Boletim informativo - I Congresso Brasileiro sobre a Qualidade da Madeira
113 pág.

Boletim informativo - I Congresso Brasileiro sobre a Qualidade da Madeira

Disciplina:Tecnologia da Madeira84 materiais1.702 seguidores
Pré-visualização34 páginas
fatores devem ser considerados quando da aplicação de técnica de
polimerização: i) a dificuldade de penetração é função dos constituintes anatômicos,
características físicas da madeira, ii) a eficiência da polimerização é função da dose. iii)
alguns extrativos da madeira (como por exemplo, fenóis) podem ter efeitos inibidores na
polimerização. iiii) os polímeros podem ser degradados pela radiação (SIAU e col., 1965).
 Para o desenvolvimento da técnica de polimerização através da radiação gama, foi
selecionado o guapuruvú – Schizolobium excelsum. Essa espécie foi empregada,
considerando suas características anatômicas e propriedades físico-mecânicas
(CARNEIRO, 1978). De acordo com MAINIERI e PEREIRA (1965), trata-se de uma
madeira muito leve, com densidade em torno de 0,3 g/cm3, e de boa permeabilidade.
 Amostras de madeira de espécies foram secas em estufa (103 ± 3ºC) até peso
constante. Permaneceram sob condições de váculo (70 cmHg0 durante 17 horas no sistema
de impregnação, sendo então infiltradas com o monômero: metacrilato de metila (MMA).
 As peças de madeira permaneceram no sistema de impregnação, por mais um
período de 6 horas, quando foram retiradas, pesadas e envolvidas em papel alumínio.
Procedeu-se à polimerização, pela exposição das amostras a radiação gema proveniente de
fonte de Co, de 25.000 Ci de atividade, em doses variando de 0,4 a 1,6 MR e a uma faixa
de dose de 0,2 MR/hora. Após a irradiação, as amostras sofreram secagem em estufa à
vácuo (50oC) até peso constante. Amostras testemunhas passaram pelo mesmo tratamento,
exceto a irradiação.
 Os novos valores de densidade, para os diferentes tratamentos, foram determinados
pelo método de pesagem e avaliação do volume das peças. O gráfico da figura 11 mostra o
efeito dos tratamentos, em função da dose total de radiação gama, recebida pelas amostras.
Naquelas que houve polimerização total, a densidade de um valor inicial de 0,20 cresceu
para 0,86 g/cm3.

Boletim Informativo IPEF, Piracicaba, v.6, n.20, p.F.1 – F.31, Nov.1978.

Figura 11. Variação da densidade da madeira de Schizolobium excelsum, em função da dose
total recebida.

 As perspectivas de emprego do método são amplas, considerando a escassez de
madeira dura no mercado, resultantes da intensa exploração das espécies nobres. A
melhoria da qualidade do guapuruvú, obtida pela técnica de polimerização, pode ser
extendida para inúmeras espécies florestais de madeira mole, disponíveis em nossas
condições.
 No momento, alguns impedimentos de ordem técnico-econômica restringem
parcialmente seu uso, aspecto que pode-se considerar plenamente natural, quando trata-se
do desenvolvimento de metodologia inédita. Essa conclusão deve ser considerada, com
base na intensa evolução havida na tecnologia da madeira, nos países desenvolvidos, os
quais já utilizam industrialmente a madeira polimerizada de várias espécies florestais.

5. DISCUSSÃO

 Os métodos nucleares têm se constituído em importante recurso para o exame
detalhado da madeira, especialmente a densidade e a % de umidade (CAMERON e col.,
1959; HARRIS, 1969), bem como na melhoria da qualidade de madeira de baixa densidade
(KENT e col., 1963; CARNEIRO, 1978). Significativas contribuições têm sido oferecidas,
nesse sentido, por inúmeros laboratórios, através do emprego de vários tipos de radiação
(LENT, 1963; POLGE, 1963; PHILLIPS, 1968).
 Em nossas condições, à medida que as pesquisas na área florestal vão se
desenvolvendo, tem sido exigido um melhor conhecimento da qualidade da madeira
produzida, especialmente pelas espécies de rápido crescimento. A radiação gama, conforme
verificado para pinheiros e eucaliptos, possibilitam atingir esse conhecimento,

Boletim Informativo IPEF, Piracicaba, v.6, n.20, p.F.1 – F.31, Nov.1978.

necessitando, entretanto, de um preparo conveniente e cuidadoso da amostra de madeira a
ser estudada.
 Apesar da radiação gama ser uma técnica de aplicação relativamente recente no
Brasil (FERREIRA E FERRAZ, 1969; FERRAZ, 1976), com alguns detalhes a serem
desenvolvidos, já foram obtidos resultados compensadores.
 A radiação gama oferece detalhes não alcançados pelos métodos tradicionais,
mostrando sua potencialidade em inúmeros campos da tecnologia da madeira. Pode ser
aplicada para verificar as conseqüências de variações climáticas (dendrocronologia e
dendroclimatologia), da aplicação de técnicas de melhoramento e dos regimes silviculturais
nas propriedades da madeira.

Boletim Informativo IPEF, Piracicaba, v.6, n.20, p.F.1 – F.31, Nov.1978.

USO DE MÉTODOS NUCLEARES NO ESTUDO DA QUALIDADE DA MADEIRA
USE OF NUCLEAR TECHNIQUES TO IMPROVE WOOD QUALITY

 a. RESUMO

 No presente trabalho discutiu-se a possibilidade do emprego da radiação gama no
estudo e melhoria da qualidade da madeira de coníferas e folhosas. A aplicação de técnicas
nucleares fornece informações da variabilidade radial da densidade da madeira, em pontos
distantes de 1,0 mm. Estudou-se a correlação da densidade, com as dimensões dos
traqueídeos (espessura da parede, largura, comprimento e diâmetro do lúmen), com as
condições climáticas e o incremento anual de massa. A análise da densidade e defeitos
internos da madeira, em condições de campo, também foi discutida, bem como a melhoria
da qualidade da madeira de Schizolobium excelsum (guapuruvú), através da infiltração com
monômero e sua posterior polimerização, pela exposição das peças à radiação gama.

 b. SUMMARY

 The possibility of the use of gamma radiation, in the study and in the improvement
of the wood quality of soft and hardwoods is discussed in this work. The application of
nuclear techinques supply informations of the radial variability of the wood density in 1,0
distant points. The correlations of the wood density with the tracheid dimensions (length,
width, lumen and cell wall tickness), the climatic conditions and the amual growth
increment. The analysis of wood density and of the internal deffects in the field conditions
and the improvement of the wood quality of Schizolobium excelsum (guapuruvu), through
the infiltration with a monomer and its posterior polymerization by exposure of blocks to
the gamma radiation were also discussed.

Boletim Informativo IPEF, Piracicaba, v.6, n.20, p.F.1 – F.31, Nov.1978.

6. BIBLIOGRAFIA

BRAZIER, J. D. 1969. Timber improvement 1. A study of the variation in wood
characteristics in young stika spruce. Forestry 40 (1): 117-128.

CAMERON, J. F.; BERRY, P. F.; PHILLIPS, E. W. J. 1959. The determination of wood
densi ty using beta-rays. Holzforschung 13 (3): 78-84.

CARNEIRO, M. G. Polimerização de monômeros em madeira usando radiação gama.
Dissertação mestrado. ESALQ-USP (em preparo).

DINWOODIE, J. M. 1961. Tracheid and fiber length in timber. A review of literature.
Forestry 34: 125-144.

ELLIOTT, G. K. Wood density in conifers. Conmonwealth Forestry Bureau. Tec.
Communication no 8. 44 p. 1970.

FERRAZ, E. S. B. Determinação simultânea de densidade e umidade de solos por atenuação
e raios gama do 137Cs e 241Am. Tese Livre-Docência. ESALQ-USP. 1974.

FERRAZ, E. S. B. 1976. Determinação da densidade de madeiras por atenuação de radiação
gama de baixa energia. IPEF (12): 61-68.

FERRAZ, E. S. B.; MANSELL, R. S. 1977. Determination water conten and bulk density of
soil gamma ray methods. Techical Bulletin. University of Florida

FERREIRA, C. A.; FERRAZ, E. S. B. 1969. Uso da radiação gama na determinação da
densidade e do teor de umidade da madeira. Relatório. 27 p. (não publicado).

FERREIRA, M. 1970. Estudo da variação da densidade básica da madeira de Eucalyptus
alba Reinw e Eucalyptus saligna Smith. IPEF (1): 83-96.

FOREST PRODUCTS LABORATORY. 1956. Methods of determining specific gravity