Manual de Redação Parlamentar 3ª Ed.  ALMG
50 pág.

Manual de Redação Parlamentar 3ª Ed. ALMG


DisciplinaProcesso Legislativo197 materiais753 seguidores
Pré-visualização50 páginas
devem vir sob a forma de
texto autônomo da lei nova, que apenas indica o dispositivo da lei modificada,
sem confundir-se com ele. É o caso, por exemplo, de normas que reabrem prazo
vencido estabelecido em lei anterior, transformam cargos ou órgãos públicos ou
mudam a denominação de próprios públicos.

Exemplos:

Art. 1° \u2013 Fica reaberto, por trinta e seis meses contados da data da publicação
desta lei, o prazo para o cadastramento do produtor de Queijo Minas Artesanal no
Instituto Mineiro de Agropecuária \u2013 IMA \u2013, estabelecido no § 1° do art. 3° da Lei
n° 14.185, de 31 de janeiro de 2002. (Lei nº 14.987, de 2004)

nnn

Art. 1° \u2013 O prazo para a concessão de financiamento previsto no parágrafo
único do art. 4° da Lei n° 11.395, de 6 de janeiro de 1994, fica prorrogado por dez
anos, contados a partir de 6 de janeiro de 2004. (Lei nº 15.016, de 2004)

nnn

Art. 1° \u2013 Fica concedido o prazo de cinco anos, a contar da data da publicação
desta lei, para o cumprimento do disposto no parágrafo único do art. 1° da Lei n°
11.612, de 19 de setembro de 1994. (Lei nº 14.442, de 2002)

nnn

Art. 1º \u2013 O Programa de Iniciação ao Trabalho \u2013 Promam \u2013, unidade
administrativa integrante da estrutura orgânica da Secretaria de Estado do Trabalho,
da Assistência Social, da Criança e do Adolescente, conforme dispõe a Lei nº 12.168,
de 29 de maio de 1996, fica transformado em Diretoria de Orientação ao Trabalho
Educativo do Adolescente. (Lei nº 12.367, de 1996)

novo Manual RP ed 3 NOVEMBRO 12 FINAL.indd 70 27/3/2013 13:10:01

 O
 PRO

CESSO
 LEg

ISLATIvO
71

Art. 1º \u2013 Passa a denominar-se Instituto São Rafael a Escola Estadual São
Rafael, localizada na Avenida Augusto de Lima, nº 2.109, no Município de Belo
Horizonte. (Lei nº 16.397, de 2006)

Se o objetivo é extinguir o fato concreto instituído pela norma original,
isso deve ser feito expressamente na lei nova.

Exemplo:

Art. 129 \u2013 Ficam extintos no quadro especial de cargos de provimento em
comissão da administração direta do Poder Executivo, a que se refere o art. 1º da Lei
Delegada nº 108, de 2003, os seguintes cargos de provimento em comissão:

I \u2013 onze cargos de assistente administrativo, código EX-06, símbolo 9/A;
II \u2013 um cargo de assistente auxiliar, código EX-07, símbolo 8/A;
III \u2013 seis cargos de analista fazendário, código MG-16, símbolo FA-16. (Lei nº

15.961, de 2005)

Há casos, porém, em que, para evitar arranjos muito complicados na
redação do comando modificativo, pode-se dar nova redação ao texto de
dispositivos que contêm comandos concretos:

a) quando o enunciado do dispositivo contiver uma parte abstrata e uma
concreta, e a alteração incidir sobre a abstrata:

Exemplo:

Texto da lei original:

Art. 1º \u2013 Fica criado o Fundo de Desenvolvimento de Indústrias Estratégicas
\u2013 Fundiest \u2013 com o objetivo de dar suporte financeiro a programas destinados à
implantação e ao desenvolvimento de setores estruturantes do parque industrial
mineiro.

Texto da lei modificativa:

Art. 1º \u2013 O caput do art. 1º da Lei nº ..., de ... de ... de ..., passa a vigorar com a
seguinte redação:

\u201cArt. 1º \u2013 Fica criado o Fundo de Desenvolvimento de Indústrias Estratégicas
\u2013 Fundiest \u2013, com o objetivo de dar suporte financeiro a programas destinados
à implantação, à manutenção e ao desenvolvimento de setores estruturantes do
parque industrial mineiro.\u201d.

(Obs.: Neste caso, a lei nova veio apenas ampliar o objetivo do fundo, que estava
definido no mesmo texto que o instituiu. Não se alterou a parte do dispositivo relativa
à criação do fundo. Qualquer mudança no nome do fundo, sua transformação ou
extinção teriam de ser feitas fora do texto da lei antiga.)

b) quando a disposição estabelecer prazo que ainda não tenha vencido:

novo Manual RP ed 3 NOVEMBRO 12 FINAL.indd 71 27/3/2013 13:10:01

M
A

N
U

A
L

 D
E

 R
ED

A
Ç

Ã
O

 P
A

RL
A

M
EN

TA
R

72
Exemplo:

Texto da lei original:

Art. 2° \u2013 A donatária do imóvel obriga-se a:
I \u2013 concluir a construção e colocar o hospital em funcionamento no prazo

de cinco anos contados da data da lavratura da escritura da doação do imóvel
de que trata esta lei, bem como dotar o conjunto hospitalar de equipamentos
que assegurem o seu funcionamento em altos padrões técnicos; (Lei nº 12.688,
de 1997)

Texto da lei modificativa:

Art. 1° \u2013 O inciso I do art. 2° da Lei n° 12.688, de 15 de dezembro de 1997,
passa a vigorar com a seguinte redação:

\u201cArt. 2° \u2013 (...)
I \u2013 concluir a construção do hospital e colocá-lo em funcionamento no

prazo de sete anos contados da data da lavratura da escritura pública de
doação do imóvel de que trata esta lei, bem como dotar o conjunto hospitalar
de equipamentos que assegurem o seu funcionamento em elevados padrões
técnicos;\u201d. (Lei nº 14.569, de 2003)

Em alguns casos, dentro de uma mesma lei modificativa, é preciso verificar
que normas serão incorporadas à lei modificada (fórmula de nova redação) e
que normas devem ficar como dispositivos independentes na lei nova. Normas
que contêm um enunciado datado não podem ser incorporadas ao texto da
lei já em vigor: devem apresentar-se como comando novo e autônomo.

Exemplo:

Art. 3° \u2013 O soldado que, na data da publicação desta lei, houver cumprido
os requisitos estabelecidos no art. 214, caput e seus incisos I e III, da Lei n°
5.301, de 16 de outubro de 1969, com a redação dada por esta lei complementar,
será, no prazo de até noventa dias, beneficiado com a promoção por tempo de
serviço, independentemente das datas para promoção definidas naquela lei. (Lei
Complementar nº 74, de 2004)

Alterações complexas

Em alguns casos de alteração de leis, dispositivos concretos presentes na
lei nova (a criação de um órgão, por exemplo) têm impacto sobre dispositivos
abstratos de lei já em vigor, os quais precisam ser alterados em razão da lei
nova (a adaptação de normas antigas à existência do órgão novo), o que
pode tornar a arquitetura da lei modificativa mais complexa e bem específica.

novo Manual RP ed 3 NOVEMBRO 12 FINAL.indd 72 27/3/2013 13:10:01

 O
 PRO

CESSO
 LEg

ISLATIvO
73

No exemplo a seguir, a criação de um fundo contábil (Funfip) \u2013 para
substituir uma conta financeira referida numa lei vigente \u2013 é feita em
dispositivo autônomo da lei nova, mas exige que normas da lei existente
relacionadas com a lei nova sejam adaptadas a esta.

exemplo:

Art. 1º \u2013 Fica criado o Fundo Financeiro de Previdência \u2013 Funfip \u2013, de natureza
contábil, sem personalidade jurídica, que, nos termos desta lei, substitui, em todas as
suas atribuições, a Conta Financeira de Previdência \u2013 Confip \u2013, instituída pela Lei

Complementar nº 64, de 25 de março de 2002.

(...)

Art. 2º \u2013 Os arts. 36 e 49 da Lei Complementar nº 64, de 2002, passam a vigorar
com a seguinte redação:

\u201cArt. 36 \u2013 Os recursos das contribuições a que se referem os arts. 29 e 30 desta
lei serão destinados ao Fundo Financeiro de Previdência \u2013 Funfip \u2013 e ao Fundo de

Previdência do Estado de Minas Gerais \u2013 Fumpemg \u2013, observado o disposto nos
arts. 37 e 50 desta lei complementar.

(...)

Art. 49 \u2013 Compete ao Funfip prover os recursos necessários para garantir o

pagamento dos benefícios concedidos na forma do art. 38, observado o disposto
nos arts. 39 e 50 desta lei complementar.\u201d.

Art. 3º \u2013 A Seção I do Capítulo II da Lei Complementar nº 64, de 2002, passa a
denominar-se \u201cDo Fundo Financeiro de Previdência \u2013 Funfip\u201d.

Art. 4º \u2013 Fica substituído o termo Confip por Funfip no caput do art. 39;
no caput, no inciso VII e no § 2º do art. 50; no caput e nos incisos II, III e IV
do art. 51; no parágrafo único do art. 78; no caput e no parágrafo único do art.
81; no caput e no parágrafo único do art. 82 e no art. 83 da Lei Complementar
nº 64, de 2002, observadas as alterações efetuadas pela Lei Complementar nº