APOSTILA DE TOPOGRAFIA
205 pág.

APOSTILA DE TOPOGRAFIA

Disciplina:Topografia4.917 materiais150.447 seguidores
Pré-visualização43 páginas
Figura 12.19 - Preenchimento da caderneta. ..........................................................................145
Figura 12.20 - Rotacionando a mira durante o nivelamento composto..................................147
Figura 13.1 - Croqui e desenho final. .....................................................................................165
Figura 13.2 - Exemplos de convenções topográficas.. ...........................................................167
Figura 13.3 - Diferentes formas de indicação do norte. .........................................................167
Figura 13.4 - Diferentes representações para uma mesma área .............................................168
Figura 13.5 - Divisão do desenho em camadas. .....................................................................168
Figura 13.6 - Camadas auxiliares. ..........................................................................................169
Figura 13.7 - Folhas na horizontal e vertical. .........................................................................169
Figura 13.8 - Espaços para desenho, texto e legenda.. ...........................................................170
Figura 13.9 - Exemplo de legenda..........................................................................................171
Figura 13.10 - Exemplo de quadriculado. ..............................................................................172
Figura 15.1 - Diferentes formas de representação do relevo..................................................177
Figura 15.2 - Pontos cotados. .................................................................................................177
Figura 15.3 - Interseção de um plano vertical com o relevo ..................................................178
Figura 15.4 - Perfil. ................................................................................................................178
Figura 15.5 - Interseção do plano horizontal com a superfície física.....................................179
Figura 15.6 - Elevação e depressão. ......................................................................................180
Figura 15.7 - Curvas mestras e secundárias ...........................................................................180
Figura 15.8 - Curvas de nível “lisas”.....................................................................................181
Figura 15.9 - Erro na representação das curvas: cruzamento. ...............................................181
Figura 15.10 - Erro na representação das curvas: encontro de curvas. .................................181
Figura 15.11 - Representação de relevos com diferentes inclinações. ...................................182
Figura 15.12 - Representação tridimensional do relevo e curvas de nível. ............................182
Figura 15.13 - Representação a partir dos pontos obtidos em campo. ...................................183
Figura 15.14 - Interpolação da cota de um ponto. ..................................................................183
Figura 15.15 - Diagrama de linhas paralelas. .........................................................................184
Figura 15.16 - Interpolação das curvas empregando diagrama de linhas paralelas. .............184
Figura 15.17 - Traçado de uma reta r com comprimento igual ao desnível entre os pontos
A e B.......................................................................................................................................185
Figura 15.18 - Retas paralelas ao segmento AB´. ..................................................................185
Figura 15.19 - Exemplo de interpolação numérica. ...............................................................186
Figura 15.20 - Resultado da interpolação numérica para o segmento AB. ............................186
Figura 15.21 - Interpolação e desenho das curvas em uma célula da malha quadrada. .........187
Figura 15.22 - Ambigüidade na representação em uma célula da malha quadrada. ..............187
Figura 15.23 - Malha triangular..............................................................................................188
Figura 15.24 - Triangulação. ..................................................................................................188

TOPOGRAFIA

 Luis A. K. Veiga/Maria A. Z. Zanetti/Pedro L. Faggion

ix

Lista de Tabelas

Tabela 1.1 - Efeito da curvatura para diferentes distâncias......................................................11
Tabela 1.2 - Efeito da curvatura na altimetria ..........................................................................12
Tabela 2.1 - Prefixos.................................................................................................................15
Tabela 3.1 - Principais escalas e suas aplicações .....................................................................27
Tabela 3.2 - Representação da precisão da escala. ...................................................................29
Tabela 5.1 - Precisão das trenas. ..............................................................................................37
Tabela 6.1 - Classificação dos teodolitos. ................................................................................54
Tabela 7.1 - Valor da fração do ano. ........................................................................................84
Tabela 9.1 - Poligonal topográfica enquadrada. .....................................................................112
Tabela 9.2 - Coordenadas dos pontos de partida e de chegada obtidas em levantamento
anterior....................................................................................................................................112
Tabela 13.1 - Formatos da série A..........................................................................................170
Tabela 15.1 - Escala e eqüidistância.......................................................................................179

TOPOGRAFIA

 Luis A. K. Veiga/Maria A. Z. Zanetti/Pedro L. Faggion

1

1.1 - INTRODUÇÃO

O homem sempre necessitou conhecer o meio em que vive, por questões de
sobrevivência, orientação, segurança, guerras, navegação, construção, etc. No princípio a
representação do espaço baseava-se na observação e descrição do meio. Cabe salientar que
alguns historiadores dizem que o homem já fazia mapas antes mesmo de desenvolver a
escrita. Com o tempo surgiram técnicas e equipamentos de medição que facilitaram a
obtenção de dados para posterior representação. A Topografia foi uma das ferramentas
utilizadas para realizar estas medições.

Etimologicamente a palavra TOPOS, em grego, significa lugar e GRAPHEN
descrição, assim, de uma forma bastante simples, Topografia significa descrição do lugar. A
seguir são apresentadas algumas de suas definições:

“A Topografia tem por objetivo o estudo dos instrumentos e métodos
utilizados para obter a representação gráfica de uma porção do terreno
sobre uma superfície plana” DOUBEK (1989)

“A Topografia tem por finalidade determinar o contorno, dimensão e
posição relativa de uma porção limitada da superfície terrestre, sem
levar em conta a curvatura resultante da esfericidade terrestre”
ESPARTEL (1987).

O objetivo principal é efetuar o levantamento (executar medições de ângulos,

distâncias e desníveis) que permita representar uma porção da superfície terrestre em uma
escala adequada. Às operações efetuadas em campo, com o objetivo de coletar dados para a
posterior representação, denomina-se de levantamento topográfico.
A Topografia pode ser entendida