Aulas Conforto II
495 pág.

Aulas Conforto II

Disciplina:Conforto Ambiental e Eficiência Energética II25 materiais823 seguidores
Pré-visualização15 páginas
Materiais de Tratamento Acústico

Isolante acústico: Divisórias Deslizantes.

Materiais de Tratamento Acústico

Placas Acústicas SONEX PB E SONEX BLOCK: dupla
função de absorção + isolamento acústico.

Uso em cabines de máquinas,

divisórias de metal ou madeira,

reforçando as características de

eficiência na perda de transmissão

pela alta densidade superficial do

chumbo e na eliminação da

Ressonância pela

placa de absorção SONEX.

Materiais de Tratamento Acústico

Alguns fatores que diminuem isolamento sonoro de
uma parede:

• Vãos condutores de ventilação ou ar condicionado.

• Fendas, orifícios.

• Janelas, portas, etc.

Materiais de Tratamento Acústico

Coeficientes de absorção de alguns materiais.

Materiais com Tratamento Acústico

Analisando a tabela anterior, podemos notar que:

Os materiais são melhores isolantes

 acústicos a frequências mais altas.

Frequências mais altas = sons agudos!

Materiais com Tratamento Acústico

ATENÇÃO!

• O comportamento acústico destes materiais
apresentados pode ser alterado em função das
condições de aplicação dos mesmos; ou ainda de
tintas ou outros materiais sobre este revestimento
acústico.

• Sempre Verificar a aplicação de acordo som as
especificações do fabricante!!!!

Materiais com Tratamento Acústico

Ao especificar os materiais, deve-se considerar as definições dos
seguintes fatores

• NRC (Noise Reduction Coefficient) : Coeficiente de Redução de

Ruído é a média simples dos coeficientes de absorção nas
frequências de 250, 500, 1000, 2000 Hz (as faixas centrais da
sensibilidade do ouvido humano) e representa a performance
de absorção sonora de um material acústico.

• SRA (Speech Range Absorption) : Índice de Absorção da Voz, é

a média simples da absorção sonora de um material nas faixas
de frequência da fala (média de 500, 1000, 2000 e 4000 Hz).
Similar ao NRC, mas representa melhor os efeitos de absorção
em escritórios, auditórios, call centers, locais onde a voz é
predominante.

Materiais de Tratamento Acústico

• Alfa w: representa, em um índice único, uma estimativa da
absorção média de produtos que podem ser utilizados na
análise de situações rotineiras, como aquelas de escritórios,
salas de aula, hospitais etc. Para ambientes com
características especiais, deve ser usado o conjunto completo
de dados de absorção em função da frequência.

• Atenuação sonora: Corresponde à capacidade do forro de
bloquear o som para o outro ambiente.

• Aparência: A aparência do forro também é um fator
importante e que diferencia um projeto, tornando-o mais
sofisticado. Portanto, é imprescindível que esse quesito seja
adequado ao tipo de projeto.

Materiais de Tratamento Acústico

Bibliografia

• YANNAS, SIMONS e CORBELLA, OSCAR. Em Busca de
Uma Arquitetura Sustentável para os Trópicos. Ed.
Revan, 2ª Ed. RJ, 2010.

• SOUZA, Léa et alli. Bê-a-Bá da Acústica
Arquitetônica, Ed UFSCar, SP, 2011.

• CARVALHO, Régio Paniago. Acústica Arquitetônica,
Ed. Thesaurus,2ª Ed, Brasília, 2010.

• http://www.diviworld.com.br

• http://www.knauf.com.br

Disciplina: Conforto Ambiental e
Eficiência Energética II

Professora: Carolina Carvalho

prof.carolinacarvalho@hotmail.com

AULA 10: PROJETOS COM
TRATAMENTO ACÚSTICO

Conforto Acústico

Isolar Acusticamente um ambiente: bloquear a
entrada de ruídos externos ao mesmo, de acordo
com as exigências da atividade a ser desenvolvida.

Além dos materiais apresentados na aula anterior,
podemos fazer uso das esquadrias acústicas.

ESQUADRIAS ACÚSTICAS

As Esquadrias acústicas possuem capacidade de
isolamento acústico superior ao das esquadrias
convencionais. Deve-se isto ao diferencial de:

• As conexões dos vidros com as esquadrias possuem
borracha ou material equivalente, que evitam a
transferência de vibrações.

• A forma de fechamento das esquadrias.

• Camada de ar ou criação de vácuo entre as lâminas
de vidro.

• Preenchimento dos vazios com borracha ou espuma
expandida.

ESQUADRIAS ACÚSTICAS

• Contra o ruído externo:

Janelas com Isolamento

Acústico

Composta por lâminas de

vidro com 4 mm e 6 mm;

mais 10 mm da câmara

de ar entre as lâminas.

ESQUADRIAS ACÚSTICAS

Internamente, as esquadrias acústicas (anti-ruído)
podem ter:

ESQUADRIAS ACÚSTICAS

Esquadrias de abertura

em giro e fixas promovem

melhor isolamento.

ESQUADRIAS ACÚSTICAS

Portas com Isolamento Acústico (anti-ruído): devem
ter conexões de borracha com o portal e/ou travas
retráteis em suas

bases.

ESQUADRIAS ACÚSTICAS

Porta de Madeira Acústica da Silence:

Ela possui dupla chapa de madeira maciça e é
internamente preenchida com chumbo, lã de rocha e
dupla vedação perimétrica.

Ex: Pode ser utilizada em hotéis, estúdios de rádio, estúdios
de TV, estúdios de gravação, estúdios de locução,
consultórios, escritórios, residências e indústrias.

ESQUADRIAS ACÚSTICAS

• Contra o ruído externo: Portas com Isolamento
Acústico (anti-ruído)

ETAPAS PARA UM PROJETO ACÚSTICO

Para projetos de tratamento acústico, faz-se
necessário o conhecimento da:

- Locação do imóvel.

- Plantas e cortes.

- Destinação do imóvel.

- Níveis de ruído aceitáveis para aquela atividade.

- Nível de ruído do entorno.

- Nível de ruído interno do ambiente em
funcionamento.

- Especificações dos materiais a serem empregados.

NBR 10152 - Níveis de ruído para conforto
acústico

Tempo ótimo de reverberação

REVERBERAÇÃO: prolongamento do som no ambiente
devido às multiplas reflexões.

Há um tempo de reverberação ideal para cada
ambiente, e controlar esta característica do som é
importante para os projetos arquitetônicos, pois:

- Se o tempo de reverberação for muito longo=
sobreposição de sons com baixa intelegibilidade.

- Se o tempo de reverberação foi baixo= percepção
difícil deste som em pontos mais afastados da fonte
produtora.

Tempo ótimo de reverberação

Tempo ótimo de reverberação

• O tempo de reverberação adequado para uma
melhor inteligibilidade das palavras deve ser mais
curto, em torno de um segundo.

• O tempo de reverberação para salas de concertos e
igrejas deve ser mais longo, para aumentar a
sonoridade, de dois ou mais segundos.

Tempo ótimo de reverberação

TEMPO DE REVERBERAÇÃO DE SABINE
Determinado pelos coeficientes de absorção sonora
dos materiais (α) de revestimento e dos equipamentos
instalados no interior da sala.

Tempo ótimo de reverberação

TEMPO DE REVERBERAÇÃO DE SABINE
Pode-se prever o tempo de reverberação (TR) de uma sala, antes
mesmo de construí-la, aplicando a fórmula
de Sabine:
V = Volume total do ambiente analisado (V), dado em m3.
S = área de superfície de cada material aparente, dada em m2.
α = coeficientes de absorção (a) dos materiais para cada banda de frequência
(125Hz, 250Hz, 500Hz, 1000Hz, 2000Hz, 4200Hz) – ver tabela do fabricante.
O cálculo deve ser efetuado para cada uma das seis frequências
principais, para obter o tempo de reverberação em cada
frequência.

Tempo ótimo de reverberação

A Geometria do Local:

A geometria do ambiente também é responsável,
juntamente dos materiais aplicados, ao condicionamento
acústico do mesmo.

PROJETO