Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
11 pág.
AULA DE ANALISE DISCRIMINANTE101013

Pré-visualização | Página 1 de 1

AULA DE ANALISE DISCRIMINANTE 10/10/2013
Gerar uma sequência de números pseudos aleatórios.
Gerar a variável ALEAT
Criar a amostra de produção e a amostra de teste
Desenvolver a A.D
4.1 Testar variabilidades iguais BOX’S M
4.2 Testar poder de discriminação WILK’S LAMBDA
4.3 Montar função discriminante
4.4 Calcular ponto de corte
RISCO “0”
1-
2-
3-
COLOCAR PARA RODAR A ANALISE DISCRIMINANTE, QUERO SABER OS GRUPOS QUE VÃO E NÃO SE ENVOLVER EM SINISTROS (SEGUROS DE CARROS É O ASSUNTO)
DEFINIR AMPLITUDE
RODAR: CONTINUAR/OK
GERADO:
Selecionados para teste
Selecionados para produção
Não se envolveram em sinistro
Se envolveram
4.1 BOX’S M
O sig é maior que o risco, então eu não posso rejeitar a hipotese nula.
Testa:
Ho: Variabilidade dos 2 grupos são iguais.
Contra...
Há: São diferentes
4.2
O SIG ESTÁ BEM ABAIXO DO RISCO, ESTÁ ZERADO.
Teste de Wilks Lambda:
Exemplo: desenvolvi uma função discriminante...
Z= - 3,021 + 0,131 Idade + 0,650 Est. Civil – 3,513 Sexo.
4.3 FUNÇÃO DISCRIMINANTE
Centroide = média do grupo
Média não aconteceu sinistro
Média aconteceu sinistro
FUNÇÃO:
Z= - 3,021 + 0,131 Idade + 0,650 Estado Civil – 3,513 Sexo.
Z exemplo= -3,02 + (0,131*21)+(0,620*0)-(3,513*0)
Z exemplo= - 3,02+2,75 = 
- 0,27
Se o número de elementos são iguais em cada grupo:
Zec= Média1 + média2 / 2					Zec= Ponto de corte
Se o número de elementos diferentes:
Zec= média1 n0 + média 0 n1/ n0 + n1
Z médio, de acordo com os dados do problema.No exemplo eu tenho 26 “0”,
E tenho 10 classificados no sinistro.
Zec= (-2,252*26) + (0,985*10) / (26+10) = 1,35283
Z exemplo, 21 anos, solteira, mulher.Z exemplo= -3,02 + (0,131*21)+(0,620*0)-(3,513*0)
Z exemplo= - 3,02+2,75 = - 0,27
 -1,35 -0,27
O exemplo está abaixo da média discriminante, sendo assim não há probabilidade clara de sinistro.			 0