27 pág.

Empreendedorismo Apresentação

Disciplina:Empreendedorismo7.425 materiais55.214 seguidores
Pré-visualização2 páginas
investidores e empreendedores, em 2007 o Brasil produziu 164 milionários por dia.
COMO COLOCAR UMA IDÉIA DE PÉ
 veja.abril.com.br REVISTAS VEJA Edição 2044 23 de janeiro de 2008

 Uma ex-faxineira que montou um salão de beleza e hoje atende 40 000 clientes. Um vietnamita que fatura 50 milhões de reais por ano vendendo sandálias feitas de pneus reciclados . Um curitibano que criou a segunda maior fabricante de pás para geradores de energia eólica no mundo, desenvolvidas com tecnologia 100% nacional. Todos esses jovens empresários contaram com o apoio do Instituto Empreender Endeavor. É uma organização de incentivo a talentos empresariais do país. Ela tem como objetivo dar suporte técnico para que grandes idéias possam se desenvolver e amadurecer na forma de ótimos negócios. O instituto não tem fins lucrativos e funciona com forte apoio de empresários de peso, que doam não apenas os recursos, mas seu precioso tempo, para dar consultoria gratuita a candidatos a empresários.
REVISTAS VEJA Edição 2044 23 de janeiro de 2008
 O processo de escolha do Endeavor inclui a entrevista com pessoas que levam suas idéias até o instituto, mas, muitas vezes, são os funcionários da organização que vão atrás dos empreendedores. Para os identificarem, lêem jornais e mantêm contatos com centros de pesquisa. Os escolhidos participam também de mesas-redondas com alguns dos maiores empresários do país. Já esteve nesses encontros, contando sua história, gente como Luiza Trajano, do Magazine Luiza, Pedro Passos, da Natura, Emílio Odebrecht, da Odebrecht, e Jorge Paulo Lemann, da InBev. Os empresários são voluntários e colaboradores do instituto. Desde 2000, quando o Endeavor foi estabelecido, já foram selecionados 36 projetos. Os resultados impressionam. Empresas que faturavam até 3 milhões de reais por ano hoje registram vendas anuais de 15 milhões de reais. Entre os selecionados, apenas um fechou as portas.
REVISTAS VEJA Edição 2044 23 de janeiro de 2008
 "Precisamos mudar a referência do que é dar certo no país. Não basta sobreviver", afirma o engenheiro mecatrônico Paulo Veras, diretor do instituto. "Os americanos, quando abrem um negócio, almejam ser os maiores do mundo. Aqui, queremos ganhar um dinheirinho para trocar de carro." Uma boa oportunidade para o intercâmbio de experiências nesse sentido será a Semana Global do Empreendedorismo, entre 17 e 23 de novembro. O evento, criado na Inglaterra há quatro anos, ocorre simultaneamente em quarenta países. O Brasil vai participar pela primeira vez. A importância do tema pode ser medida pela explosão dos cursos universitários sobre o assunto nos Estados Unidos – eles já são mais de 1 500. Uma pesquisa da Universidade do Arizona indica que o seu programa de empreendedorismo aumentou em até três vezes o envolvimento dos estudantes com a criação de novos negócios. Os alunos que passaram pelo curso faturam em média 23 500 dólares a mais, por ano, do que os outros. Uma prova de que tão decisivo quanto ter uma idéia é saber como colocá-la de pé e fazê-la aprender a andar, depois a correr e, finalmente, a voar.
A receita dos vencedores
 REVISTAS VEJA Edição 2044 23 de janeiro de 2008

"Temos de buscar um caminho, criar algo, crescer e sermos melhores"
1 Esplorar ao máximo as oportunidades
2 Mire em ser o melhor na sua atividade. Se chegar perto disso, já é um sucesso
3 Sobreviver sem crescer é condenação ao fracasso.  É preciso crescer sempre
4 Seu produto tem de fazer a diferença. Chegar tarde para fazer a mesma coisa é sinônimo de derrota
5 Ambiente de negócio hostil não é desculpa.  É preciso vencer em qualquer situação
6 Desafios e crises são coisas do cotidiano, e não exceções
7 Seu mercado é o planeta
8 Deve haver transparência total nos objetivos e na contabilidade. O informal está condenado a ser pequeno
9 Grandes idéias nascem e prosperam em pequenos grupos, não em assembléias
10 Seus clientes querem satisfação, e não que você se esgote correndo atrás das novidades de seus competidores
“Empreendedorismo é Assumir riscos e começar algo novo”