PRATICA 3
2 pág.

PRATICA 3

Disciplina:Química Geral Experimental669 materiais10.281 seguidores
Pré-visualização1 página
PRÁTICA 3

ESTEQUIOMETRIA DE UMA REAÇÃO

PRÉ-LABORATÓRIO

PROTOCOLO DE REAGENTES:

Pesquisar e apresentar um breve comentário sobre os aspectos toxicológicos e cuidados no manuseio do H2SO4

Objetivo
Analisar aspectos qualitativos e quantitativos das reações químicas

I. Introdução

	Uma equação química convenientemente ajustada fornece informações a respeito das quantidades dos reagentes consumidos e produtos formados. A relação estequiométrica entre produtos e reagentes permite calcular a massa de produto a ser obtida a partir de massas conhecidas dos reagentes. Essa massa, contudo, é um valor teórico, já que a manipulação dos reagentes sempre induz à perdas, por mais cuidados que possamos ter. A relação entre a quantidade de substância obtida experimentalmente e a quantidade calculada, multiplicada por cem, nos fornece o rendimento percentual da reação.

Uma equação química, tal como a apresentada abaixo, representa uma reação química sob dois aspectos:

CaCO3 (s) + HCl (aq) ( CaCl2 (aq) + CO2(g) + H2O(l)
Aspecto qualitativo – Através das fórmulas químicas, indica quais são as substâncias (reagentes e produtos) envolvidas na reação.

Aspecto quantitativo – Indica as quantidades relativas de reagentes consumidos e de produtos formados, através dos coeficientes estequiométricos.

Através do cálculo estequiométrico determinam-se as quantidades de reagentes consumidos e de produtos formados nas reações químicas. Os cálculos estequiométricos podem ser de dois tipos:

A partir da massa de um dos reagentes, calculam-se as massas dos produtos da reação química.

A partir da massa de um dos produtos de uma reação química, calculam-se as massas dos reagentes.

II. Procedimentos experimentais

Parte 1
Numera-se três béquers limpos e secos de 1 a 3 e anote o peso de cada um. Com auxílio da pipeta, transfere-se 10 ml da solução de cloreto de bário 1,0 mol/l para o béquer 1. Pesar novamente este béquer com o sal. Novamente com a pipeta, transfere-se10 ml de solução de ácido sulfúrico 1,2 mol/l para o béquer 2, pesando o conjunto em seguida. Transfere-se todo o conteúdo do béquer 1 (solução de cloreto de bário) para o béquer 3, e logo após transfere-se lentamente o conteúdo do béquer 2 (solução de ácido sulfúrico) para o béquer 3. Guarde para a parte 2. Anote as observações. Pese o béquer 3 e calcule a massa de produtos contida nele. Como é possível comprovar a Lei de Lavoisier neste experimento?

Parte 2

Pesar inicialmente o papel de filtro. Agita-se a mistura produzida no experimento anterior (parte 1). Escoa-se esta mistura, através do papel de filtro e funil, lentamente com auxílio do bastão de vidro. Lavar o interior do béquer com a pisseta, de modo a recuperar o máximo possível de mistura para o papel de filtro. Após o escoamento da mistura através do papel de filtro, retira-se este do funil. Leve o precipitado para secar em estufa à 150oC, por dez minutos. Retire o precipitado seco da estufa e coloque-o para resfriar em um dessecador Depois de frio, pese o papel de filtro com o precipitado. Anote o peso obtido
III – Relatório

IV- Responda

1. Escreva a equação química correspondente à reação observada. Indique o precipitado formado.

2. Por que a filtração deve ser realizada com o máximo de cuidado?

3. Qual a finalidade de se lavar o precipitado obtido com água destilada?
4.Quais as massas de ácido sulfúrico e cloreto de bário utilizados no experimento para a síntese do sulfato de bário?
5. Qual a massa de sulfato de bário obtida?
6. Qual reagente está em excesso na reação? Justifique através de cálculos.

BaCl2 +

BaCl2 + H2SO4 → BaSO4 + 2 HCl

�PAGE �

�PAGE �7�