Aula 4 - Posto de Trabalho
4 pág.

Aula 4 - Posto de Trabalho

Disciplina:Ergonomia, Higiene e Segurança do Trabalho1.741 materiais15.462 seguidores
Pré-visualização2 páginas
três
primeiros critérios apresentados
(importância, frequência de uso e
agrupamento funcional) referem-se à
natureza dos elementos, enquanto os
demais (sequência de uso, intensidade de
fluxo e ligações preferenciais) referem-se
às interações entre os mesmos.

� Esses critérios não são mutuamente
exclusivos entre si, podendo ser aplicados
de forma conjugada. No caso, por
exemplo, de elementos numerosos (acima
de dez) pode-se fazer uma análise inicial
pelas ligações preferenciais ou pela
intensidade de fluxo, para se obter uma
ideia inicial do arranjo, que pode ser
posteriormente melhorado pelo uso de
outros critérios, como o da importância ou
da frequência de uso.

a) O ser humano necessita de espaço para
trabalhar. O espaço mínimo necessário é
determinado por diversos fatores:

� Pela área necessária para a movimentação
do próprio corpo;

� Pela área necessária para movimentação
em volta da máquina/equipamento;

� Pela necessidade de segurança, para se
evitar o choque do corpo contra partes do
equipamento ou do mobiliário;

� Para não se sentir constrito; é bem
conhecido que todo o ser humano tem o
seu espaço pessoal, uma área em torno da
qual não se deve ter ninguém.

b) O ser humano necessita de uma certa
proximidade com outras pessoas.

c) Trabalho mental não combina com ruído
alto, nem com calor, nem com odores.

d) Trabalho com empenho visual não
combina com ambiente escuro e nem
com reflexos nos olhos.

e) É desejável que exista uma certa
flexibilidade na postura, porém
movimentação excessiva gera fadiga.

f) As pessoas se beneficiarão da
racionalidade na organização da tarefa,
de modo a economizar movimentos e
energia para as atividades produtivas.

g) As pessoas não se adaptam bem a
trabalharem sendo observadas pelas
costas.

h) Trabalhos com empenho intelectual são
prejudicados por movimentação
excessiva em frente à pessoa, ou por
conversa excessiva.

11/09/2013

4

a) Deve-se prever espaços mínimos
compatíveis com as necessidades das
pessoas, segundo o tipo de serviço. Há
necessidade de prever espaços
adequados em corredores principais, em
corredores secundários, em escritórios e
junto das máquinas no chão da fábrica.

b) Deve-se evitar grandes distâncias entre
as pessoas, mesmo que exista espaço
sobrando.

c) Deve-se reduzir ao mínimo a
movimentação das pessoas.

d) Deve-se ajustar ao máximo o
posicionamento das pessoas de acordo
com o seu grau de interdependência no
trabalho.

e) A área de trabalho deve ser organizada
de tal forma que o produto tenha um
fluxo crescente ao longo da mesma, em
uma direção, evitando-se ao máximo o
retorno do mesmo no contra fluxo.

f) Ao planejar o layout, onde irão trabalhar
pessoas, deve-se ter em mente as
dimensões mínimas necessárias para
caber adequadamente as pessoas.

g) Deve-se tomar todos os cuidados para
evitar que o corpo humano atinja partes
de máquinas ao se movimentar, ou que
partes móveis de máquinas atinjam o
ser humano ao se movimentarem.

h) Garantir que o trabalho intelectual seja
feito longe de ruas movimentadas e de
máquinas produtoras de ruído.

i) Posicionar os postos de trabalho com alto
empenho visual mais próximos da luz
natural.

j) Garantir que atividades intelectuais
estejam bem afastadas de fontes de calor e
odor.

k) Estudar a posição do sol e sua variação ao
longo do dia, de tal forma que a luz direta
não atinja nenhum posto de trabalho.

l) Manter sempre as áreas industriais bem
demarcadas, de forma a preservar a
organização e respeitar os limites
estabelecidos.

m) Situar a mesa da supervisão em posição tal
que os subordinados possam ver o
supervisor.

Mas o que seria esse espaço

pessoal para o trabalhador na

empresa?

O espaço
propriamente dito:
local de trabalho,

uma mesa só dela,
pelo menos uma

gaveta.

Através da liberdade
para algum tipo de
movimentação: a

cobrança por tarefas
é uma das principais

formas.

� Nunca mudar a pessoa de local de trabalho
sem avisar-lhe previamente;

� Nunca mudar os móveis de trabalho de uma
pessoa sem avisar-lhe previamente;

� Nunca ficar observando uma pessoa
trabalhar, de frente ou pelas costas, sem
avisá-la do motivo desta observação;

� Possibilitar eventuais telefonemas
particulares em horários de almoço e de
pausas;

� Possibilitar arranjos especiais em seu local de
trabalho, a seu gosto, evitando a
padronização extrema;

� Evitar a discussão do método de trabalho
(exceto quando isso é necessário),
atentando-se mais à cobrança do resultado;

� Evitar a criação de formulários para toda e
qualquer função;

� Prever as situações em que a chefia deverá
ser consultada para a decisão, deixando o
trabalhador já treinado com a liberdade para
adotar as demais soluções;

� Evitar a colocação da sala da gerência num
ponto alto do galpão, de onde o mesmo
pode ver todos os postos de trabalho.

Diversos fatores devem
ser considerados:

• Postura corporal adequada

• Movimentos corporais
necessários

• Alcances dos movimentos

• Antropometria

• Iluminação necessária

• Ventilação

• Dimensões de equipamentos
máquinas e ferramentas

• Interações com outros postos
de trabalho e o ambiente
externo.