Aula 9 - Legislação e Normas regulamentadoras
4 pág.

Aula 9 - Legislação e Normas regulamentadoras

Disciplina:Ergonomia, Higiene e Segurança do Trabalho2.100 materiais16.584 seguidores
Pré-visualização2 páginas
05/11/2013

1

Prof Ana Elisa Souza
Disciplina: Higiente e Segurança no trabalho

Aula 4
Universo, 2013

Legislação e Normas

Regulamentadoras

ISO – (Internacional Organization for
Stardartization)

É uma organização internacional que visa estabelecer
critérios para questões técnicas que incidam sobre a
produção e comercialização de bens de serviços em
todo o mundo.

ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas)
Normatiza as ISSO:
� ISO 9000 (Sistema de garantia de qualidade)
� ISSO 14000 (Sistema de Gestão Ambiental)

Normas Regulamentadoras
� A legislação brasileira, cap V da CLT, contém as

determinações relativas à segurança e saúde no
trabalho, e é regulamentada pela portaria n.3.214,
de 8 de junho de 1978.

� Objetivo: estabelecer os requisitos técnicos e legais
sobre os aspectos mínimos de Segurança e Saúde
Ocupacional (SSO).

� Essa portaria contém 36 normas regulamentadoras
(NR) que vêm continuamente atualizadas ao longo
do tempo. (www.mte.gov.br)

• As NRs são elaboradas e modificadas por uma
comissão tripartite composta por representantes do
governo, empregadores e empregados.

• As NR são elaboradas e modificadas por meio de
Portarias expedidas pelo MTE (Ministério do
Trabalho).

• Nada nas NR “cai em desuso” sem que exista uma
Portaria identificando a modificação pretendida.

NR 1 – Disposições Gerais

� Estabelece o campo de aplicação de todas as Normas
Regulamentadoras de Segurança e Medicina do
Trabalho do Trabalho Urbano, bem como os direitos e
obrigações
� do Governo,
� dos empregadores e,
� dos trabalhadores no tocante a este tema específico.

� A fundamentação legal, ordinária e específica, que dá
embasamento jurídico à existência desta NR, são os
artigos 154 a 159 da Consolidação das Leis do Trabalho
- CLT.

NR’s 1, 2, 3, 4 e 5

NR 1 – Disposições Gerais

NR 2 – Inspeção Prévia

NR 3 – Embargo ou Interdição

NR 4 – Serviços Especializados em
Engenharia de Segurança e

Medicina do Trabalho

NR 5 – Comissão Interna de Prevenção
de Acidentes - CIPA

05/11/2013

2

NR’s 6, 7, 8, 9 e 10

NR 6 – Equipamento de Proteção individual

NR 7 – Programa de Controle Médico de
Saúde Ocupacional (PCMSO)

NR 8 – Edificações

NR 9 – Programa de Prevenção de Riscos
Ambientais (PPRA)

NR 10 – Instalação e Serviços de
Eletricidade

NR’s 11, 12, 13, 14 e 15

NR 11 – Transporte, Movimentação,
Armazenagem e Manuseio de Materiais

NR 12 – Máquinas e Equipamentos

NR 13 – Caldeiras e Vasos de Pressão

NR 14 – Fornos

NR 15 – Atividades e Operações Insalubres

NR’s 16, 17, 18, 19 e 20

NR 16 – Atividades e Operações Perigosas

NR 17 – Ergonomia

NR 18 – Condições de Meio Ambiente
de Trabalho na Indústria

NR 19 – Explosivos

NR 20 – Líquidos Combustíveis e
Inflamáveis

NR’s 21, 22, 23, 24 e 25

NR 21 – Trabalho a Céu Aberto

NR 22 – Trabalhos Subterrâneos

NR 23 – Proteção Contra Incêndios

NR 24 – Condições Sanitárias e de
Conforto nos Locais de Trabalho

NR 25 – Resíduos Industriais

NR’s 26, 27, 28, 29 e 30

NR 26 – Sinalização de Segurança

NR 27 – Registro Profissional do Técnico
de Segurança do Trabalho no Ministério

Do Trabalho

NR 28 – Fiscalização e Penalidades

NR 29 – Segurança do Trabalho
Portuário

NR 30 – Segurança do Trabalho
Aquaviário

NR’s 31, 32, 33, 34, 35 e 36

NR 31- Agricultura, Pecuária, Silvicultura,

Exploração Florestal e Aqüicultura

NR 32- Estabelecimentos de
Assistência à Saúde

NR 33 – Saúde nos trabalhos
em espaços confinados

NR 35 – Trabalho em altura

NR 34 – Condições e meio ambiente de
Trabalho na indústria da construção e

reparação naval

NR 36 – Segurança e saúde no trabalho
em empresas de abate e processamento

de carnes e derivados

NR 36 – Segurança e saúde no trabalho
em empresas de abate e processamento

de carnes e derivados

05/11/2013

3

� A portaria n.3.067, de 12 de abril de 1988, dispõe
sobre normas de segurança e saúde no trabalho rural.

� A sua existência jurídica é assegurada por meio do
artigo 13 da Lei nº. 5.889, de 8 de junho de 1973.

� Existem 5 NRRs

� NRR 1 – Disposições Gerais-
� Estabelece os deveres dos empregados e empregadores

rurais no tocante à prevenção de acidentes do trabalho e
doenças ocupacionais.

Normas Regulamentadoras Rurais
( NRRs)

NRR 1, 2, 3, 4 e 5

NRR 1 – Disposições Gerais

NRR 2 – Serviços Especializados em
Prevenção de Acidentes de Trabalho Rural

(SEPART)

NRR 3 – Comissão Interna de Prevenção
de Acidentes do Trabalho Rural - CIPATR

NRR 4 – Equipamentos de Proteção
Individual (EPI)

NRR 5 – Produtos Químicos

NR – 4

� Segundo a portaria 3.214 de Junho de 1978, do Ministério
do Trabalho, pela NR 4, há a previsão de efetivo médico e
paramédico para compor o serviço de medicina em tela.

� As empresas privadas e públicas, os órgãos públicos da
administração direta e indireta e dos poderes Legislativo e
Judiciário, que possuam empregados regidos pela
Consolidação das Leis do Trabalho - CLT, manterão,
obrigatoriamente, Serviços Especializados em Engenharia de
Segurança e em Medicina do Trabalho, com a finalidade de
promover a saúde e proteger a integridade do trabalhador
no local de trabalho. (Alterado pela Portaria SSMT n.º 33, de
27 de outubro de 1983)

� A NR – 7 estabelece obrigatoriedade da elaboração e
implementação, por parte dos empregadores do
Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional
(PCMSO), visando à promoção e à preservação da
saúde dos trabalhadores.

� PCMSO – São guias de controles de saúde dos
trabalhadores, de acordo com os riscos a que são
expostos.

O PCMSO inclui, entre outras atribuições, a
realização dos seguintes exames médicos

Admissional

Periódico

Retorno ao Trabalho

Mudança de Função

Demissional

� Admissional :
Realizado antes que o
trabalhador assuma suas
atividades.

� Demissional :
Obrigatoriamente realizado
15 dias que antecederem ao
desligamento do trabalhador.

� Periódico:
Realizado a cada 6 meses,
um ano, ou a cada 2 anos,
conforme a faixa etária dos
trabalhadores, o tipo de
exposição, e as
peculiaridades das condições
de trabalho.

� Mudança de Função:
Realizado sempre que houver
alterações nas atividades do
funcionário.

� Retorno ao Trabalho:
Realizado obrigatoriamente
no primeiro dia de volta ao
trabalho, de todo empregado
que esteve ausente por um
período igual ou superior a
30 dias, por motivo de
doença, acidente ou parto.

05/11/2013

4

� A NR-7 obriga a empresa a realizar exames
complementares (audiometrias, exames
laboratoriais) em seus funcionários, quando
expostos a determinados agente.

� Para cada exame realizado será emitido o Atestado
de Saúde Ocupacional (A.S.O), em 2 vias, sendo a
primeira arquivada pela empresa e a segunda via
entregue ao trabalhador.

� Todos os exames deverão constar de um
prontuário médico individual, arquivado por 20
anos após o desligamento do funcionário.

� A NR-7 prevê a necessidade da empresa
manter manter material para a prestação de
primeiros socorros aos cuidados de pessoa
treinada para este fim.

� Todo programa de PCMSO deverá ser objeto
de um relatório anual, que deverá conter o
número e a natureza dos exames realizados,
estatísticas dos resultados considerados
anormais e planejamento para o próximo ano.

PPRA (Programa de Prevenção de Riscos
Ambientais)

Tem como objetivo a preservação da saúde e integridade
dos trabalhadores, através da antecipação, avaliação e
controle de riscos ambientais existentes no local de
trabalho.

� Regulada pela NR-9 da Portaria 3.214, do Ministério do
Trabalho, é obrigatória para todas as empresas.

� O programa deve ser renovado a cada ano e os dados
divulgados aos funcionários.

� Deve ser feito com o acompanhamento e participação