A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
400 pág.
Manual de Redação Parlamentar 3ª Ed.  ALMG

Pré-visualização | Página 24 de 50

À CONSTITUIÇÃO N° .../...
Acrescenta parágrafo ao art. 199 e dá nova redação 
ao caput do art. 212 da Constituição do Estado. 
A Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais aprova: 
Art. 1° – O art. 199 da Constituição do Estado fica acrescido do seguinte 
§ 2°, passando seu parágrafo único a vigorar como § 1°: 
“Art. 199 – (...) 
§ 2° – O Estado destinará à Universidade do Estado de Minas Gerais 
– Uemg – e à Universidade Estadual de Montes Claros – Unimontes – 
recursos correspondentes a 1% (um por cento) da receita orçamentária 
corrente do Estado, excluída a parcela de arrecadação de impostos transferida 
aos municípios na forma do art. 150, os quais serão repassados em parcelas 
mensais equivalentes a um doze avos, no mesmo exercício, administrados 
privativamente por essas universidades e distribuídos da seguinte forma: 
I – 90% (noventa por cento) para a Uemg; 
II – 10% (dez por cento) para a Unimontes.”. 
Art. 2° – O caput do art. 212 da Constituição do Estado passa a vigorar 
com a seguinte redação: 
“Art. 212 – O Estado manterá entidade de amparo e fomento à 
pesquisa e lhe atribuirá dotações e recursos, necessários à sua efetiva 
operacionalização e por ela privativamente administrados, correspondentes 
a 1% (um por cento) da receita orçamentária corrente do Estado, excluída a 
parcela de arrecadação de impostos transferida aos municípios na forma do 
art. 150, os quais serão repassados em parcelas mensais equivalentes a um 
doze avos, no mesmo exercício.”. 
Art. 3° – Esta emenda à Constituição entra em vigor na data de sua publicação. 
Sala das Reuniões, ... de ...de ... .
Deputados ... (Nomes de todos os signatários) 
novo Manual RP ed 3 NOVEMBRO 12 FINAL.indd 104 27/3/2013 13:10:02
 O
 PRO
CESSO
 LEg
ISLATIvO
105
Justifi cação: Os dispêndios do Estado têm impossibilitado a efetiva 
aplicação das disposições contidas na Carta Mineira relativamente à 
transferência de 3% dos recursos orçamentários para a Fapemig. A referida 
instituição, em nenhum momento de sua história, conseguiu receber o 
montante previsto no art. 212. Além disso, a implantação da Uemg, apesar 
de ser realidade jurídica, encontra óbice de natureza fi nanceira para sua 
efetiva concretização. 
A proposta de emenda à Constituição ora submetida ao exame de nossos 
pares objetiva resolver, de forma concreta, a dupla questão apresentada, 
qual seja a de garantir recursos tanto para a efetiva implantação da Uemg 
como para o fomento da ciência e da tecnologia. Da mesma forma, como a 
Unimontes vem se destacando em todo o Estado pelo seu profícuo e efi ciente 
trabalho, é justo garantir-lhe recursos para que possa continuar e ampliar os 
programas que vem executando. 
São essas as razões por que apresentamos esta proposta de emenda à 
Constituição, e contamos com o apoio de nossos pares para sua aprovação.
novo Manual RP ed 3 NOVEMBRO 12 FINAL.indd 105 27/3/2013 13:10:02
M
A
N
U
A
L 
 D
E 
 R
ED
A
Ç
Ã
O
 P
A
RL
A
M
EN
TA
R
106
Emenda a proposição 
Modelos 16 a 20
Emenda
A emenda é uma proposição acessória, apresentada com a fi nalidade 
de alterar o texto de projeto em tramitação (projeto de lei ou de resolução 
ou proposta de emenda à Constituição) ou ainda alterar o texto de um 
requerimento. Não se confunde com a proposta de emenda à Constituição, 
proposição que visa a acrescentar, modifi car, substituir ou suprimir dispositivo 
da Constituição do Estado. 
As alterações se destinam a acrescentar, modifi car, substituir ou suprimir 
dispositivo. A emenda que pretende substituir integralmente o texto de uma 
proposição denomina-se substitutivo e tem a estrutura da proposição que 
pretende substituir. 
As emendas têm numeração sequencial, independentemente de se relacio-
narem com o projeto ou com o substitutivo. A numeração das emendas se 
encerra em cada turno e se reinicia no seguinte. Os substitutivos recebem tam-
bém numeração própria em cada turno de tramitação. 
As emendas a projeto podem ser de autoria de parlamentar ou de 
comissão. No primeiro caso, são seguidas de justifi cação, na qual o autor 
argumenta em favor da alteração sugerida. No segundo, integram o parecer 
e são justifi cadas na sua fundamentação. 
estrutura
São elementos constitutivos da emenda (Modelo 16):
a) epígrafe ou título – parte que contém a identifi cação da emenda.
À expressão “Emenda n° ...” segue-se a indicação da espécie e do número 
da proposição a que ela se refere. 
b) fórmula de alteração – parte em que se comanda a alteração pretendida. 
A fórmula de alteração da emenda deve indicar de forma precisa o 
dispositivo da proposição que se quer alterar ou suprimir.
Quando duas ou mais alterações são conexas (uma só é possível se a outra 
for aprovada), elas devem ser feitas por meio de uma única emenda;
Um engano comum é determinar a alteração de todo o artigo, 
quando, na verdade, pretende-se alterar somente o caput. Esse erro 
pode trazer consequências indesejadas e, às vezes, irremediáveis.
novo Manual RP ed 3 NOVEMBRO 12 FINAL.indd 106 27/3/2013 13:10:02
 O
 PRO
CESSO
 LEg
ISLATIvO
107
c) texto – parte em que se procede à alteração de dispositivo ou se enuncia 
dispositivo a ser acrescentado, conforme o caso;
d) fecho – compreende o local (Sala das Reuniões, no caso de emenda 
apresentada em Plenário, e Sala das Comissões, no caso de emenda 
apresentada em comissão), a data da apresentação e o nome do autor;
e) justificação – parte em que o autor da emenda expõe as razões da alteração 
proposta.
O texto de uma emenda já apresentada pode ser modificado por meio de 
uma subemenda, a qual terá a mesma estrutura da emenda. 
Exemplos de fórmulas de alteração
Modificativas 
(Modelo 18)
Dê-se ao inciso II do § 2° do art. 1° a seguinte redação: 
Dê-se ao caput do art. 10 a redação que segue: 
Substitua-se, no parágrafo único do art. 1°, a expressão 
“demais atos regulamentares” por “demais atos normativos”. 
Aditivas 
(Modelo 19)
Acrescente-se ao projeto o seguinte art. 3°, renumerando-se 
os demais: 
Acrescente-se ao art. 36 o seguinte § 2°, transformando-se 
seu parágrafo único em § 1°: 
Acrescente-se, no inciso IV do art. 15 do projeto, a expressão 
“na forma da lei” após a palavra “imóveis”. 
Supressivas 
(Modelo 17)
Suprima-se o art. 5° do projeto.
Suprima-se, no inciso I do art. 7°, a expressão “ou das 
entidades a ela vinculadas”. 
Suprima-se o art. 4° do projeto, renumerando-se os demais.
Emendas que incidem sobre 
mais de um dispositivo (somente 
em caso de matéria correlata) 
(Modelo 20)
Dê-se ao caput do art. 4° a redação que segue, acrescentando-
se ao seu § 3° o seguinte inciso IV:
Dê-se ao inciso II do art. 6° e à alínea “c” do inciso IV do 
caput do art. 8° a seguinte redação:
Emendas a projetos de lei 
modificativa
Dê-se ao art. 15 da Lei n° ..., de ... de ... de ..., a que se refere 
o art. 2° do projeto, a seguinte redação:
Acrescente-se ao art. 3° da Lei n° ..., de ... de ... de ..., a que 
se refere o art. 2° do projeto, o seguinte inciso XVII: 
Suprima-se o art. 8° da Lei n°..., de ... de ... de ..., a que se 
refere o art. 3° do projeto.
novo Manual RP ed 3 NOVEMBRO 12 FINAL.indd 107 27/3/2013 13:10:02
M
A
N
U
A
L 
 D
E 
 R
ED
A
Ç
Ã
O
 P
A
RL
A
M
EN
TA
R
108
Subemenda
A subemenda se destina a emendar uma emenda. Portanto, deve 
aperfeiçoá-la e nunca se opor a ela. A proposta contraditória será objeto de 
outra emenda. 
A subemenda pode ter como objetivo: 
a) substituir integralmente a emenda; ou
b) alterá-la parcialmente.
No primeiro caso, deve-se redigir a subemenda do mesmo modo como 
se redigiu a emenda. Na sua fórmula de alteração, a subemenda tem como 
alvo o artigo do projeto que se quer alterar.