MATERIAL DE APOIO-ETICAEPISTEMOLOGIA
2 pág.

MATERIAL DE APOIO-ETICAEPISTEMOLOGIA

Disciplina:Ética e Epistemologia Aplicada21 materiais364 seguidores
Pré-visualização2 páginas
DISCORRA SOBRE AS FORMAS DE CAPTAÇÃO DE SABER.

Há quatro formas de captação de saber. A visual, onde a pessoa precisa “ver” para aprender; a auditiva, onde a pessoa precisa ”ouvir” para aprender, tanto a aula quanto a sua própria voz; a sinestésica, onde a pessoa aprende por “sensações”, tendo a necessidade de viver um caso concreto, seja ela hipotética ou real; e a polivalente que é quando a pessoa aprende, capta conhecimento utilizando mais de uma dessas formas.

EXPLIQUE A TEORIA DOS VALORES. A SOCIEDADE POSSUI A CAPACIDADE DE INFLUENCIAR NOS VALORES DE UM INDIVÍDUO?

As coisas valiosas determinam nossa decisões, dando sentido às escolhas; o valor está relacionado ao sentimento que significa a interpretação que fazemos das coisas; e também à cultura, pois sua influência é direta dede o nascimento, como uma espécie de herança. Aristóteles dizia que o homem é um ser social destinado a viver em grupo, porém há aqueles que são considerados universais e chamados de invariantes axiológicas. Portanto, sim, a sociedade possui total capacidade na influência dos valores de um indivíduo.
NA TEORIA DO VALOR, DIFERENCIE AS TENDÊNCIAS SUBJETIVA E OBJETIVA.

Na tendência objetiva os valores são da sociedade, ou seja, coletivo; já na tendência subjetiva os valores são individuais, invariáveis e incertos.

O QUE É ÉTICA DO ALUNO? COMO O ALUNO DEVE SE COMPORTAR NO AMBIENTE DE ESTUDO?

Ética é o estudo do comportamento do indivíduo, então ética do aluno é o estudo do comportamento do aluno no ambiente de estudo. O aluno deve tratar todos àqueles que compartilham seu ambiente de estudo com urbanidade; agir com respeito; ser solidário; usar sua cordialidade; manter uma postura leal; e usar a “regra de ouro”, onde todos os alunos tratam as pessoas que convive como gostaria de ser tratado.

EXPLIQUE A FRASE: “QUANTO MAIS LEIS UMA NAÇÃO POSSUI, MENOS A SUA MORAL.”

A frase quer dizer que se aplicássemos apenas a “regra de ouro”, que é a de tratar as pessoas do jeito que gostaria de ser tratado, evitariam a infinidades de leis que possuímos, poderíamos apenas obedecer ao agir ético. Não deveria, por exemplo, ser necessário o Estatuto do Idoso para dizer que eles possuem prioridades, assim como leis que determinam que os pais devem cuidar e alimentar seus filhos.

CONCEITUE BULLYNG. EXPLIQUE SUAS FORMAS UTILIZANDO EXEMPLOS. DENTRE AS FORMAS PREVISTAS QUAL SE DESTACA NOS DIAS ATUAIS?

Bullying é um problema social e suas características são: o comportamento agressivo no âmbito escolar, que ocorre de forma intencional e repetitiva, sem motivação justificada, onde os mais fortes utilizam os mais fracos como objeto de diversão. Há 5 formas, a verbal, onde o agressor agride a vítima usando palavras, por exemplo: falar mal, ofender; a física, onde o agressor utiliza sua força física para agredir a vítima, por exemplo: bater, roubar; a psicológica, onde o agressor agride a mente da vítima, por exemplo: humilhar, excluir; a sexual, onde o sexo é utilizado como forma de submissão, por exemplo: violentar, abusar; e a virtual ou cyberbullying, quando o agressor utiliza ferramentas tecnológicas, por exemplo: o celular, a internet. Esta última é considerada a mais devastadora, a pior de todas, pois sua propagação é instantânea, multiplicadora e expõe a vítima a escárnio público.

QUAIS OS PROBLEMAS QUE O BULLYNG PODE CAUSAR A VÍTIMA?

O bullying pode causar desinteresse no local de estudo; depressão; bulimia; anorexia; doenças psicossomáticas; transtornos de pânico; fobia escolar; ansiedade generalizada; e até mesmo esquizofrenia, homicídio contra o agressor e suicídio.

EXPLIQUE AS DIMENSÕES DE MUNDO. DÊ EXEMPLOS.

Existe o mundo do “ser” e o mundo do “dever ser”. O mundo do “ser” é tudo aquilo que existe, é a nossa realidade, o concreto, o que vivemos. Por exemplo, a criminalidade; já o mundo do “dever ser” é ligado diretamente a ética, é como deveria ser o comportamento do homem, é o ideal, a lei posta. Por exemplo, um mundo pacífico, sem criminalidade.

O QUE É A ÉTICA EPISTEMOLÓGICA?

É o estudo do comportamento humano; é o ponto de vista do indivíduo entre o bem e o mal. A ética é um saber prático, mas também significa a reflexão, problematização de uma determinada questão.

QUANDO UMA AÇÃO É ÉTICA? EXPLIQUE USANDO AS PERGUNTAS NECESSÁRIAS PARA SE ENCONTRAR ESSA CONCLUSÃO, UTILIZANDO EXEMPLOS.

Quando nós agimos de tal modo que a regra da nossa ação possa se tornar o fundamento de uma norma para todos; e quando as respostas das 3 perguntas forem positivas. Ex: Um ladrão vê um carro na rua e usa toda sua capacidade para furtá-lo sem ser percebido. Pergunta-se: É possível transformar o furto em ato geral?; o próprio ladrão admitiria que outra pessoa o furtasse?; se furtar fosse uma norma, todos nós ficaríamos felizes? Nesse caso a respostas é negativa, portanto não é uma ação ética.
AS INVARIANTES AXIOLÓGICAS ADMITEM FLEXIBILIZAÇÃO? DÊ EXEMPLOS.

Não, as invariantes não admitem flexibilização, pois elas não mudam, não variam e são universais; por exemplo, o amor, a solidariedade, a felicidade;

SOBRE O QUE TRATA A TEORIA DOS OBJETOS? QUAIS SÃO AS CARACTERÍSTICAS DE CADA ESPÉCIE. DÊ EXEMPLOS.

Trata de determinar qual a natureza daquilo que é objeto de conhecimento. O objeto físico, é aquele que muda com o tempo e influencia no espaço, por exemplo, uma pedra; o objeto psicológico é aquele que não ocupa espaço, mas ocupa tempo, por exemplo as emoções a paixão; e os objetos ideais, são aqueles abstratos, que não sofrem ação de tempo nem de espaço, por exemplo, a lógica, o triângulo.

O QUE É LÓGICA?

A expressão da lógica é uma ideia de certeza e a lógica é uma maneira organizada de se pensar.

QUAIS SÃO AS CARACTERÍSTICAS DA LÓGICA?

A lógica instrumental; formal; propedêutica; normativa; doutrina da prova; geral e temporal.

O QUE É PROPOSIÇÃO?

É o objeto da lógica, as proposições dão sentido à norma e podem ser verdadeiras ou falsas. São enunciadas pelos operadores do direito.

QUAIS SÃO OS PRINCÍPIOS LÓGICOS?

A identidade, que diz que um ser é sempre idêntico a si mesmo; a não contradição, que diz que é impossível que um ser, seja e não seja idêntico a si ao mesmo tempo; e o terceiro excluído, que diz que entre duas proposições inversas, necessariamente uma deverá ser verdadeira e a outra falsa.

DISCORRA SOBRE O PRINCÍPIO DA NÃO CONTRADIÇÃO?

O princípio da não contradição diz que é impossível que um ser seja e não seja idêntico a si ao mesmo tempo; por exemplo, ser dolo e ser culpa; ser magra e ser gorda.

EXPLIQUE TODOS OS TIPOS DE INFERÊNCIA, COM EXEMPLOS. 

Há a dedução, que parte de uma premissa maior para uma menor, ou seja, vai do geral ao particular. Ex: Todos os homens são mortais. Sócrates é homem. Portanto Sócrates é moral; a indução que parte de uma premissa menor para uma premissa maior, ou seja, vai do particular ao geral. Usam-se casos verdadeiros para generalizar. Ex: Pedro é alto e joga basquete. Maria é alta e joga basquete. Então todo jogador de basquete é alto; e a intuição que é a capacidade de pressentir uma explicação independendo de raciocínio ou análise. Não é satisfatório, pois não há como provar. Ex: pescador.

QUAL A DIFERENÇA ENTRE OS PRINCÍPIOS LÓGICOS DA DEDUÇÃO E INDUÇÃO?

A dedução parte de uma premissa maior para uma premissa menor, ou seja, vai do geral ao particular. Ex: Todos os homens são mortais. Sócrates é homem. Portanto Sócrates é mortal.; já a indução parte de uma premissa menos para uma premissa maior, ou seja, vai do particular ao geral. Usam casos verdadeiros para generalizar. Ex: João jogar basquete e é alto. Maria joga basquete e é alta. Portanto todo jogador de basquete é alto.

NA LÓGICA, QUAL A DIFERENÇA ENTRE NORMAS E PROPOSIÇÕES?

Norma emana de autoridade competente, nasce da vontade do legislador, pode ser válida ou inválida e não pode agir de forma imediata; já as proposições jurídicas são criadas pelos operadores do direito, são interpretadas como quiserem, são descritivas e podem