Manual de Redação Parlamentar 3ª Ed.  ALMG
50 pág.

Manual de Redação Parlamentar 3ª Ed. ALMG


DisciplinaProcesso Legislativo197 materiais753 seguidores
Pré-visualização50 páginas
a que
se refere a Lei n° ..., de ... de ... de ..., possam
manifestar-se sobre a doação ou a reversão
dos imóveis que menciona.

A Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais decreta:

Art. 1° \u2013 Os municípios enumerados no Anexo da Lei n° ..., de ... de
... de ..., terão até o dia ... de ... de ... para manifestarem formalmente à
Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão o seu interesse pela doação
ou pela reversão do imóvel a cada um destinado.

Parágrafo único \u2013 A ausência da manifestação a que se refere o caput
deste artigo implica a renúncia tácita à doação ou à reversão.

Art. 2° \u2013 Esta lei entra em vigor na data de sua publicação.

Sala das Comissões, ... de ... de ... .

, presidente

, relator

novo Manual RP ed 3 NOVEMBRO 12 FINAL.indd 177 27/3/2013 13:10:05

M
A

N
U

A
L

 D
E

 R
ED

A
Ç

Ã
O

 P
A

RL
A

M
EN

TA
R

178
Modelo 40

PARECER DE REDAÇÃO FINAL DO PROJETO DE LEI N° .../...

Comissão de Redação

O Projeto de Lei n° .../..., de autoria do governador do Estado, que
autoriza o Poder Executivo a doar ao Município de Goianá o imóvel que
especifica, foi aprovado, no 2° turno, na forma do vencido no 1° turno.

Vem agora o projeto a esta comissão a fim de que, segundo a técnica
legislativa, seja dada à matéria a forma adequada, nos termos do § 1° do art.
268 do Regimento Interno.

No art. 3° do projeto, transformado em art. 2° neste parecer, em
virtude da transformação de seu art. 2° em parágrafo único do art. 1º, não
estava prevista a data do início da contagem do prazo de três anos nele
estabelecido, razão pela qual esta comissão acrescentou, como marco inicial,
a data da lavratura da escritura pública de doação, apropriada para leis que
tratam de alienação de imóvel por meio de doação.

Assim sendo, opinamos por se dar à proposição a seguinte redação final,
que está de acordo com o aprovado.

PROJETO DE LEI N° .../...

Autoriza o Poder Executivo a doar ao
Município de Goianá o imóvel que
especifica.

A Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais decreta:

Art. 1° \u2013 Fica o Poder Executivo autorizado a doar ao Município
de Goianá o imóvel constituído de terreno com área de 10.500m² (dez
mil e quinhentos metros quadrados), situado nesse município, no lugar
denominado Fazenda Capoeirinha, registrado sob o n° 7.901, a fls. 5 do

novo Manual RP ed 3 NOVEMBRO 12 FINAL.indd 178 27/3/2013 13:10:05

 O
 PRO

CESSO
 LEg

ISLATIvO
179

Livro 3-O, no Cartório de Registro de Imóveis da Comarca de Rio Novo.
Parágrafo único \u2013 O imóvel descrito neste artigo se destina à implantação

de bosque municipal de espécies nativas e de banco de germoplasma, para
perpetuação dessas espécies.

Art. 2° \u2013 O imóvel de que trata esta lei reverterá ao patrimônio do
Estado se, fi ndo o prazo de três anos contados da data da lavratura da
escritura pública de doação, não lhe tiver sido dada a destinação prevista no
parágrafo único do art. 1°.

Art. 3° \u2013 Esta lei entra em vigor na data de sua publicação.

Sala das Comissões, ... de ... de ... .

, presidente

, relator

novo Manual RP ed 3 NOVEMBRO 12 FINAL.indd 179 27/3/2013 13:10:05

M
A

N
U

A
L

 D
E

 R
ED

A
Ç

Ã
O

 P
A

RL
A

M
EN

TA
R

180
Modelo 41

PARECER DE REDAÇÃO FINAL DO PROJETO DE LEI N° .../...

Comissão de Redação

O Projeto de Lei n° .../..., de autoria do deputado ..., que dá nova redação
ao art. 30 da Lei n° ..., de ..., e dá outras providências, foi aprovado no 2°
turno, na forma do vencido no 1° turno.

Vem agora o projeto a esta comissão a fim de que, segundo a técnica
legislativa, seja dada à matéria a forma adequada, nos termos do § 1° do art.
268 do Regimento Interno.

Ao analisar o projeto, esta comissão verificou que o texto do art. 2°
aprovado em 2° turno, correspondente ao art. 1° do projeto original, refere-
se, equivocadamente, por pura falha formal, a todo o art. 30 da Lei n° ..., de
..., quando, na verdade, de acordo com a vontade do Plenário, deveria referir-
se somente ao seu caput. Mantida desse modo, a redação levaria à revogação
do parágrafo único de tal artigo.

A intenção clara do Plenário, ao aprovar a matéria, foi alterar somente
o caput do artigo em vigor, sem afetar seu parágrafo único. É o que se
depreende da justificação do projeto original, bem como da fundamentação
dos pareceres apresentados sobre ele: em nenhum momento do processo
faz-se alusão à norma contida no parágrafo, nem vagamente se manifesta o
propósito de revogação desse dispositivo. O que se apresenta, discute e vota
é a alteração somente do caput do art. 30 da lei.

O próprio autor da matéria, atentando para o erro inicial do texto, que
passou despercebido durante todo o processo, solicitou a atenção desta
comissão para o fato, mediante ofício encaminhado ao seu presidente.

Por essas razões, visando dar ao texto a expressão correspondente ao que
o Plenário aprovou, a comissão efetuou a correção necessária na redação do
art. 2°.

Assim sendo, opinamos por se dar à proposição a seguinte redação final,
que está de acordo com o aprovado.

novo Manual RP ed 3 NOVEMBRO 12 FINAL.indd 180 27/3/2013 13:10:05

 O
 PRO

CESSO
 LEg

ISLATIvO
181

PROJETO DE LEI N° .../...

Altera a redação do caput dos arts. 28 e 30 da
Lei n° ..., de ... de ... de ..., que dispõe sobre
contagem, cobrança e pagamento de emolu-
mentos devidos por serviços extrajudiciais e
dá outras providências.

A Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais decreta:

Art. 1º \u2013 O caput do art. 28 da Lei n° ..., de ... de ... de ..., passa a vigorar
com a seguinte redação:

\u201cArt. 28 \u2013 O tabelião e o ofi cial de registro manterão, em lugar visível e
de fácil acesso ao público, as tabelas de valores constantes nos anexos desta
lei, devidamente atualizados.\u201d.

Art. 2º \u2013 O caput do art. 30 da Lei n° ..., de ... de ... de ..., passa a vigorar
com a seguinte redação:

\u201cArt. 30 \u2013 Os serviços notariais e de registro manterão permanentemente
pessoa apta a fornecer ao interessado informações relativas à cobrança dos
emolumentos, munida de cópia atualizada desta lei.\u201d.

Art. 3º \u2013 Esta lei entra em vigor na data de sua publicação.

Sala das Comissões, ... de ... de ... .

, presidente

, relator

novo Manual RP ed 3 NOVEMBRO 12 FINAL.indd 181 27/3/2013 13:10:05

M
A

N
U

A
L

 D
E

 R
ED

A
Ç

Ã
O

 P
A

RL
A

M
EN

TA
R

182
Modelo 42

PARECER DE REDAÇÃO FINAL DO PROJETO DE LEI N°.../...

Comissão de Redação

O Projeto de Lei n° .../..., de autoria do deputado ... e outros, que
modifica dispositivo da Lei n° ..., de ..., alterado pela Lei n° ..., de ..., foi
aprovado no 2° turno, na forma do Substitutivo n° 1 ao vencido no 1° turno.

Vem agora o projeto a esta comissão a fim de que, segundo a técnica
legislativa, seja dada à matéria a forma adequada, nos termos do § 1° do art.
268 do Regimento Interno.

Esta comissão propõe que o § 2° do art. 4° da Lei n° ..., de ..., constante
no art. 1° do Substitutivo n° 1, seja transformado no art. 2° da proposição,
com o objetivo de sanar impropriedade em sua articulação temporal. O
dispositivo estabelece um prazo a ser contado a partir da data da publicação
da nova lei. Entretanto, na forma como se apresentava, remetia à época da
publicação da lei modificada, o que, sem a devida correção, tornaria inviável
sua aplicação.

Assim sendo, opinamos por se dar à proposição a seguinte redação final,
que está de acordo com o aprovado.

PROJETO DE LEI N° .../...

Dá nova redação ao art. 4° da Lei n° ..., de ...
de ... de ..., que altera dispositivo da Lei n° ...,
de ... de ... de ... .

A Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais decreta:

Art. 1° \u2013 O art. 4° da Lei n° ..., de ... de