A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
38 pág.
Aula 06 contabilidade pública

Pré-visualização | Página 1 de 2

Contabilidade Pública
Prof. Cristóvão Araripe Marinho
Aula 6
Demonstrações Contábeis
Conhecer as estruturas das demonstrações contábeis aplicadas ao Setor Público (DCASP).
Objetivos da Aula
Demonstrações Contábeis
As Demonstrações Contábeis Aplicadas ao Setor Público (DCASP), também conhecidas como Demonstrações Financeiras, constituem um conjunto de relatórios que tem por objetivo:
Subsidiar o processo de tomada de decisão 
Permitir a adequada prestação de contas
Dar transparência da gestão fiscal
Permitir o controle social sobre a gestão pública.
Demonstrações Contábeis
O art. 113 da Lei nº 4.320/1964, dentre outros aspectos, atribuiu competência ao Conselho Técnico de Economia e Finanças do Ministério da Fazenda para atualizar os anexos à referida Lei. Com a extinção deste Conselho, essa atribuição passou a ser exercida pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN), por ser o órgão central do Sistema de Contabilidade Federal, nos termos estabelecidos pelo inciso XXIV do art. 7º do Decreto nº 6.976/2009.
Demonstrações Contábeis
Lei nº 4.320/64
Portaria STN nº 438/2012
NBC T SP 16.6
Lei Complemantar nº 101/2000 – LRF
Legislação Básica
Demonstrações Contábeis
Demonstrações Contábeis Aplicadas ao Setor Público (DCASP)
1 - Balanço Orçamentário
2 - Balanço Financeiro
3 - Balanço Patrimonial
4 - Demonstraçãodas VariaçõesPatrimoniais
5 -Demonstração dos Fluxos deCaixa
6 - Demonstração das Mutações do PatrimônioLíquido
7 - Relatório Resumido da Execução Orçamentária (LRF)
8 - Relatório de GestãoFiscal (LRF)
9- Notas Explicativas
Demonstrações Contábeis
RECEITAS ORÇAMENTÁRIAS
Previsão Inicial
Previsão Atualizada
Receita Realizada
Saldo
a
b
c
d = c - b
Receitas Correntes (I)
Tributária
Contribuições
Patrimonial
Agropecuária
Industrial
Serviços
Transferências
Outras
Receitas de Capital (II)
Operações de Crédito
Alienação de Bens
Amortização de Empréstimos
Transferências de Capital
Outras Receitas e Capital
Balanço Orçamentário
7
RECEITAS ORÇAMENTÁRIAS
Previsão Inicial
Previsão Atualizada
ReceitaRealizada
Saldo
a
b
c
d=c-b
Recursos Arrecadados de Exercícios Anteriores (III)
TOTAL DAS RECEITAS (IV) = I + II + III
Operações de Crédito Refinanciamento V
Operações de Crédito Internas
Mobiliárias
Contratual
Operações de Crédito Externas
Mobiliárias
Contratual
SUBTOTAL COM REFINANCIAMENTO VI = IV + V
Déficit VII
TOTAL VIII = VI + VII
Saldos de Exercícios Anteriores (Util. p/ Créd.Adic.)
Superávit Financeiro
Reabertura de Créditos Adicionais
Balanço Orçamentário
8
DESPESASORÇAMENTÁRIAS
Dotação Inicial
Dotação Atualizada
DespesasEmpenhada
Despesas Liquidada
Despesaspaga
Saldo da Dotação
e
f
g
h
i
j = f - g
Despesas Correntes (IX)
Pessoal e Encargos Sociais
Juros e Encargos da Dívida
Outras Despesas Correntes
Despesas de Capital (X)
Investimentos
Inversões Financeiras
Amortizaçãoda Dívida
Reserva de Contingência (XI)
Reserva RPPS (XII)
Subtotal Despesas (XIII)= IX+X+XI+ XII
Amortização da Dívida /Refinanc. (XIV)
Amortização da Dívida Interna
Mobiliárias
Outras
Amortização da Dívida Externa
Mobiliárias
Outras
Subtotal comRefinanc. XV=XIII+XIV
Superávit (XVI)
Total XVII = XV + XVI
9
Execução de Restos a Pagar Não Processados
Inscrito
Liquidado
Pagos
Cancelados
Saldo
Em Exercícios Anteriores
Em3/12 do Exercício Anterior
(a)
(b)
(c)
(d)
(d)
a+b-d-e
DespesaCorrente
Pessoal e Enc. Sociais
Juros e Enc. da Dívida
Outras Desp. Correntes
Despesa de Capital
Investimentos
Inversões Financeiras
Amortização da Dívida
Total
10
Execução de Restos a Pagar Processado e Não Processados Liquidados
Inscrito
Pagos
Cancelados
Saldo
Em Exercícios Anteriores
Em31/12 do Exercício Anterior
(a)
(b)
(c)
(d)
a+b-c-e
DespesaCorrente
Pessoal e Enc. Sociais
Juros e Enc. da Dívida
Outras Desp. Correntes
Despesa de Capital
Investimentos
Inversões Financeiras
Amortização da Dívida
Total
11
=
>
Superávit Orçamentário
<
No final do exercício é apurado o Resultado Orçamentário:
Equilíbrio Orçamentário
Déficit Orçamentário
Receita
Executada
Despesa
Executada
Balanço Orçamentário
INGRESSOS
Notas
Exercício Atual
Exercício Anterior
Receita Orçamentária (I)
Ordinária
Vinculada
Recursos Vinculados à Educação
Recursos Vinculados à Saúde
Recursos Vinculados à Previdência Social RPPS
(...)
Outras Destinações de Recursos
Transferências Financeiras Recebidas (II)
Transferências Recebidas para Execução Orçamentária
Transferências Recebidas Independente da Execução Orçamentária
Transferências Recebidas p/ Aportes para RPPS
Transferências Recebidas p/ Aportes para RGPS
Balanço Financeiro
13
INGRESSOS
Notas
Exercício Atual
Exercício Anterior
Recebimentos Extraorçamentários (III)
Inscrição de Restos a Pagar Não Processados
Inscrição de Restos a Pagar Processados
Depósitos Restituíveis e Valores Vinculados
Outros Recebimentos Extraorçamentários
Saldo do Exercício Anterior (IV)
Caixa e Equivalente de Caixa
Depósitos Restituíveis e Valores Vinculados
TOTAL (V) = (I + II + III + IV)
Balanço Financeiro
14
DISPÊNDIOS
Notas
Exercício Atual
Exercício Anterior
Despesa Orçamentária (VI)
Ordinária
Vinculada
Recursos Destinados à Educação
Recursos Destinados à Saúde
Recursos Destinados à Previdência Social RPPS
(...)
Outras Destinações de Recursos
Transferências Financeiras Concedidas (VII)
Transferências Concedidas para Execução Orçamentária
Transferências Concedidas Independente da Execução Orçamentária
Transferências Concedidas p/ Aportes para RPPS
Transferências Concedidas p/ Aportes para RGPS
Balanço Financeiro
15
DISPÊNDIOS
Notas
Exercício Atual
Exercício Anterior
Pagamentos Extraorçamentários (VIII)
Pagamentos de Restos a Pagar Não Processados
Pagamentos de Restos a Pagar Processados
Depósitos Restituíveis e Valores Vinculados
Outros Pagamentos Extraorçamentários
Saldo do Exercício Anterior (IX)
Caixa e Equivalente de Caixa
Depósitos Restituíveis e Valores Vinculados
TOTAL (X) = (VI + VII + VIII + IX)
Balanço Financeiro
16
ATIVO
ExercícioAtual
Exercício Anterior
Ativo Circulante
Caixa e Equivalentesde Caixa
Créditos a Curto Prazo
Investimentose Aplicações Financeiras a Curto Prazo
Estoques
VPD Pagas Antecipadamente
Total do Ativo Circulante
Ativo não Circulante
Realizávela Longo Prazo
Créditos a Longo Prazo
Investimentos Temporários a Longo Prazo
Estoques
VPD Pagas Antecipadamente
Investimentos
Imobilizado
Intangível
Diferido
Total do Ativo não Circulante
Total do Ativo
Balanço Patrimonial
PASSIVO E PATRIMÔNIO LÍQUIDO
ExercícioAtual
Exercício Anterior
Passivo Circulante
ObrigaçõesTrabalhistas Prev. Assist. a Pagar Curto Prazo
Empréstimos eFinanciamentosa Curto Prazo
Fornecedores e Contas a Pagar a Curto Prazo
Obrigações a Fiscais a Curto Prazo
Obrigações de Repartições Outros Entes
Provisões a Curto Prazo
Demais Obrigações a Curto Prazo
Total do Passivo Circulante
Passivo não Circulante
ObrigaçõesTrabalhistas Prev. Assist. a Pagar Longo Prazo
Empréstimos eFinanciamentosaLongoPrazo
Fornecedores e Contas a Pagar a Longo Prazo
Obrigações a Fiscais a Longo Prazo
Provisões a Longo Prazo
Demais Obrigações a Longo Prazo
Resultado Diferido
Total do Passivo não Circulante
Balanço Patrimonial
18
PASSIVO E PATRIMÔNIO LÍQUIDO
ExercícioAtual
Exercício Anterior
Patrimônio Líquido
Patrimônio Social e Capital Social
Adiantamento para Futuro Aumento de Capital
Reservas de Capital
Ajustes de Avaliação Patrimonial
Reservas de Lucros
Demais Reservas
Resultados Acumulados
(-) Ações / Cotas em Tesouraria
Total do Patrimônio Líquido
Total do Passivo e do Patrimônio líquido
Balanço Patrimonial
Quadrodos Ativos e Passivos Financeiros e Permanentes
(Lei nº 4.320/1964)
ExercícioAtual
Exercício Anterior
Ativo (I)
Ativo Financeiro
Ativo Permanente
Total do Ativo
Passivo (II)
Passivo Financeiro
Passivo Permanente
Total do Passivo
Saldo Patrimonial (III) = (I) - (II)
Total do Patrimônio