estética e história da arte contemporânea - resumo
34 pág.

estética e história da arte contemporânea - resumo


DisciplinaEstética e História da Arte Contemporânea986 materiais20.810 seguidores
Pré-visualização3 páginas
*
IMPRESSIONISMO
Foi um movimento artístico que revolucionou profundamente a pintura e deu início as grandes tendências da arte no séc. XX
Os pintores procuravam, com base na observação direta do efeito da luz solar sobre os objetos, registrar em suas telas as constantes alterações que essa luz provoca nas cores da natureza.
Nenhuma teoria orientou a criação artística dos pintores. Haviam apenas considerações gerais, bem práticas.
*
Resumo das considerações
A pintura deve registrar as tonalidades que os objetos adquirem ao refletir a luz solar num determinado momento, pois as cores da natureza se modificam constantemente, dependendo da incidência da luz do sol.
As figuras não devem ter contornos nítidos, pois a linha é uma abstração do ser humano para representar imagens.
As sombras devem ser luminosas e coloridas, tal como é a impressão visual que nos causam, e não escuras ou pretas, como os pintores costumavam representá-las no passado.
*
Os contrastes de luz e sombra devem ser obtidos de acordo com a lei das cores complementares. Assim, um amarelo próximo a um violeta produz uma impressão de luz e sombra muito mais real do que o claro-escuro tão valorizado pelos pintores barrocos.
As cores e tonalidades não devem ser obtidas pela mistura das tintas na paleta do pintor. Pelo contrário, devem ser puras e dissociadas nos quadros em pequenas pinceladas. É o observador que, ao admirar a pintura, combina as várias cores, obtendo o resultado final. A mistura deixa, portanto, de ser técnica para ser óptica.
*
Os grandes pintores Impressionistas
Manet, Renoir, Degas, Cézanne, Sisleyu e Morisot.
*
Manet: Um precursor do Impressionismo
A obra de Manet foi importante na medida em que inovou a pintura, dando-lhe uma luminosidade mais intensa e que já começa a explorar os efeitos da luz natural sobre uma cena a ser retratada.
A grande preocupação de Claude Manet são as pesquisas com a luz solar refletida nos seres humanos e na natureza.
*
Renoir: Alegria e Otimismo do fim do séc XIX
Pierre August Renoir foi o pintor impressionista que ganhou maior popularidade e chegou mesmo a ter reconhecimento da crítica ainda em vida. Seus quadros manifestam otimismo, alegria e a intensa movimentação da vida Parisiense do fim do séc XIX.
Princípios Impressionistas observados nos trabalhos de Renoir: Manchas coloridas unidas visualmente pelo observador compõem um todo percebido como uma reunião festiva.
*
Degas: O ambiente fechado, a luz artificial.
Apesar de ter feito parte do grupo dos impressionistas, Edgar Degas teve no movimento uma posição muito pessoal. 
Fez poucas paisagens ao ar livre. Os ambientes de seus quadros são interiores e a luz é artificial. Sua grande preocupação era flagrar um instante da vida das pessoas, apreender um momento do movimento de um corpo ou da expressão de um rosto. A contribuição de Degas para a pintura moderna é a angulação oblíqua e o enquadramento das cenas, com objetos e pessoas em primeiro plano, o que dá maior profundidade à composição.
*
A evolução do Impressionismo: O Pontilhismo
Em 1886 realizou-se a última exposição coletiva do grupo de artistas impressionistas. Dessa exposição participaram dois pintores que dariam uma nova tendência ao movimento: George Seurat e Paul Signac.
Basicamente, o trabalho desses dois artistas aprofundou as pesquisas que os impressionistas realizaram sobre a percepção óptica. Seurat, principalmente, acabou reduzindo as pinceladas a um sistema de pontos uniformes que, no seu conjunto, dão ao observador a percepção de uma cena.
Essa técnica chamada de Pontilhismo e Divisionismo, porque as figuras, na tela, são representadas em minúsculos fragmentos ou pontos, cabendo ao observador percebê-las como um todo plenamente organizado.
*
Final do século XIX na Europa
A pintura que se desenvolveu de 1886, depois da última exposição impressionista, até o surgimento do Cubismo, com Pablo Picasso e George Braque, entre 1907 e 1908, abrange pintores de tendências bem diversas, como Gauguin, Cézanne, Van Gogh, que apenas no início da carreira identificaram-se com o Impressionismo.
Além desses Artistas, nesse período destaca-se a obra de Toulouse-Latrec, que documentou a vida parisiense do fim do século XIX de um ponto de vista muito pessoal e, portanto, impossível de ser enquadrado em algum movimento artístico.
*
Gauguin: O uso arbitrário da cor
Inicialmente Paul Gauguin ligou-se ao Impressionismo e participou da quinta exposição coletiva desse movimento, em 1880. Mas por volta de 1884 seus quadros já superavam, em alguns aspectos, a tendência impressionista: a tinta começa a ser usada pura, em áreas de cor bem definidas, os objetos passa a ser coloridos de modo arbitrário e a representação deixa de sugerir a tridimensionalidade.
Mas em 1888, as características de sua pintura se acentuam, principalmente na obra Jacó e o anjo, nessa obra, ao contrário da pintura impressionista, os campos de cor são bem definidos e limitados por linhas de contorno visíveis, as formas das pessoas e dos objetos são planas e as sombras desaparecem.
*
Cézanne: A busca de estrutura permanente da natureza
Buscava o permanente, a estrutura íntima da natureza.
Tendência em converter os elementos naturais em figuras geométricas, tornando para ele, impossível a recriação da realidade segundo \u201cimpressões\u201d captadas pelos sentidos.
*
Van Gogh: A emoção como cor
Alguém que se empenhou profundamente em recriar a beleza dos seres humanos e da natureza por meio da cor, que para ele era o elemento fundamental da pintura.
Sua pintura estava então ligada à tradição holandesa do claro-escuro e à preocupação com os problemas sociais. As cores que usavam eram sombrias, e seus personagens, melancólicos. 
*
Toulouse-Lautrec: Traços rápidos, poucas cores e uma situação humana
Desde cedo seu talento firmou-se como independente e original.
De modo geral, o que caracteriza sua pintura é sua capacidade de síntese, o contorno expressivo das figuras e a dinâmica da realidade representada.
Quanto a temática, seus quadros afastam-se da natureza e voltam-se para ambientes interiores: o circo, o bar, o bordel. 
No estilo, destacam-se os traços rápidos. Revelou-se para desenvolver um tipo de arte muito específico: o dos cartazes e pôsteres publicitários.
*
A arte da segunda metade do século XX
No decorrer do século XX, inúmeros fatos tornaram bastante complexo esse período da história da humanidade.
Da mesma forma, deixam de existir os grandes movimentos artísticos que reuniam vários artistas e cujas tendências permaneciam por vários anos e sucediam com o passar do tempo. Ao contrário disso, coexistiam diversas concepções que partem de pontos de vista diferentes e experimentam suportes igualmente diferente para suas obras.
*
Os muitos nomes da arte pós-moderna
O modernismo abrange aproximadamente as manifestações artísticas ocorridas do final do séc XIX até o início dos anos 1960. A partir de então, em geral, as tendências artísticas são agrupadas sob a denominação de Pós-Modernismo.
Entre as muitas tendências em que se dividem as criações artísticas de pós-modernas estão o Happening, a Arte conceitual, a Arte por Computador, a Minimal Art e a Body Art.
*
Pablo Picasso
A arte africana influenciou a estética cubista pois contrastando com o artista ocidental o escultor negro aborda seu tema de um modo muito mais conceitual, as ideias sobre seu tema são mais importantes que a representação naturalista, daí resultaram as formas mais abstratas e estilizadas /simbólicas. Que artista representante desta corrente estética iniciou a utilização destas referências em suas obras?
*
Cubismo
Este movimento artístico tem seu surgimento no século XX e é considerado o mais influente deste período. Com suas formas geométricas representadas, na maioria das vezes, por cubos e cilindros, a arte cubista rompeu com os padrões estéticos que primavam pela perfeição das formas
Olivia
Olivia fez um comentário
sensacional, por mais pessoas que nem você, estuda fazendo um resumão e tirou um 10. Fiz isso também com Teoria e HAATT e me dei super bem. O mais legal é compartilhar com os zamiguinhos, que se não estudarem não vai adiantar kkk
1 aprovações
Tamires
Tamires fez um comentário
Gente eu tinha ido super mal na av1 e na av2 e então fiz esse resumo para estudar para a av3 e acabei tirando 10. Espero que ajude vocês também!
13 aprovações
Carregar mais