Código de Processo Civil Comentado Artigo por Artigo - CPC

@direito-processual-civil-i ESTÁCIO
#2012#CPC#Código Comentado#CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL

Pré-visualização

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL – SECCIONAL DO PARANÁ

Anotado

Código de Processo Civil
OAB Paraná apresenta



05

Ao longo do tempo, as formas de acesso 
ao conhecimento jurídico foram se mo-
dernizando. As fontes ficaram mais pró-
ximas, com obras fundamentais disponí-
veis nos catálogos das editoras, além de 
ser visível o crescimento das referências 
doutrinárias. No entanto, o principal fator 
para a disseminação do saber no nosso 
meio foi a revolução causada pela rede 
virtual, exigindo ferramentas que permi-
tam o exercício profissional ao ritmo ins-
tantâneo do processo eletrônico.  

Nesse sentido é que colocamos à dispo-
sição dos advogados a edição eletrôni-
ca do Código de Processo Civil Anotado. 
Com ele, estamos cumprindo o nosso 
objetivo de contribuir para a qualificação 
da profissão, somando-se às diversas ini-
ciativas da OAB/PR, como a realização 
permanente de cursos gratuitos, presen-
ciais e a distância, por meio da Escola 
Superior de Advocacia. 

Com esta edição, temos a democratiza-
ção do acesso ao conhecimento jurídico 
em tempo real, permitindo ao advogado 
acessar suas fontes durante a realização 
de audiências, em meio a uma sustenta-
ção oral ou na fundamentação de suas 
petições. Entre seus autores estão advo-
gados paranaenses reconhecidos, jovens 
e experientes, profundos conhecedores 
da matéria, o que garante segurança te-
órica suficiente a quem precisar utilizá-lo.

Ainda que estejamos tratando do CPC, 

não é demais citar o próprio Código Ci-
vil, sua referência maior. O advogado 
Eduardo Rocha Virmond, ex-presidente 
da Seccional, bem lembrou em artigo 
que Sthendal criou a expressão “Escre-
ver como o Código Civil”. O exemplo foi 
seguido por Clóvis Bevilacqua, no Códi-
go Civil de 1916. E dele não se afastou o 
jurista Miguel Reale com o novo Código 
Civil brasileiro, do qual foi redator.

Agora, temos uma nova realidade. Escre-
ver com respeito à língua pátria, sempre, 
mas consultar na velocidade do mundo 
digital. 

É o que a OAB/PR oferece a todos os ad-
vogados, do Paraná e do Brasil.

Mensagem do Presidente OAB Paraná

Palavra do presidente

TEXTO
Juliano Breda



07

Solicita-me a OAB-PR apresentar o 
“Código de Processo Civil Anotado 
para equipamentos eletrônicos”, obra 
que visa a “oferecer aos Advogados” 
(e demais operadores do Direito, pode-
-se acrescentar) “um mecanismo ágil 
e confiável para a consulta de informa-
ções relevantes para a prática forense”.

Trata-se de trabalho meritório, fadado 
a prestar relevantes serviços a 
todos quantos se vejam subitamente 
necessitados de subsídios sucintos, 
com objetivo estritamente pragmático, 
seja para trazer à memória algo que lhe 
escapou momentaneamente, seja para 
informar algo indispensável à formação 
de um raciocínio ou ao esclarecimento 
de dúvidas. 
O texto é enxuto, sem evolução histó-
rica ou citações doutrinárias. Aponta 
as posições dominantes (independente 
de eventual opinião contrária do autor) 
e julgados emitidos a seu respeito pelo 
STF, STJ, TJ-PR e TRF-4ª Região. Com 
isso o interessado na consulta encontra 
informações que lhe permitem formar 
raciocínio e agir prontamente em situa-
ções surgidas de repente. (Os códigos 
franceses das Editions Dalloz contêm 
informações assemelhadas.)

A obra pretende auxiliar quem partici-
pa de algum ato processual, audiência, 
sessão de julgamento, qualquer ativida-
de relacionada ao exercício das profis-
sões jurídicas.

Afirmei tratar-se de trabalho meritório e 
refiro caso comigo ocorrido, para o qual 
o CPC aqui apresentado teria sido de 
inestimável valor.

Jovem recém-formado participei de 
acontecimento que poderá repetir-se 
a qualquer instante, ocasião em que 
obra como esta terá grande valia para 
equacionar e solucionar a questão a 
que me refiro.

No curso de certa audiência, já se vão 
mais de 50 anos, em comarca do interior, 
surgiu a necessidade de ouvir  tes-temu-
nhas referidas, o que de pronto foi reque-
rido, a fim de serem inquiridas na própria 
audiência em curso, pois estavam pre-

Apresentação OAB Paraná

Apresentação

TEXTO
Egas Dirceu Moniz de Aragão

B
eb

el
 R

itz
m

an



08

sentes no edifício do fórum. O juiz, tam-
bém iniciante na magistratura, entendeu, 
porém, que isso só poderia ocorrer em 
outra data, na continuação da audiên-
cia. Não tendo em mãos elementos para 
equacionar e solucionar de outro modo o 
problema, a decisão prevaleceu.

No dia seguinte voltei ao gabinete e 
mostrei ao magistrado que o texto da lei 
(CPC/39, art. 248) e opiniões doutriná-
rias (p.ex. DE PLÁCIDO E SILVA, Coms. 
ao CPC, notas ao art. 248) abonavam o 
que havia sido pleiteado. Com a bono-
mia que lhe era peculiar, disse-me ele 

que havia no CPC “ilhas a que ainda 
não aportara”.

Sem dúvida teria sido outra a solução 
do problema se fosse possível contar, 
à época, com dados sucintos e escla-
recedores como a OAB-PR deseja por 
à disposição de todos os profissionais 
do direito nos momentos em que sejam 
necessários.

Eis porque afirmei e repito que obra 
aqui apresentada constitui iniciativa 
meritória, que aproveitará a quantos a 
consultarem.



09 Código de Processo CivilSumário

Sumário

LIVRO I - DO PROCESSO DE CONHECIMENTO

TÍTULO I – DA JURISDIÇÃO E DA AÇÃO

CAPÍTULO I – DA JURISDIÇÃO

Arts. 1º e 2º (Kleber Cazzaro)

CAPÍTULO II – DA AÇÃO 

Arts. 3º ao 6º (Kleber Cazzaro)

TÍTULO II – DAS PARTES E DOS PROCURADORES

CAPÍTULO I – DA CAPACIDADE PROCESSUAL

Arts. 7º ao 13 (Kleber Cazzaro)

CAPÍTULO II – DOS DEVERES DAS PARTES E DOS SEUS PROCURADORES

Arts. 14 a 35 (Kleber Cazzaro)

 Seção I – Dos deveres

Arts. 14 e 15 (Kleber Cazzaro)

 Seção II – Da responsabilidade das partes por dano processual

Arts. 16 a 18 (Kleber Cazzaro)

 Seção III – Das despesas e das multas



10 Código de Processo CivilSumário

Arts. 19 a 35 (Kleber Cazzaro)

CAPÍTULO III – DOS PROCURADORES

Arts. 36 a 40 (Kleber Cazzaro)

CAPÍTULO IV – DA SUBSTITUIÇÃO DAS PARTES E DOS PROCURADORES 

Arts. 41 a 45 (Maria de Lourdes Viegas Georg)

CAPÍTULO V – DO LITISCONSÓRCIO E DA ASSISTÊNCIA 

Arts. 46 a 55 (Maria de Lourdes Viegas Georg)

 Seção I – Do litisconsórcio 

Arts. 46 a 49 (Maria de Lourdes Viegas Georg)

 Seção II – Da assistência

Arts. 50 a 55 (Maria de Lourdes Viegas Georg)

CAPÍTULO VI – DA INTERVENÇÃO DE TERCEIROS 

Arts. 56 a 80 (Maria de Lourdes Viegas Georg)

 Seção I – Da oposição 

Arts. 56 a 61 (Maria de Lourdes Viegas Georg)

 Seção II – Da nomeação à autoria 

Arts. 62 a 69 (Maria de Lourdes Viegas Georg)

 Seção III – Da denunciação da lide 

Arts. 70 a 76 (Maria de Lourdes Viegas Georg)

 Seção IV – Do chamado ao Processo 

Arts. 77 a 80 (Maria de Lourdes Viegas Georg)

TÍTULO III – DO MINISTÉRIO PÚBLICO 

Arts. 81 a 85 (Renato Rodrigues Filho)

TÍTULO IV – DOS ÓRGÃOS JUDICIÁRIOS E DOS AUXILIARES DA JUSTIÇA



11 Código de Processo CivilSumário

CAPÍTULO I – DA COMPETÊNCIA 

Arts. 86 e 87 (Renata Polichuk)

CAPÍTULO II – DA COMPETÊNCIA INTERNACIONAL 

Arts. 88 a 90 (Renata Polichuk)

CAPÍTULO III – DA COMPETÊNCIA INTERNA 

Arts. 91 a 124 (Renata Polichuk)

 Seção I – Da competência em razão do valor e da matéria 

Arts. 91 e 92 (Renata Polichuk)

 Seção II – Da competência funcional 

Art. 93 (Renata Polichuk)

 Seção III – Da competência territorial

Arts. 94 a 101 (Renata Polichuk)

 Seção IV – Das modificações da competência 

Arts. 102 a 111 (Renata Polichuk)

 Seção V – Da declaração de incompetência 

Arts. 112 a 124 (Renata Polichuk)

CAPÍTULO IV – DO JUIZ 

Arts. 125 a 138 (Renato Rodrigues Filho)

 Seção I – Dos poderes, dos deveres e da responsabilidade do juiz 

Arts. 125 a 133 (Renato Rodrigues Filho)

 Seção II – Dos impedimentos e da suspeição 

Arts. 134 a 138 (Renato Rodrigues Filho)
fabioreis fez um comentário
  • *
    • 0 aprovações
    Airton S Vasconcelos fez um comentário
  • gente, esse foi postado ano passado, é claro q não é do novo CPC uai
    • 0 aprovações
    Janinne Costa Silva fez um comentário
  • e sobre o novo CPC?
    • 0 aprovações
    leo braz fez um comentário
  • Mas é do antigo CPC/1973, queria o novo CPC/2015.
    • 0 aprovações
    Pr-Roldenyr Cravo fez um comentário
  • excelente
    • 1 aprovações
    Carregar mais