locomotor_membro superior_ghislain
6 pág.

locomotor_membro superior_ghislain


DisciplinaCélulas e Moléculas36 materiais663 seguidores
Pré-visualização2 páginas
Universidade Federal do Pará 
Disciplina: Anatomia do Sistema Locomotor 
Professor: Ghislain Saunier 
 
 
O sistema locomotor \u2013 Membro Superior 
A grande destreza e fineza motora caraterizam as ações do membro superior. Essas capacidades 
de destreza e fineza são particularmente aparentes nas ações manuais. Por isso, o membro 
superior apoia-se sobre diversas estruturas (ossos, articulações e músculos) permitindo tal 
desempenho. 
O membro superior compor-se de quatros segmentos principais que são: o ombro, o braço 
(primeiro segmento do membro superior livre), o antebraço e a mão. 
Os ossos do cingulo superior e do membro superior livre formam o esqueleto apendicular 
superior. A articulaçao do esqueleto apendicular com o esqueleto axial é possível através da 
articulação esternoclavicular. 
 
Esqueleto apendicular superior 
Osso apendicular superior: 
\u2212 Ossos do cingulo superior: escapula e clavícula 
\u2212 Osso braço: úmero. 
\u2212 Ossos antebraço: radio e ulna. 
\u2212 Ossos mão: escafoide, semilunar, piramidal, pisiforme, trapézio, trapezoide, capitato, 
hamato (hâmulo), metacarpais e falanges 
 
Articulações do membro superior: 
Esternoclavicular: sinovial \u2013 selar, contem um disco articular. A extremidade esternal da 
clavícula articula-se com o manúbrio e a primeira cartilagem costal. Ligamentos 
esternoclaviculares anteriores e posteriores, interclavicular e costoclavicular. 
Acromioclavicular: sinovial \u2013 plana. Extremidade acromial da clavícula articula-se com o 
acrômio da escapula. Ligamentos acromioclavicular e coracoclavicular constituído pelos 
ligamento conoide e trapezoide. 
Glenoumeral: sinovial \u2013 esferoidea. Cabeça do úmero articula-se com a cavidade glenoidal. 
Ligamentos glenoumerais, coracoumeral e transverso do úmero. 
Cotovelo: três articulações. 
. úmero-ulnar: sinovial \u2013 gínglimo. A tróclea do úmero articula-se com a incisura troclear da 
ulna. Ligamento colateral ulnar. 
 
. úmero-radial: sinovial \u2013 elipsoidea (condilar). O capitulo do úmero articula-se com a face 
superior do radio. Ligamento colateral radial. 
. radio-ulnar proximal: sinovial \u2013 trocoidea. A cabeça do radio articula-se com a incisura radial 
da ulna. Ligamento anular do radio. 
Radio-ulnar distal: sinovial \u2013 trocoidea. A cabeça da ulna articula-se com a incisura ulnar do 
radio. Contem um disco articular permitindo a união das extremidades da ulna e do radio. 
Radiocarpal: sinovial \u2013 elipsoidea. A extremidade distal do radio e o disco da articulação radio-
ulnar articulam-se com a fileira proximal de ossos carpais (menos o osso pisiforme). Ligamentos 
radiocarpais palmares e dorsais, colateral ulnar e radial. 
Intercarpais: sinoviais \u2013 planas. Articulação entre os ossos carpais da primeira fileira 
(proximal) e entre os ossos carpais da secunda fileira (distal). Ligamentos anteriores, posteriores 
e interósseos. 
Mediocarpal: sinoviais \u2013 planas. Articulação dos ossos carpais da fileira proximal com a os 
ossos carpais da fileira distal. 
Pisiforme: sinovial \u2013 plana. Articulação entre o osso pisiforme e a face palmar do osso 
piramidal. 
Carpometacarpal e intermetacarpal: sinovial \u2013 plana. Articulação entre os ossos carpais 
distais e os metacarpos e entre os ossos metacarpais. Ligamentos dorsais, palmares, interósseos e 
transversos. 
Carpometacarpal do polegar: sinovial \u2013 selar. Articulação entre o osso trapézio e o primeiro 
osso metacarpal. 
Metacarpofalangicas: sinoviais \u2013 elipsoideas. Articulação entre os ossos metacarpais com as 
bases das falanges proximais. Ligamentos colaterais (medial e lateral). 
Interfalangicas: sinoviais \u2013 gínglimo. Articulação entre as cabeças das falanges e a base das 
falanges mais distais. Ligamentos colaterais (medial e lateral). 
 
 
Músculos do membro superior 
 
Músculos escapuloumerais (intrínsecos do ombro) 
Origem: 
\u2212 clavícula \u2013 terço lateral: deltoide 
\u2212 escapula: 
 . acrômio: deltoide 
 . espinha: deltoide 
 . fossa supraespinal: supraespinal 
 . fossa infraespinal: infraespinal 
 . margem lateral (parte media): redondo menor 
 . ângulo inferior (face posterior): redondo maior 
 . fossa subescapular: subescapular 
Inserção: 
\u2212 úmero: 
 . tuberosidade para o músculo deltoide: 
 . face superior do tubérculo maior: supraespinal 
 . face media do tubérculo maior: infraespinal 
 . face inferior do tubérculo maior: redondo menor 
 . sulco intertubercular (lábio medial): redondo maior 
 . tubérculo menor: subescapular 
 
Músculos toracoapendiculares anteriores 
Origem: 
\u2212 clavícula \u2013 face anterior \u2013 metade medial: peitoral maior (cabeça clavicular) 
\u2212 esterno \u2013 face anterior: peitoral maior (cabeça esternocostal) 
\u2212 cartilagens costais (6 superiores): peitoral maior (cabeça esterno costal) 
\u2212 costelas: 
 . 3a - 5a: peitoral menor 
 . 1a \u2013 8a (faces externas das partes laterais): serrátil anterior 
\u2212 junção 1a costela e sua cartilagem: subclávio 
 
Inserção: 
\u2212 úmero: 
 . sulco intertubercular (lábio lateral): peitoral maior 
\u2212 escapula: 
 . processo coracoide (face superior e margem medial): peitoral menor 
 . margem medial (face anterior): serrátil anterior 
\u2212 clavícula \u2013 terço médio \u2013 face inferior: subclávio 
 
Músculos toracoapendiculares posteriores 
Origem: 
\u2212 osso occipital: 
 . protuberância externa: trapézio 
 . linha nucal superior \u2013 terço medial: trapézio 
\u2212 vértebras: 
 . cervicais \u2013 C7-T12 \u2013 processos espinhosos: trapézio 
. cervicais \u2013 C1-C4 \u2013 tubérculos posteriores dos processos transversos: levantador da 
escapula 
 . cervical e torácica \u2013 C7-T1 \u2013 processos espinhosos: romboides menor 
 . torácicas \u2013 T2-T5 \u2013 processos espinhosos: romboides maior 
 . torácicas \u2013 T7-T12 \u2013 processos espinhosos: latíssimo do dorso 
\u2212 fáscia toracolombar: latíssimo do dorso 
\u2212 crista ilíaca: latíssimo do dorso 
\u2212 costelas \u2013 3 ou 4 inferiores: latíssimo do dorso 
Inserção: 
\u2212 clavícula \u2013 terço lateral: trapézio 
\u2212 escapula: 
 . acrômio: trapézio 
 . espinha: trapézio 
 . espinha \u2013 extremidade medial: romboides menor 
 . margem medial \u2013 nível da espinha ate o ângulo inferior: romboides maior 
 . margem medial \u2013 superior a raiz da espinha: levantador da escapula 
\u2212 Úmero: 
 . sulco intertubercular \u2013 assoalho: latíssimo do dorso 
 
 
 
Músculos do braço 
Origem: 
\u2212 escapula: 
 . processo coracoide \u2013 extremidade: bíceps braquial (cabeça curta) e coracobraquial 
 . tubérculo supraglenoidal: bíceps braquial (cabeça longa) 
 . tubérculo infraglenoidal: tríceps braquial (cabeça longa) 
\u2212 úmero: 
 . metade distal \u2013 face anterior: braquial 
 . face posterior \u2013 superior ao sulco do nervo radial: tríceps braquial (cabeça lateral) 
 . face posterior \u2013 inferior ao sulco do nervo radial: tríceps braquial (cabeça medial) 
 . epicôndilo lateral: ancôneo 
Inserção: 
\u2212 radio \u2013 tuberosidade: bíceps braquial 
\u2212 úmero \u2013 face medial (diáfise) \u2013 terço médio: coracobraquial 
\u2212 ulna: 
 . tuberosidade: braquial 
 . processo coronoide: braquial 
 . olecrano \u2013 extremidade proximal: tríceps braquial 
 . olecrano \u2013 face lateral: ancôneo 
 . face posterior \u2013 parte superior: ancôneo 
\u2212 fáscia do antebraço: 
 . aponeurose: bíceps braquial 
 . tríceps braquial 
 
Músculos do antebraço anterior 
Origem: 
\u2212 úmero: 
. epicôndilo medial: flexor radial do carpo; palmar longo; flexor ulnar do carpo (cabeça 
umeral); pronador redondo (cabeça umeral); flexor superficial dos dedos (cabeça 
úmeroulnar) 
\u2212 ulna: 
. processo coronoide: pronador redondo (cabeça ulnar); flexor superficial dos dedos 
(cabeça úmeroulnar) 
 . olecrano e margem posterior (aponeurose): flexor ulnar do carpo (cabeça ulnar) 
 . face medial e anterior \u2013 três quartos: flexor profundo dos dedos (parte medial e lateral)