é uma Revolução?
Revolução é uma mudança ou transformação radical que pode abranger distintos âmbitos (social, econômico, cultural, religioso, etc.) em simultâneo. As alterações revolucionárias têm consequências transcendentais e costumam ser consideradas súbitas e violentas, uma vez que se trata de uma ruptura à ordem estabelecida.
As revoluções resultam de processos históricos e são construções coletivas.
A ciência da história estabelece três grandes tipos de revoluções: política, social e econômica. Revolução política é aquela em que o governo é substituído e a totalidade do sistema político é modificada, além de influenciar e expandir uma onda de outras revoluções similares. As relações sociais (como as de propriedade), em contrapartida, mantêm-se inalteráveis. As revoluções populares europeias de 1848 são um bom exemplo deste tipo de revolução. Revolução social é a transformação do conjunto das relações e interações sociais cotidianas em um determinado espaço territorial, seja uma cidade ou país. As revoluções sociais alteram as relações de propriedade, transcendendo a política, como a Revolução Francesa de 1789 e a Revolução Soviética de 1917. Revolução econômica é a mudança drástica das condições de produção, distribuição e consumo dos bens e serviços. O termo é geralmente aplicado às alterações/evoluções tecnológicas, como sucedeu com a chamada Revolução Industrial (marcando assim uma época diferente graças ao uso de novas técnicas, fontes de energia, invenção de maquinarias e novos meios de transporte, entre outras questões).
27. O que é um Golpe de Estado?
O golpe de Estado é a mudança, de caráter pessoal, na detenção do poder político. Incorpora o interesse de uma pessoa ou de um pequeno grupo de dentro do próprio poder, que, através de uma manobra política de força, assume a posição de Chefe de Governo, trazendo para si as atribuições do Poder Legislativo e Judiciário a fim de legalizar o seu ato. Geralmente, nesta situação, os golpistas têm o apoio dos militares, para que reúnam as forças de facto necessárias a tomada do poder.
Jocelino Oliveira fez um comentário
  • AV2 ciencia politica
    3 aprovações
    Rejane Miguel fez um comentário
  • Obrigada!
    1 aprovações
    Carregar mais