historiaav1
4 pág.

historiaav1

Disciplina:História da Educação3.291 materiais91.804 seguidores
Pré-visualização2 páginas
Avaliação: CEL0474_AV_201307149197 » HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO

	Tipo de Avaliação: AV

	

	Professor:
	ZULMIRA RANGEL BENFICA
	Turma: 9006/AF

	Nota da Prova: Nota de Partic.:        Data: 18/11/2013 21:29:19

	

	 1a Questão (Ref.: 201307224614)
	DESCARTADA

	As transformações na Grécia Antiga com o advento da pólis a partir dos séculos VIII e VII a. C. determinaram profundas mudanças na sociedade e na cultura grega evidenciadas no curso dos séculos V e IV a. C. Qual a função da educação para a organização da pólis ateniense?

		

	
Resposta:

	

Gabarito: Em Atenas, destacava-se a formação intelectual para a participação política.

	

	

	 2a Questão (Ref.: 201307186542)
	Pontos: 0,0  / 0,8

	Com a consolidação do capitalismo no século XIX, vemos a produção social do trabalho se deslocar definitivamente. Neste momento entram em cena dois atores fundamentais nesta nova sociedade.

		

	
	o patrão e o servo da terra;

	
	o escravo e o senhor feudal;

	
	o trabalhador assalariado e o proprietário socialista.

	
	o patrão e o trabalhador assalariado;

	
	os servos e os escravos remunerados;

	

	

	 3a Questão (Ref.: 201307173342)
	Pontos: 0,0  / 0,8

	O Manifesto dos pioneiros da Educação Nova trouxe ao cenário brasileiro dos anos 1930, a discussão sobre o modelo educacional que deveria prevalecer no Brasil. As propostas políticas em disputa divergiam em vários pontos, mas os pioneiros não esmoreceram diante das pressões. Os pioneiros defendiam:

		

	
	Uma educação voltada exclusivamente para os mais capacitados, entendendo, que as crianças que não demonstrassem aptidão suficiente para compreender os ensinamentos deveriam ser excluídas das escolas.

	
	Uma educação religiosa, baseada nos preceitos constituídos pelos Jesuítas, a quem consideravam os verdadeiros mestres precursores da educação brasileira e, portanto, deveriam ser seguidos.

	
	Uma escola privada categoricamente propedêutica e alicerçada em concepção nacionalista de defesa dos símbolos e valores nacionais.

	
	Uma educação exclusivamente pública, garantida pelo Estado, com caráter renovado, apoiado no respeito à personalidade humana, laica, baseada no espírito da construção crítica.

	
	Uma educação que mesclava os interesses privados da Igreja Católica e de Igrejas Protestantes com o interesse público de formar mão-de-obra qualificada para o processo de industrialização que nascia no Brasil.

	

	

	 4a Questão (Ref.: 201307176343)
	Pontos: 0,0  / 0,8

	Escolástica é, em sentido restrito, a especulação filosófico-teológica desenvolvida nas escolas da Idade Média até a Renascença. Inicialmente nas escolas das catedrais e as monacais e, mais tarde, nas Universidades, fundamentando-se em bases metafísicas e religiosas. Maior expressão da filosofia cristã medieval tinha como princípio fundamental a concepção do homem como criatura divina que deve cuidar acima de tudo, da vida eterna e da salvação da alma. Dessa forma:
I ¿ Se limitava a orientação religiosa e a uma sistematização doutrinária, buscando apoiar a fé na razão.
II ¿ Buscava a pluralidade de ideias e de interpretações pela unidade de princípios apoiados na fé e na razão.
III ¿ A orientação dos conteúdos partia dos clássicos da tradição helenístico-romana.
 IV ¿ Nas contradições entre fé e razão era recomendado o princípio da autoridade.
 V ¿ Desenvolvia um método sem formalismos e de claras distinções metafísicas.
Estão corretas as alternativas:

		

	
	III e V.

	
	II e V.

	
	I, IV e V.

	
	I e IV.

	
	I e II.

	

	

	 5a Questão (Ref.: 201307186130)
	Pontos: 0,0  / 0,8

	Maria L. A. Aranha - no seu livro: História da educação e da pedagogia: geral e Brasil, 2007, p. 96, ed. Moderna - lembrando as palavras do professor Dermeval Saviani, afirma que por muito tempo predominou no Brasil a educação jesuítica inspirada na tradição greco-romana. Educação trazida dos cristãos medievais europeus com influência do Renascimento e da Idade Moderna. O conteúdo desse tipo de ensino foi o Trivium. O Trivium se marcou:

		

	
	como curso de Humanidades - com duração de seis anos - priorizando a Gramática, a Dialética e a Retórica;

	
	como curso Profissionalizante - com duração de seis anos - priorizando os ofícios artesanais, fabris e técnicos.

	
	como curso de Lógica - com duração de seis anos - priorizando a Álgebra, a Aritmética e a Geometria;

	
	como curso de Humanidades - com duração de seis anos - priorizando a Gramática, a Dialética, a Retórica e a Artes Teatrais;

	
	como curso de Lógica - com duração de seis anos - priorizando apenas a Matemática;

	

	

	 6a Questão (Ref.: 201307257720)
	Pontos: 0,0  / 0,8

	Leia as afirmativas abaixo e marque a única opção correta em relação ao mundo grego I A retórica é valorizada pois a política precisa de cidadãos que saibam convencer pela palavra. II De toda a Grécia, a mulher nesta região era mais valorizada e participava de atividades físicas, como exercícios de salto, lançamento de disco, corrida e dança. III Uma educação severa, rígida, voltada sobretudo para a formação militar. IV O preparo físico era importante, mas valorizava-se , sobretudo, a formação intelectual V Não apreciam debates nem discursos longos.

		

	
	2 - Apenas as afirmativas III e V são compatíveis ao mundo espartano

	
	5 - A afirmativa II reflete a realidade de Tebas

	
	1 - Apenas a afirmativa IV refere-se à pólis ateniense

	
	3 - Apenas a afirmativa I refere-se ao mundo ateniense

	
	4 - As afirmativas II e V referem-se à polis espartana

	

	

	 7a Questão (Ref.: 201307257697)
	Pontos: 0,0  / 0,8

	1) Em 1929, a História recebe uma grande contribuição com o chamado ¿grupo dos Annales¿. Assinale a única opção que NÃO apresenta idéias compatíveis com os Annales.

		

	
	1 - A necessidade de perceber a História como um diálogo permanente entre passado e presente.

	
	4 - Os Annales priorizaram descrever o documento em si ao invés de problemátizá-lo.

	
	5 - O grupo defendeu a utilização de fontes diversificadas, como vestígios arqueológicos, tradição oral, censos, fotos etc não se limitando às fontes escritas oficiais.

	
	2 - A construção de temporalidades múltiplas não se restringindo ao tempo simples e linear, como demonstrou em especial o historiador Braudel

	
	3 - A importância de se aproximar a História das demais ciências sociais para o seu enriquecimento.

	

	

	 8a Questão (Ref.: 201307173236)
	Pontos: 0,0  / 0,8

	Durante o século XX alguns intelectuais educadores de grande importância propuseram novas compreensões da educação ou da forma de se educar. Dentre estes pensadores citamos Piaget e Vygotsky, que deram contribuições fundamentais para a compreensão do desenvolvimento cognitivo da criança. Mais importante. A partir de suas teorias surgiu uma metodologia que comumente chamamos:

		

	
	Pragmatismo

	
	Construtivismo

	
	Realismo educacional

	
	Positivismo

	
	Evolucionismo

	

	

	 9a Questão (Ref.: 201307186533)
	Pontos: 0,0  / 0,8

	Em relação ao Império Romano é correto afirmar que:

		

	
	A educação era voltada para a paz.

	
	A educação era voltada para a cidadania.

	
	A educação enfatizava o saber regional.

	
	A educação era cosmopolita e universal.

	
	A educação era voltada apenas para a guerra.

	

	

	 10a Questão (Ref.: 201307186531)
	Pontos: 0,0  / 0,8

	Sobre a educação no período Medieval, é correto afirmar que:

		

	
	As mulheres camponesas aprendiam a ler, escrever e, também, as atividades domésticas.

	
	A educação dos cavaleiros estava voltada para o convívio com as damas, a poesia e as artes da guerra.

	
	Os camponeses aprendiam a ler e escrever nas corporações