AV1 PSICOLOGIA
3 pág.

AV1 PSICOLOGIA


DisciplinaPsicologia da Comunicação482 materiais2.152 seguidores
Pré-visualização1 página
Avaliação: CCA0323_AV1_201001372123 » PSICOLOGIA DA COMUNICAÇÃO
	Tipo de Avaliação: AV1
	Aluno: 201001372123 - NATASHA CHRISTIE FERREIRA MAGIOLO
	Professor:
	MICHEL SHPIELMAN
	Turma: 9003/BJ
	Nota da Prova: 3,5 de 8,0         Nota do Trab.: 0        Nota de Partic.: 0,5        Data: 07/10/2013 21:05:38
	
	 1a Questão (Ref.: 201001604523)
	Pontos: 0,0  / 0,5
	Imagine que você agendou a sua prova e no dia e local se dirigiu ao seu campus e fará a prova em uma sala com vários estudantes. De acordo com a Psicologia Social podemos definir esse grupo como sendo:
		
	
	um grupo reflexivo.
	 
	um grupo não-social.
	
	um grupo social.
	
	um grupo desmotivado.
	 
	um grupo competitivo.
	
	
	 2a Questão (Ref.: 201001544742)
	Pontos: 0,5  / 0,5
	Podemos estabelecer uma série de correspondências entre as características da percepção e o modo como se processa a comunicação. Assim, por exemplo, se considerarmos a característica de que "a percepção tende às formas fortes e/ou geométricas", podemos inferir que:
		
	
	A interpretação dos conceitos está diretamente associada aos conhecimentos que o receptor possui da origem cultural e geográfica do emissor.
	 
	Uma mensagem emitida de modo objetivo e direto será mais facilmente captada do que se for transmitida de modo rebuscado e repleta de contornos.
	
	Uma comunicação eficaz deve ser elaborada a partir de termos de impacto e que atinjam fortemente os conceitos do receptor.
	
	A comunicação tende a ser mais impactante na medida em que o emissor se mostra mais confiante e seguro.
	
	Palavras são como os objetos e, portanto, quando mais simples e singelas em suas formas mais facilmente serão interpretadas por quem as ouve.
	
	
	 3a Questão (Ref.: 201001566229)
	Pontos: 0,0  / 1,0
	Sobre a influência da percepção no comportamento das pessoas, pode-se afirmar:
		
	 
	b) O comportamento das pessoas baseia-se na realidade em si, e não em sua percepção da realidade;
	 
	c) O mundo importante para o comportamento é o mundo na forma em que é percebido;
	
	a) A percepção das pessoas só são influenciadas pelo estímulo (objeto a ser observado);
	
	d) A percepção não é individual, ela é aprendida no grupo;
	
	e) O que uma pessoa percebe sempre será a realidade objetiva.
	
	
	 4a Questão (Ref.: 201001549073)
	Pontos: 1,0  / 1,0
	Para que a manipulação da opinião pública pela mídia seja bem sucedida é necessário o seguinte fator básico:
		
	 
	Que haja identificação entre as representações sociais do público e do veículo.
	
	Que o veículo encontre profissionais antiéticos o suficiente para se propor a esta ação.
	
	Que o público não possua meios alternativos de informação.
	
	Que o veículo priorize o lucro em detrimento da verdade.
	
	Que a sociedade seja inculta e alienada.
	
	
	 5a Questão (Ref.: 201001604772)
	Pontos: 0,0  / 1,0
	Para que se estabeleça uma relação eficaz, faz-se necessário que o profissional se posicione, através de um conjunto de atitudes, como alguém pronto e disposto a ouvir e entender seu interlocutor e, principalmente, passar a este a capacidade de reproduzir com responsabilidade suas observações. A postura facilitadora da comunicação onde o profissional precisa deixar clara sua capacidade de compreensão a respeito do relato do sujeito é o(a):
		
	
	ESPONTANEIDADE
	 
	CONTATO EMPÁTICO MANIFESTO
	
	CALOR HUMANO
	 
	INICIATIVA
	
	ATITUDE DOCENTE
	
	
	 6a Questão (Ref.: 201001571337)
	Pontos: 0,0  / 0,5
	A partir do que existe na literatura sobre psicologia da comunicação, analise as seguintes afirmações e indique qual em sua opinião é a única incorreta:
		
	
	Em psicologia Social considera-se inadequado comparar o complexo entrelaçamento humano de informações (comunicação) ao funcionamento do sistema circulatório do corpo humano ou a qualquer outra estrutura biológica. A diferença é clamorosa, visto que estas últimas tem uma limitação física que não existe nas estruturas sociais. As estruturas sociais são sistemas essencialmente inventados, feitas pelo ser humano e imperfeitas. O cimento que as compõem é essencialmente psicológico ao invés de biológico.
	 
	No processo de comunicação, os valores que emergem da personalidade de cada ser humano podem vir a contrastar com o de outros seres humanos, visto que as exigências morais de cada um podem advir a partir de uma estrutura social diferenciada.
	
	As relações interpessoais estão presentes em nossas vidas desde o nascimento através de processos de dependência e de interdependência, até nossa morte. Estas relações são fatores determinantes de vários processos psíquicos, pois, além de definirem os aspectos relacionais, influenciam consideravelmente em nossa própria estrutura interna de personalidade.
	 
	O modo como as relações sociais se estabelecem é, inicialmente, através de certos comportamentos que produzimos em função do outro, ou mesmo em função de nossas próprias expectativas sociais, ou seja, em função do modo como queremos que os outros nos percebam. A estes comportamentos chamamos de comportamento social. Sendo assim, o que difere um comportamento social de um não social, não é propriamente a intenção que motivou a ação, mas sim, a ação realizada.
	
	O indivíduo na sociedade não se situa sozinho, mas em um entrelaçado de relações. A psicologia da comunicação, como campo de estudo, está intimamente vinculada ao reconhecimento de que a comunicação humana sempre ocorre a partir de sistemas sociais complexos. Portanto sua compreensão total deve ser realizada a partir de um movimento de percepção interdisciplinar.
	
	
	 7a Questão (Ref.: 201001604728)
	Pontos: 0,0  / 0,5
	Freud desenvolve a TEORIA DO RECALQUE, que funcionará como base para a criação de seu primeiro esquema dos componentes da vida psíquica. A chamada 1ª Tópica Freudiana se divide em:
		
	
	consciente, superego e pré-consciente
	 
	consciente, inconsciente e superego
	 
	consciente, inconsciente e pré-consciente
	
	id, superego e ego
	
	id, inconsciente e pré-consciente
	
	
	 8a Questão (Ref.: 201001604756)
	Pontos: 1,0  / 1,0
	Algumas estruturas de linguagem são frequentemente utilizadas pelas pessoas em seus discursos e se forem devidamente trabalhadas podem não só esclarecer o conteúdo do discurso como influir de modo decisivo neste mesmo discurso. O padrão onde se transformam situações específicas em genéricas é chamado:
		
	
	NOMINALIZAÇÕES
	
	ELIMINAÇÃO
	
	PRESSUPOSIÇÕES
	 
	GENERALIZAÇÕES
	
	LEITURA DE MENTE
	
	
	 9a Questão (Ref.: 201001604737)
	Pontos: 0,0  / 1,0
	Na 2ª TÓPICA de Freud onde estabelece as estruturas que irão compor a Psicanálise (personalidade), O EU, estrutura central e mais consciente da personalidade, que visa satisfazer os desejos do ID sem produzir conflitos com o SUPEREGO é chamado:
		
	 
	consciente
	
	superego
	 
	ego
	
	inconsciente
	
	id
	
	
	 10a Questão (Ref.: 201001554687)
	Pontos: 1,0  / 1,0
	Tentar modificar o sistema de crenças religiosas, políticas, econômicas, sociais ou qualquer outro sistema ideológico do sujeito:
		
	
	É uma obrigação do comunicador quando os mesmos expressarem conceitos errados.
	 
	É um equívoco, pois não é função do comunicador modificar o sistema ideológico do outro.
	
	É um direito do comunicador sempre que estes posicionamentos forem politicamente incorretos.
	
	É um equívoco, pois o comunicador já deveria estar ciente destes posicionamentos antes da entrevista.
	
	Só é aceitável se for por causas nobres ou para promover políticas mais justas.