Aulas Conforto II
495 pág.

Aulas Conforto II

Disciplina:Conforto Ambiental e Eficiência Energética II23 materiais801 seguidores
Pré-visualização15 páginas
a nova
norma fica definido O QUE É A TAREFA, O ENTORNO
IMEDIATO E OS NÍVEIS RECOMENDADOS PARA ESTAS
ÁREAS.

 Área da Tarefa

Fatores da Percepção Visual

3. Tarefa a ser desenvolvida no ambiente - NBR 8995-1

U= Nível de Uniformidade

Norma NBR 8995-1:2013 – Área de Tarefa e Entorno Imediato

Fatores da Percepção Visual

3. Tarefa a ser desenvolvida no ambiente - NBR 8995-1

• EX: Se houver um layout definido, minha área de
interesse é o plano de trabalho do usuário e a norma
permite níveis de iluminâncias inferiores no entorno.

• A nova norma agora aborda Temas como o controle de
ofuscamento (UGrl), IRC (índice de reprodução de cor -
Ra), Temperatura de Cor, manutenção das lâmpadas e
luminárias.

Fatores da Percepção Visual

4. Nível de iluminação

Para uma boa visão da tarefa a ser exercida é
necessário que vejamos seus detalhes de forma,

cor, tamanho, sombras e texturas.

Fatores da Percepção Visual

Iluminância: Medida da quantidade de luz incidente sobre
uma superfície, por unidade de área.

• Unidade: Lx (Lux) ou

 Lm/m²

 (Lumen /metro quadrado)

Fatores da Percepção Visual

A realização de uma tarefa visual requer um nível mínimo

de iluminância na superfície onde está sendo realizada a

tarefa. A esta superfície chamamos plano de trabalho.

Fatores da Percepção Visual

A Iluminância depende do Fluxo Luminoso da fonte e da:

• Distância entre a fonte luminosa e a superfície.

• Ângulo formada entre o raio luminoso e a normal a
superfície.

Por Fluxo Luminoso entendemos:

a quantidade total de LUZ que

Irradia de uma fonte de

Luz (Lumens).

Fatores da Percepção Visual

A medição em campo da Iluminância é feita através de um
aparelho chamado Luxímetro.

Fatores da Percepção Visual

5. Luminância e Contrastes

Luminância: Unidade física que representa o nível de luz
refletida em uma superfície.

• Unidade: cd/m² (Candela por metro quadrado)

• A luminância de uma superfície varia de acordo com:

– quantidade de luz que incide

sobre uma superfície.

– as propriedades da superfície.

– o ângulo formado entre a

superfície e a linha de visão.

Fatores da Percepção Visual

A Luminância é um dos principais fatores da qualidade
da iluminação pois determina os contrastes, a

possibilidade de boa adaptação, a presença ou
ausência de ofuscamento e, em geral, a capacidade

visual e o bem-estar causado pela iluminação.

• Luminância > medida (cd/m²)

• Brilho > sentido

Fatores da Percepção Visual

A Luminância pode ser medida em campo através de
um aparelho chamado Luminancímetro.

Fatores da Percepção Visual

5. Luminância e Contrastes

Contraste: Função da sensação visual, influenciada pela
diferença de luminância entre o objeto visto (figura) e o
plano de fundo (entorno imediato), OU, a diferença
entre a luminância e a cor de um detalhe e seu fundo
(Illuminating Engineering Society, 1991);

Fatores da Percepção Visual

5. Luminância e Contrastes

Fatores da Percepção Visual

6. Pertubações Visuais

O desconforto Visual/Lumínico ocorre principalmente por
erros de concepção projetual, que resultam em:

• Má distribuição da luz no ambiente;

• Excesso de luz e alto contraste: Ofuscamento;

• Direcionamento do olho para fonte de luz;

Fatores da Percepção Visual

6. Pertubações Visuais

Ofuscamento: falta de

adaptação do olho provocada

por luminância ou contraste

excessivo no campo visual;

Fatores da Percepção Visual

6. Pertubações Visuais

• Ofuscamento Direto

• Ofuscamento Indireto (por reflexão)

Fatores da Percepção Visual

6. Pertubações Visuais

• Ofuscamento por contraste: caso a proporção entre as
luminâncias de objetos do campo visual seja

 maior do que 10:1 *

• Ofuscamento por saturação: neste caso o olho é
saturado com luz em excesso; esta saturação ocorre
normalmente quando a luminância média da cena
excede 25.000 cd/m2.

*As proporções indicam a diferença de luminância entre duas zona do

campo de visão total.

Fatores da Percepção Visual

6. Pertubações Visuais

Ofuscamento

 Aletas (controle de ofuscamento)

Ofuscamento por saturação.

Correção com persiana interna.

Fatores da Percepção Visual

Elementos Arquitetônicos

Fatores da Percepção Visual

Elementos Arquitetônicos

Banco em Tóquio - Japão, Emmanuelle Moureaux.

Fatores da Percepção Visual

Elementos Arquitetônicos

Banco em Tóquio - Japão, Emmanuelle Moureaux.

Fatores da Percepção Visual

Uniformidade: Ambientes absolutamente uniformes em
termos de iluminação e uso das cores, causam depois
de algum tempo cansaço, sonolência, redução de
disposição para o trabalho, ou seja tudo que reflete o
desconforto visual.

Conforto Visual nos Ambientes

Objetivo
• Produzir um ambiente visual adequado (conforto para

realização das tarefas)
• Função das tarefas visuais a serem realizadas

Critérios de qualidade da luz

• Iluminância média no plano de trabalho
• Uniformidade no plano de trabalho
• Variações de iluminância no ambiente
• Níveis de ofuscamento
• Direção da luz e efeito de sombras

Uso de estratégias de iluminação tudo que reflete o

desconforto visual.

Iluminação Natural X Iluminação Artificial

A forma de expressão da arquitetura vem se adequando ao
sol de maneiras diferentes durante as civilizações em suas

diferentes épocas, até a descoberta da luz artificial na
Revolução Industrial.

A partira daí entra o conceito da luz artificial como
iluminação secundária, ou complementar durante o

período diurno.

No período noturno, além da função e utilidade, a
iluminação artificial assume também possibilidades para

expressão e criação da arquitetura.

Iluminação Natural X Iluminação Artificial

Dragão do Mar

Iluminação Natural X Iluminação Artificial

Showroom Brax - Alemanha

Iluminação Natural X Iluminação Artificial

ILUMINAÇÃO NATURAL

• Fonte: Sol

• Melhor qualidade de luz;

• Consumo energética zero;

• Maior eficiência;

• Melhor resposta orgânica/fisiológica

ILUMINAÇÃO ARTIFICIAL

• Fonte: Lâmpadas
• Baixa qualidade de luz;
• Consumo energético existe;
• Menor eficiência;
• Pior resposta orgânica/fisiológica