A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
14 pág.
Relatorio Visita   ETA 2

Pré-visualização | Página 1 de 2

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE 
CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS 
CURSO DE ENGENHARIA CIVIL 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
RELATÓRIO DA VISITA TÉCNICA A ESTAÇÃO DE 
TRATAMENTO DE ÁGUA – ETA 2 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Rio Branco, 2016 
 
 
 
 
 
ALFREDO ALMEIDA 
DAPHNE PERES 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 Relatório Técnico apresentado como 
requisito parcial para obtenção de 
avaliação na disciplina Saneamento 
Geral, no curso de Engenharia Civil, da 
Universidade Federal do Acre 
 
 Profª. MsC. Heloisa Pimpão Chaves 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Rio Branco, 2016 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
RESUMO 
 
 
 
O presente relatório visa demonstrar as observações técnicas e de aprendizagem da visita 
de campo, realizada no dia 28 de Novembro, na Estação de Tratamento de Águas – ETA 
2, localizada no município de Rio Branco - AC, que e responsável por parte do 
abastecimento de água de Rio Branco. A visita foi guiada pelo técnico, que explicou as 
etapas do tratamento de água, desde a captação até a sua distribuição, mostrando as 
instalações da ETA e as etapas de tratamento da água. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
SUMÁRIO 
 
 
 
 
 
1. INTRODUÇÃO ........................................................................................................ 5 
2. OBJETIVOS.............................................................................................................. 6 
2.1. Objetivo Geral ....................................................................................................... 6 
2.2. Objetivos Específicos ............................................................................................ 6 
3. ASPECTOS GERAIS ................................................................................................... 7 
3.1. Funcionamento ...................................................................................................... 7 
3.2. Captação ................................................................................................................ 7 
3.3. Coagulação ............................................................................................................ 8 
3.3.1. Coagulante ...................................................................................................... 8 
3.3.2. Unidade de Mistura Rápida ............................................................................ 8 
3.4. Floculação .............................................................................................................. 9 
3.5. Decantação............................................................................................................. 9 
3.6. Filtração ............................................................................................................... 10 
3.7. Desinfecção ......................................................................................................... 10 
3.8. Correção de PH .................................................................................................... 10 
4. CONTROLE DE QUALIDADE DA ÁGUA ............................................................. 12 
5. CONCLUSÕES .......................................................................................................... 13 
REFERÊNCIAS ............................................................................................................. 14 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
5 | P á g i n a 
 
1. INTRODUÇÃO 
 
 
É de vital importância que a água fornecida para o abastecimento das populações 
e comunidades esteja em condições adequadas para consumo, diminuindo a incidência de 
doenças, que tem a água com sua via de transmissão. Para que isso seja possível, é 
necessário que a água passe por um processo de tratamento em unidades denominadas 
Estações de Tratamento de Água. A ETA consiste em um complexo sistema de unidades 
que tornarão a água potável, com características propícias ao consumo e aceitação da 
população e dentro dos padrões estabelecidos pela legislação, no Brasil, os padrões de 
potabilidade são definidos pela Portaria 2914/11 do Ministério da Saúde. 
Nos grandes centros urbanos, diante da baixa qualidade dos mananciais, 
ocasionados pelos lançamentos de efluentes industriais e esgotos urbanos, torna-se 
necessário a execução de tratamentos mais complexos antes de sua distribuição à 
população. 
O processo de tratamento de água constitui-se em uma série de procedimentos 
físicos e químicos aplicados na água para que esta fique em condições adequadas para o 
consumo, ou seja, se torne potável. 
A Estação de Tratamento de Água 2 – ETA 2 do tipo convencional, onde a água 
passa pelos processos de coagulação, floculação, decantação, filtração, desinfecção e 
correção de pH. O sistema ETA 1 e ETA 2 tem em média a produção de 130.000 m³ por 
dia, desses 130.000 m³ de água tratada, 55% é de perdas, 40% dessas perdas é devido a 
cultura dos usuários do não uso de boias nas caixas d’água, e 15% são perdas na rede de 
distribuição. Esse desperdício de água eleva o consumo per capita para 350 L/dia no 
município de Rio Branco. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
6 | P á g i n a 
 
2. OBJETIVOS 
 
Conhecer o funcionamento de uma ETA, e os processos envolvidos na limpeza da 
água para abastecimento humano. 
 
2.1. Objetivo Geral 
 
 O objetivo principal da visita foi verificar e aplicar todo o conhecimento 
adquirido em sala de aula na disciplina Saneamento Geral, tendo como foco melhorar a 
percepção de aprendizagem pratica do aluno. 
 
2.2. Objetivos Específicos 
 
 A avaliação para identificação, aplicação e comparar indicadores descreve 
os objetivos especifico da atividade, tento os principais focos apresentados: 
 
 
 Conhecer a estrutura da Estação, as unidades que a integram e os processos 
de produção da água que abastece a população de Rio Branco; 
 
 Verificar os produtos químicos utilizados; 
 
 Observar como é realizado as análises físico-químicas e bacteriológicas, 
bem como o controle de qualidade; 
 
 Analisar aspectos ligados à limpeza e segurança da ETA; 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
7 | P á g i n a 
 
3. ASPECTOS GERAIS 
 
Durante a visita, foram destacados vários aspectos quantitativos em relação 
capacidade, e de funcionamento e fornecimento de água, ficando constatado que a 
capacidade atual de tratamento de água é de 1.500 l/s, o sistema ETA 1 e ETA 2 tem em 
média a produção de 130.000 m³ por dia. 
A Estação de Tratamento de Água 2 – ETA 2, começou a ser operada em 2008. A 
água é captada no Rio Acre, próximo à terceira ponte, transportada por adutoras e tratada 
em uma estação do tipo convencional, onde passa pelos processos de coagulação, 
floculação, decantação, filtração, desinfecção e correção de pH. O sistema ETA 1 e ETA 
2 tem em média a produção de 130.000 m³ por dia. 
 
3.1. Funcionamento 
 
 A ETA 2 funciona 24h, em regime de plantão de 12h para os funcionários, que 
são em número de 3 por turno, sendo que somente 1 é responsável pelo operacional do 
sistema da estação. 
 A água bruta passa pelos

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.