Apol 1 Teoria geral da administração e administração da produção de materiais
3 pág.

Apol 1 Teoria geral da administração e administração da produção de materiais

Pré-visualização1 página
Questão 1/5
A chamada Teoria Administrativa é a segunda grande escola da perspectiva clássica da administração. Quem foi o principal representante desta escola?
	
	A
	Elton Mayo.
	
	B
	Henri Fayol.
Você acertou!
A chamada Teoria Administrativa é a segunda grande escola da perspectiva clássica da administração e teve como principal representante o francês Henri Fayol (1841-1925). (GUIA DIRIGIDO DE ESTUDO - AULA 02 - P. 08)
	
	C
	Max Weber.
	
	D
	Henry Ford.
Questão 2/5
O conceito de prevenção e/ou detecção de problemas pode ser realmente implantado na prática, auxiliando o gestor a identificar as causas dos problemas, dando condições para que sejam eliminadas e evitar que reapareçam. Para isso foram criadas as sete ferramentas técnicas da qualidade. Analise as alternativas a seguir e assinale a que representa as características da ferramenta diagrama de causa e efeito.
	
	A
	Esta ferramenta permite a organização das informações possibilitando a identificação das possíveis causas do problema. Foi desenvolvida em 1943 por Ishikawa na Universidade de Tóquio com objetivo de mostrar que vários fatores poderiam ser comuns entre si. Dentre estes fatores temos: máquina, método, mão de obra, entre outros.
Você acertou!
Segundo Paranhos (2007, p. 39) o diagrama de causa e efeito permite a organização das informações possibilitando a identificação das possíveis causas do problema. Foi desenvolvida em 1943 por Ishikawa na Universidade de Tóquio com objetivo de mostrar que vários fatores poderiam ser comuns entre si. Dentre estes fatores temos: máquina, método, mão de obra, entre outros.
	
	B
	É caracterizado por duas escalas laterais na qual uma mede a unidade a ser analisada e a outra mede a percentagem acumulada. Os dados devem figurar em ordem decrescente para identificar a priorização. É classificada pelo autor como uma ferramenta para análise de causas. É usado para mostrar por ordem de importância, a contribuição de cada item para o efeito total. É uma técnica gráfica que declara que muitas vezes apenas alguns itens são responsáveis pela maior parte do efeito.
	
	C
	Trata-se de uma planilha através da qual podem ser documentados os dados identificados nos levantamentos de determinadas características de qualidade, sobre as quais se deseja manter controle. Também é conhecida por checklist.
	
	D
	Ferramenta utilizada para análise de dados durante o processo a fim de avaliar tendências e desvios. É um gráfico de linhas, no qual são anotados os dados observados ao longo do tempo em que foram coletados. Normalmente, possui uma linha central (LC) a partir da qual se estabelecem: limite superior de controle (LSC = média + 3 desvios padrão) e limite inferior de controle (LIC = média \u2013 3 desvios padrão). Ela permite uma visualização do comportamento (dispersão) do processo analisado.
Questão 3/5
Os países desenvolvidos alcançaram o progresso com a eficiência de seus sistemas produtivos, transformando recursos de material, de energia e de horas em produtos tangíveis e intangíveis por meio da organização de pessoas e de processos produtivos e tecnológicos. Com o passar do tempo várias organizações e tipos de administração foram criadas de acordo com as necessidades de cada empresa. Analise as alternativas a seguir e assinale a que apresenta as características da Estrutura da Organização.
	
	A
	Foi elaborada por Henry Fayol, engenheiro francês que viveu entre 1841 e 1925. Ele também desenvolveu a Teoria Clássica das Organizações e definiu cinco Princípios da Administração: planejar, organizar, comandar, coordenar e controlar.
Você acertou!
Segundo Paranhos (2007, p. 16), a Estrutura da Organização foi elaborada por Henry Fayol, engenheiro francês que viveu entre 1841 e 1925. Ele também desenvolveu a Teoria Clássica das Organizações e definiu cinco Princípios da Administração: planejar, organizar, comandar, coordenar e controlar.
	
	B
	Foi criada por Ludwig Von Bertalanffy, biólogo que viveu entre 1901 e 1972. Essa teoria explica a interdependência dos diversos setores da empresa, e comprova o fato de que o sucesso de um setor não garante o sucesso do todo.
	
	C
	Foi defendida por Douglas McGregor, professor do MIT que viveu entre 1906 e 1964. Ele preconizava que a administração bem-sucedida depende da capacidade para predizer e controlar o comportamento humano.
	
	D
	Trouxe uma perspectiva inovadora, pois buscava entender a relação do homem com seu ambiente de trabalho. Foi defendida por George Elton Mayo, psicólogo e sociólogo que viveu entre 1880 e 1949. Segundo ele, a produtividade era mais um reflexo direto da satisfação do ser humano em seu ambiente de trabalho do que um mero estudo detalhado de tarefas.
Questão 4/5
Podemos entender a administração como um conjunto de atividades dirigidas à utilização eficiente e eficaz dos recursos, buscando alcançar os objetivos e metas da organização. O conceito de administração alerta para o uso eficiente e eficaz dos recursos. Qual o significado de eficiência? Assinale a alternativa correta.
	
	A
	A eficiência configura-se em \u201cfazer certo as coisas certas\u201d, no menor tempo possível.
	
	B
	A eficiência está diretamente relacionada com o alcance de resultados.
	
	C
	A eficiência pode ser entendida como a capacidade de fazer as coisas certas, do modo certo e no tempo certo.
	
	D
	Pode-se definir eficiência como a capacidade de operar, de modo que os recursos sejam utilizados da maneira mais adequada.
Você acertou!
Pode-se definir eficiência como a capacidade de operar de modo que os recursos sejam utilizados da maneira mais adequada. (GUIA DIRIGIDO DE ESTUDO - AULA 01 - P. 3)
Questão 5/5
De acordo com o que foi estudado na disciplina, assinale a alternativa que apresenta a técnica correspondente ao trecho a seguir.   Um método simples e prático para separar a causa do efeito de um determinado problema (aplicando os 6Ms), em processos da área industrial. Serve para ajudar a identificar as verdadeiras causas do problema, oferecendo um roteiro simples e prático de todas as possíveis causas de um processo típico.
	
	A
	Diagrama de Ishikawa.
Você acertou!
Diagrama de Ishikawa: é um método simples e prático para separar a causa do efeito de um determinado problema (aplicando os 6Ms), em processos da área industrial. Serve para ajudar a identificar as verdadeiras causas do problema, oferecendo um roteiro simples e prático de todas as possíveis causas de um processo típico. Segundo Paranhos (2007), pág. 39.
	
	B
	Seiri.
	
	C
	Seiton.
	
	D
	Método Kanban.