EXERCÍCIOS DE OSSOS E  ARTICULACÕES ANATOMIA DO APARELHO LOCOMOTOR
6 pág.

EXERCÍCIOS DE OSSOS E ARTICULACÕES ANATOMIA DO APARELHO LOCOMOTOR


DisciplinaAnatomia do Aparelho Locomotor6.134 materiais143.297 seguidores
Pré-visualização6 páginas
EM QUE CONSISTE O APARELHO LOCOMOTOR/FUNÇÃO
O APARELHO LOCOMOTOR CONSISTE EM UMA JUNÇÃO DOS SITEMAS ÓSSEO, MUSCULAR E ARTICULAR. O ESQUELETO É RESPONSÁVEL PELA LOCOMOÇÃO/ MOVIMENTAÇAO DOS VERTEBRADOS, SUSTENTAÇÃO, SERVE DE APOIO PARA A INSERÇÃO DE MÚSCULOS, PROTEÇÃO DE ÓRGÃO INTERNOS TAIS COMO O ENCÉFALO, ÓRGÃOS SENSORIAIS (VISAO , AUDICAO, RESPIRAÇÃO) E AINDA AOS ÓRGÃOS LIGADOS AO APARELHO DIGESTIVO, BEM COMO ARMAZENA SAIS MINERAIS E ÍONS, TRIGLICÉRIDES POR MEIO DA MEDULA AMARELA E PRODUZ CÉLULAS SANGUINEAS ATRAVES DA MEDULA VERMELHA. 206 A 208 OSSOS.
FALE SOBRE O ESQUELETO AXIAL E O APENDICULAR

O ESQUELETO AXIAL CORRESPONDE AO CRANIO, COLUNA VERTEBRAL E CAIXA TORÁCICA. ALGUNS AUTORES INCLUEM TAMBEM O OSSO HIOIDE E OS OSSICULOS DO OUVIDO.

O ESQUELETO APENDICULAR COMPREENDE: 1) A CINTURA ESCAPULAR (ESCAPULA, CLAVICULA) A QUAL É RESPONSÁVEL DE LIGAR OS MEMBROS SUPERIORES NO ESQUELETO AXIAL. 2)CINTURA PÉLVICA (OSSO DO QUADRIL E SACRO) QUE SÃO RESPONSAVEIS EM UNIR OS MMII NO ESQUELETO AXIAL.

CLASSIFIQUE OS OSSOS QUANTO A FORMA. EXEMPLOS
LONGOS- COMPRIMENTO É MAIOR QUE A LARGURA E ESPESSURA. EX FEMUR, UMERO, TIBIA, FIBULA, ULNA, RADIO, FALANGES
CURTOS- O COMP, LAR. E ESPESSURA SÃO EQUIVALENTES. EX. TARSO, CARPO, PATELA,
IRREGULARES- NÃO APRESENTAM SIMETRIAS- QUADRIL, ESFENOIDE, VERTEBRAS
SESAMOIDES- SE DESENVOLVEM NO INTERIOR DE ALGUNS TENDOES- PATELA
PLANOS- COMP E LARGURA MAIOR QUE A ESPESSURA: ESCAPULA, ESTERNO, PARIETAIS
PNEUMATICOS- SÃO OSSOS QUE APRESENTAM EM SEU INTEIRIOR CAVIDADES DENOMINADA DE SEIOS PARANASAIS. SÃO IMPORTANTES NA RESPIRAÇÃO, PROTEÇÃO DA CALOTA CRANIANA PORQUE SÃO RESISTENTES E TAMBEM NO AUMENTO DA AMPLITUDE DA VOZ (RESSONANCIA).
SUTURAIS- PRESENTES NO CRANIO- ESTAO DISPOSTOS NA ARTICULAÇÃO FIBROSA DO TIPO SUTURA.

O QUE É DIÁFISE, EPÍFISE E METÁFISE, CAVIDADE MEDULAR, SUBSTÂNCIA ÓSSEA COMPACTA E SUBSTÂNCIA ÓSSEA ESPONJOSA, PERIOSTEO , ENDOSTEO

DIAFISE, EPIFISE E METAFISE SÃO REGIOES DE UM OSSO LONGO, SENDO A PRIMEIRA A PARTE CORRESPONDENTE AO CORPO, CONSTITUIDA DE SUBSTANCIA OSSEA COMPACTA; A SEGUNDA, É A PARTE DA EXTREMIDADE DISTAL E PROXIMAL DOS OSSOS A QUAL E FORMADA POR SUBST, OSSEA ESPONJOSA,E A TERCEIRA A REGIAO É INTERMEDIARIA ENTRE AS DUAS.
CAVIDADE MEDULAR- ESPAÇO LOCALIZADO NO INTERIOR DA DIAFISE RESPONSAVEL POR ARMAZENAR A SUBST. OSSEA AMARELA.

SUBSTÂNCIA ÓSSEA COMPACTA-CONSISTE NA LAMINA DE TECIDO OSSEO DENSO E SOLIDO ENCONTRADA NOS OSSOS LONGOS-DIAFISE

SUBSTÂNCIA ÓSSEA ESPONJOSA-CONSISTE EM TECIDO OSSEO COM ESPAÇOS DENOMINADOS DE TRABECULAS DANDO IMPRESSAO DE UMA \u201cESPONJA\u201d

PERIOSTEO-MEMBRANA OSSEA QUE REVESTE O OSSO. TECIDO CONJ. DENSO QUE REVESTE OS OSSOS, PARTICIPANDO ATIVAMENTE DO CRESCIMENTO E REPARAÇÃO ÓSSEA. SERVE TAMBÉM COMO PONTO DE APOIO PARA LIGAMENTOS E TENDOES. É TAMBEM UMA VIA DE CONDUCAO PARA O SIST. CIRCULATORIO E NERVOSO.

ENDOSTEO-CAMADA FINA DE TECIDO CONJ, ESPECIALIZADO COM A FINALIDADE DE REVESTIR O CANAL MEDULAR, COM CAPACIDADE DE FORMAÇÃO E REPARAÇÃO DO TEC, OSSEO.

FALE SOBRE A MEDULA ÓSSEA
MEDULA OSSEA AMARELA- ECONTRA-SE NO INTERIOR DOS OSSOS LONGOS (DIAFISE) RESPONSAVEL EM ARMAZENAR IONS, TRIGLICERIDES E SAIS MINERAIS.
MEDULA OSSEA VERMELHA- É ENCONTRADA NAS EPIFISES DOS OSSOS LONGOS NOS ADULTOS, ONDE HÁ O TEC. OSSEO ESPONJOSO. É RESPONSAVEL PELA FORMAÇÃO DE CELS, SANGUINEAS (HEMATOPOISE). ENCONTRA-SE TAMBEM NOS OSSOS EM FORMAÇÃO DO FETO.
DEFINA: SEIOS PARANASAIS, -LINHAS TEMPORAIS (SUPERIOR E INFERIOR), -FOSSA MANDIBULAR, -PROCESSO MASTÓIDE, -TUBÉRCULO ARTICULAR, -PROCESSO ESTILÓIDE, LINHAS NUCAIS (SUPERIOR E INFERIOR):-FORAME MAGNO, -CÔNDILOS OCCIPITAIS: -PROCESSOS PTERIGÓIDES: -ARCO ZIGOMÁTICO, -PROCESSO CONDILAR:, -PROCESSO CORONÓIDE MANDIBULA:

SEIOS PARANASAIS- SÃO CAVIDADES ENCONTRADAS NOS OSSOS DO CRANIO DO TIPO PNEUMÁTICOS (FRONTAL, MAXILAR, ETIMOIDE, ESFENOIDE), DEVIDO A ABSORÇÃO DA DIPLOE, AS QUAIS PARTICIPAM DO SIST. RESPIRATORIO E TB NA AMPLIFICAÇÃO DA VOZ. Quando há inflamação nos seios, o som fica nasal, como na gripe ou na sinusite. Quando temos infecção os microorganismos tendem a ir para os seios, gerando aumento de secreção, como tentativa de expulsar os microorganismos. A secreção é viscosa e pode entupir o canal de escoamento, gerando um aumento da pressão nos seios, o que gera dor de cabeça e os demais sintomas da SINUSITE.

LINHAS TEMPORAIS (SUPERIOR E INFERIOR), Ficam no osso PARIETAL e servem para fixação do músculo temporal, que é muito importante na articulação Temporomandibular, além de ser um músculo da mastigação.
FOSSA MANDIBULAR- Fica no osso TEMPORAL e é uma curvatura onde o osso da mandíbula se encaixa, formando a ATM (Articulação Temporomandibular).
PROCESSO MASTÓIDE- Fica no osso TEMPORAL e é a projeção que sentimos atrás do ouvido, possui pequenos seios interligados ao canal auditivo. Logo atrás dele estão as meninges. Quando ocorre a meningite (risco de vida em caso de lesão desse processo). Esse processo fixa o músculo ESTERNOCLEIDOMASTÓIDEO que participa dos movimentos de rotação e flexão da cabeça.

TUBÉRCULO ARTICULAR- Fica no osso TEMPORAL e serve de suporte para o ligamento temporo-mandibular lateral e medial. O tubérculo é uma projeção óssea bem pequena que também participa da ATM.

PROCESSO ESTILÓIDE- Fica no osso TEMPORAL, tem forma de estilete, é pontiagudo e facilmente quebrado por ser muito fino. É importante para a ATM pois fixa o ligamento estilomandibular.

LINHAS NUCAIS (SUPERIOR E INFERIOR)- Ficam no osso OCCIPITAL, fixam os ligamentos que participam da articulação Atlanto-occipital. No centro das linhas existe a protuberância occiptal externa (maior e mais visível em homens).

FORAME MAGNO- Fica no osso OCCIPITAL e é o maior buraco do crânio e o 2° maior do corpo humano. Por ele passa a medula espinal, local onde qualquer lesão pode levar ao óbito ou a tetraplegia. Há indícios de que esteja correlacionado com a posição bípede, porém a posição do forame não é uma característica confiável para estabelecer filogenia de grupos, uma vez que o bipedismo não é uma condição anatômica que permite associar parentescos, mas sim um modo de locomoção que se desenvolveu de muitas maneiras ao longo do tempo e se apresenta de diferentes formas. A maneira com que um canguru , PINGUINS, lêmure e ancestrais da espécie humana são bípedes (Ardipithecus) não é a mesma maneira com que nós Homo sapiens sapiens somos bípedes, por exemplo. HOMOPLASIAS-APOMORFIAS ADQUIRIDAS DE FORMA INDEPENDENTES NA HIST. EVOLUTIVA NÃO REPRESENTANDO PROXIMIDADE GENETICA.

CÔNDILOS OCCIPITAIS-Ficam no osso OCCIPTAL, são duas projeções arredondadas na borda do forame magno, eles se encaixam com a face articular superior da primeira vértebra cervical (ATLAS), formando a Articulação Atlanto-occipital
PROCESSOS PTERIGÓIDES- Ficam no osso esfenóide, possuem duas lâminas cada (uma lateral e uma medial). Eles fixam os músculos pterigóides (lateral e medial) e o Ligamento Pterigomandibular, importante para a ATM.

ARCO ZIGOMÁTICO- Fica no osso ZIGOMÁTICO e fixa o músculo MASSETER, principal músculo da mastigação
PROCESSO CONDILAR- Fica no osso da MANDÍBULA, na região do RAMO. Se encaixa na fossa mandibular NO OSSO TEMPORAL formando a ATM.
PROCESSO CORONÓIDE MANDIBULA- na região do RAMO. Fixa o Músculo temporal (da mastigação).

DESCREVA OS OSSOS E FUNCAO DO NEUROCRANIO
FRONTAL, ETIMOIDE, ESFENOIDE, TEMPORAL (2), PARIETAIS (2), OCCIPITAL= 8 ALGUNS AUTORES INCLUEM O OSSO HIOIDE E OS OSSICULOS DO OUVIDO. PROTEÇÃO DO ENCEFALO. CAIXA CRANIANA- CALVARIA (PARIETAIS), OSSO OCIP- BASE DO CRANIO. ESFENOIDE- vai de um lado a outro do crânio, tem forma de morcego (com asa menor e asa maior) ETIMOIDE fica no centro do crânio e é distribuído para várias partes do crânio TEMPORAL- O Temporal é dividido em porções: Mastóidea, Timpânica, Escamosa (próxima a sutura escamosa) e Petrosa (tem muita importância na radiologia pois tem grande quantidade de massa óssea, alta densidade, sendo usada como ponto de referência).

DESCREVA OS OSSOS E FUNCAO DO VISCEROCRANIO- ossos da face;