41 pág.

PONTO 8

Disciplina:Direito Civil II6.326 materiais85.909 seguidores
Pré-visualização2 páginas
(CC, art. 685)
Mesma nulidade em caso de substabelecimento
(CC, art. 117, parágrafo único).
D) Representação legal e voluntária. Efeitos jurídicos

*

E) Elementos essenciais e acidentais do negócio jurídico
ELEMENTOS ESSENCIAIS
 Requisitos de existência:
Manifestação de vontade;
Finalidade negocial;
Idoneidade do objeto.
 Requisitos de validade:
Capacidade do agente;
Objeto lícito, possível, determinado ou determinável;
Forma prescrita ou não defesa em lei.
(Vide seção “B” desta série de slides)

*

E) Elementos essenciais e acidentais do negócio jurídico
ELEMENTOS ACIDENTAIS
 Condição;

Termo;

Encargo (modo).
“Autolimitação da vontade”

*

E) Elementos essenciais e acidentais do negócio jurídico
E.1) Introdução
Autolimitação de vontade

Dependem de convenção

Admissão de natureza patrimonial e não pessoal

Acarretam modificações na eficácia ou na abrangência dos negócios

*

E) Elementos essenciais e acidentais do negócio jurídico
E.2) Condição
E.2.1) Conceito

 Cláusula que subordina o efeito do negócio jurídico a evento futuro e incerto (CC, art. 121)

 Deriva exclusivamente da vontade das partes.

 Pode abranger total ou parcialmente a eficácia do negócio.

 Pode existir em negócio jurídico unilateral (testamento)

*

E) Elementos essenciais e acidentais do negócio jurídico: CONDIÇÃO
E.2.1) Elementos

 Futuridade (Ex.: morte)

 Incerteza (Ex.: colheita)

 Natureza patrimonial, e não pessoal
		

*

E) Elementos essenciais e acidentais do negócio jurídico: CONDIÇÃO
E.2.2) Espécies

QUANTO À
LICITUDE

Lícitas - não contrárias à lei, ordem pública e costume (CC, art. 122)

Ilícitas - ilegais, que privarem de todo efeito o negócio jurídico, ou o sujeitarem ao puro arbítrio de uma das partes
Invalidam o negócio jurídico (CC, art. 123, II)
		Ex.: Mudança de religião; Nunca se casar

*

E) Elementos essenciais e acidentais do negócio jurídico: CONDIÇÃO: espécies
QUANTO À
POSSIBILIDADE
Possíveis - Não apresentam vícios de impossibilidade

Impossíveis - Física ou juridicamente (art. 123, I)
			 Ex.: Entrega da lua; Compra de praia

			- se suspensivas, invalidam o negócio jurídico
			- se resolutivas, têm-se por inexistentes (art. 124)

*

QUANTO AO MODO DE ATUAÇÃO
Suspensiva - Enquanto não se verificar, não se terá adquirido o direito (CC, art. 125).

pendente?
implemento?
frustração?

Reputa-se verificada quando maliciosamente obstada (art. 129)

Pendendo condição suspensiva, se realizada, novas disposições condicionais sobre a coisa não terão valor (art. 126)
E) Elementos essenciais e acidentais do negócio jurídico: CONDIÇÃO: espécies

*

QUANTO AO MODO DE ATUAÇÃO
Resolutiva - ocorrida, resolve o direito.

Ex.: Alimentos
Prestações periódicas: ocorrendo, não tem eficácia quanto aos atos já praticados (art. 128)

Reputa-se não verificada por aquele a quem aproveita o seu implemento (art. 129)

Ex.: Dou-te um carro, mas se colidires...
O antigo Pacto Comissório
E) Elementos essenciais e acidentais do negócio jurídico: CONDIÇÃO: espécies

*

QUANTO À FONTE
E) Elementos essenciais e acidentais do negócio jurídico: CONDIÇÃO: espécies

Casuais - dependem do acaso

Potestativas – decorrem da vontade

	Puramente potestativas
			ilícita: livre arbítrio das partes

	Simplesmente potestativas

Mistas – dependem da vontade de terceiro
Ex.: Se chover amanhã...
Ex.: Se eu quiser...
Ex.: Se te formares, dar-te-ei...
Ex.: Se te casares, dar-te-ei...

*

E) Elementos essenciais e acidentais do negócio jurídico
E.3) Termo
E.3.1) Conceito

	- Dia em que começa ou se extingue a eficácia de um negócio jurídico
		Termo inicial / Termo final ; “Dies a quo” / “Dies ad quem”

	- Termo Convencional

	- Evento certo, mas data incerta (MORTE)

	- Termo Legal / De Graça

	“O termo inicial suspende o exercício, mas não a aquisição do direito” (art. 131)
EVENTO FUTURO
E CERTO

*

E) Elementos essenciais e acidentais do negócio jurídico - TERMO
E.3.2) Regulamentação jurídica

Prazo

	
	- Ao termo aplicam-se, no que couber, as disposições relativas à condição (135)

	- Termo ≠ Prazo (intervalo)
Ex.: Atos de conservação do futuro herdeiro testamentário
 Exclui-se o dia do começo, incluindo-se o do vencimento (art. 132, caput)
 Se cair em feriado (ou fim de semana), considera-se prorrogado até o seguinte dia útil (§ 1º)
 Meado, em qualquer mês, é o 15º dia útil (§ 2º)
 De meses / anos (ano bissexto - § 3º)
 Prazos de hora – minuto a minuto (§ 4º)

*

	- Nos contratos, presume-se que o prazo se deu em favor do devedor (art. 133)

	- Os negócios jurídicos entre vivo, sem prazo, são exequíveis desde logo (art. 134), salvo se a execução tiver de ser feita em lugar diverso ou depender de tempo
Ex.: Antecipação de pagamento
Ex.: Entrega de animais em outro Estado
Ex.: Empreitada
E) Elementos essenciais e acidentais do negócio jurídico - TERMO

*

E) Elementos essenciais e acidentais do negócio jurídico
E.4) Encargo ou modo
E.4.1) Conceito

	
	
	É a cláusula pela qual se impõe um ônus ou obrigação ao beneficiário
Ex.: Terreno / casa / carro ao município / testamento

*

E) Elementos essenciais e acidentais do negócio jurídico - ENCARGO
E.4.2) Regulamentação

	“O encargo não suspende a aquisição nem o exercício do direito (art. 136)
MAS PODE REVOGÁ-LO
SE SIM, SERIA CONDIÇÃO SUSPENSIVA
Não se confunde, também, com condição resolutiva, pois esta revoga o direito de pronto. Aqui, a revogação depende de decisão judicial.
Ex.: Dou-te uma casa para lá manter um prostíbulo
Encargo ilícito ou impossível – têm-se como não escrito (art. 137)

Se o encargo ilícito ou impossível era determinante para o ato – O NEGÓCIO SE INVALIDA