AplicativosemPHP23072007
644 pág.

AplicativosemPHP23072007


DisciplinaDesenvolvimento de Aplicações para Web I18 materiais84 seguidores
Pré-visualização50 páginas
pode fazer 
desnecessário o uso de tal artifício, melhorando o desempenho do produto final. Muitas outras 
vantagens podem ser percebidas com o uso de geradores de código no processo de construção de 
WikiBooks, Democratizando o Conhecimento
http://pt.wikibooks.org/wiki/Aplicativos_em_PHP \u2013 Página 251/644
software. Mas também vale alertar que tais ferramentas, em vez de contribuir com vantagens, 
podem atrapalhar o andamento do projeto quando é feito uso inadequado ou desnecessário das 
mesmas.
Geradores de código em PHP
Como para diversas outras linguagens, também existem bons geradores de código em PHP, 
existindo ferramentas disponíveis em software livre e software proprietário. Daremos maior ênfase 
aquelas da categoria software livre, que estão mais de acordo com a filosofia deste projeto e 
também porque apresentam resultados semelhantes e as vezes até melhores do que as outras.
A grande maioria dos geradores de código existentes em PHP, trabalha de forma similar quando da 
construção das aplicações. Necessitam que um banco de dados já construído e de uma conexão com 
esse banco de dados e a partir das informações aí existentes, geram o código para a aplicação. 
Poderíamos também classificar os geradores de código em PHP em dois diferentes modelos: ativo e 
passivo.
No modelo ativo, o código se mantém enquanto o gerador estiver ativo, ou seja, para que o 
aplicativo funcione, é necessária a presença do gerador ou pelo menos de parte integrante dele (um 
bom exemplo nesse caso é o phpMyEdit). Já no modelo passivo, o gerador cria o código inicial e 
sua manutenção e funcionalidade passa a depender completamente do desenvolvedor, o PHP-
MySQL Wizard pode ser enquadrado nesse modelo. Existem geradores que trabalham somente com 
OO, linguagem procedural ou um misto.
Vantagens adicionais:
Conforme artigo no code generation, existem vantagens adicionais em se utilizar geradores de 
código:
1.Padrão de qualidade: o código feito a mão tem sua qualidade variando durante o ciclo de vida de 
um projeto. Pode começar no alto e decair ou vice e versa. O código gerado aumenta sua qualidade 
com o tempo pois os erros encontrados podem ser uniformemente reparados na base do código. 
Nesse quesito, os geradores que têm projetos ativos e que constantemente lançam novas versões 
ganham pontos. A familiaridade com o gerador por parte do programador também ajuda bastante, 
visto que dependendo dos seus conhecimentos, ele mesmo pode fazer reparos ou customizações na 
ferramenta (quando open source) e não somente no código gerado.
2.Consistência: as aplicações geradas são consistentes na estrutura de classes, nomeação de 
variáveis etc.
3.Produtividade: os geradores constroem o código numa fração muita curta de tempo, 
economizando horas de trabalho (muitas vezes repetitivo). Isso libera o desenvolvedor para outras 
tarefas que exijam soluções mais criativas.
4.Abstração: Os geradores frequentemente fornecem uma camada de abstração entre o projeto e a 
base do código, facilitando o manuseio das regras de negócio.
É interessante notar que entre os desenvolvedores médios e avançados em PHP e creio que também 
nas outras linguagens, existe uma certa resistência ou menosprezo pelo uso de geradores. É 
importante estarmos abertos para utilizarmos quaisquer ferramentas que melhorem nossa 
produtividade, nos poupem trabalho repetitivo e pouco criativo, deixem nosso tempo livre para 
outras atividades e consequentemente melhorem nossa qualidade de vida. Assim, antes de iniciar 
seu projeto você deve se perguntar: que ferramentas usarei? Esse ou aquele gerador me será útil em 
alguma fase? Ele funciona corretamente? Cumpre sua finalidade? Se a resposta é sim, vá em frente 
WikiBooks, Democratizando o Conhecimento
http://pt.wikibooks.org/wiki/Aplicativos_em_PHP \u2013 Página 252/644
e esqueça o preconceito. Com certeza existem projetos para os quais compensa até construir um 
gerador. Ressalte-seainda que os geradores são somente ferramentas e a qualidade do código gerado 
vai depender diretamente da sua habilidade em manuseá-las, aplicar ajustes necessários, etc. Como 
em todo projeto de criação de software, aqueles criados com geradores de código apresentam falhas. 
Baterias exaustivas de testes, conhecimento profundo da ferramenta e bom planejamento ajudam a 
corrigí-las. Uma dica valiosa é dar preferência a geradores com projetos ativos, boa documentação, 
fóruns e/ou listas de discussão. Hoje, alguns dos melhores frameworks em PHP tais como o Cake, 
Symfony e CodeIgniter possuem ferramentas para gerar código entre suas funcionalidades.
Retirado de "http://pt.wikibooks.org/wiki/Aplicativos_em_PHP/Geradores_de_Aplicativos"
Page categories: PHP
WikiBooks, Democratizando o Conhecimento
http://pt.wikibooks.org/wiki/Aplicativos_em_PHP \u2013 Página 253/644
Aplicativos em PHP/Geradores de 
Aplicativos/phpCodeGenie (com MySQL)
De Wikibooks
< Aplicativos em PHP | Geradores de Aplicativos
phpCodeGenie (PCG)
Um excelente gerador de código em PHP é o phpCodeGenie (PCG). Ele é um gerador do tipo 
passivo e permite níveis bastante altos de customização. Conforme a apresentação do PCG \u201cMelhor 
que gastar muito tempo criando código comum, é poder gastá-lo na lógica de negócios de nossas 
aplicações e deixar PCG fazer o código aborrecido, pois o phpCodeGenie pode gerar o código 
simples para os novatos onde tudo é feito no mesmo script PHP ou o código orientado a objeto da 
estrutura PHP, que segue o phpCodeGenie da estrutura de PCG que requer projetar suas tabelas e 
então o gênio pode gerar o código para a leitura e a escrita à base de dados, os formulários do 
HTML para incorporar ou editar dados à base de dados, scripts para listar dados, scripts para excluir 
dados, formulários de busca, scripts de busca entre outros. O phpCodeGenie foi projetado com o 
usuário iniciante em mente como também com o programador experiente em PHP que quer gerar 
uma aplicação complexa.&quot;
Infelizmente hoje o PCG é um projeto inativo, mas foi desenvolvido o bastante para ainda ser 
bastante útil. Os requisitos para instalação são básicos: servidor web, PHP e MySQL instalados. A 
última versão que temos conhecimento é a 3.0.2. Após, o responsável pelo projeto, Nilesh Dosooye, 
abandonou o mesmo.
Principais características:
- É um gerador do tipo passivo. Basta gerar o código e fazer as modificações necessárias. Ele pode 
ser livremente transferido para outros diretórios, apenas ajustando-se o path nos scripts 
common/footer.php e common/header.php.
- É opensource e licenciado sob GNU \u2013 GPL . Compatível com Linux e Windows .
- Não possui muita documentação.
- Só funciona com MySQL, embora aparentemente o autor tivesse a pretensão de dar suporte a 
outros SGBDs.
- O código pode ser gerado individualmente para uma tabela de cada vez ou para um banco inteiro.
- Quando da geração do CRUD simples, o PCG gera uma página (ou mais) para cada função. No 
caso do CRUD, o código gerado requer alguns ajustes, principalmente de natureza estética.
- O download e instalação apresentam alguma dificuldade. O acesso ao gerador se dá via browser.
- Não existe comunidade ativa para o projeto (pelo menos de nosso conhecimento).
WikiBooks, Democratizando o Conhecimento
http://pt.wikibooks.org/wiki/Aplicativos_em_PHP \u2013 Página 254/644
- O Projeto está inativo, o que significa que você mesmo terá que se virar com bugs, etc.
- É bastante customizável, exigindo no entanto o mínimo de conhecimento de html e CSS, bons 
conhecimentos de linguagem PHP procedural ou OO.
Possui tradução para o português, por Ribamar FS.
Corrigindo um pequeno Bug
Edite o script common/footer.php e elimine o fechamento de tag:
</div>
Que é a primeira linha do script. Sempre terá que remover esta linha dos aplicativos gerados ou 
procurar a ocorrência no gerador e corrigir.