A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
AV FILOSOFIA DA EDUCAÇÃO

Pré-visualização | Página 1 de 1

Avaliação: CEL0468_AV_201607038897 » FILOSOFIA DA EDUCAÇÃO
	Tipo de Avaliação: AV
	Aluno: 201607038897 - DANILO SILVA DE OLIVEIRA
	Professor:
	MARIA DE FATIMA FERNANDES RODRIGUES
	Turma: 9032/AB
	Nota da Prova: 6,5    Nota de Partic.: 1,5   Av. Parcial 2  Data: 25/11/2016 15:59:21
	�
	 ��1a Questão (Ref.: 201607086874)
	Pontos: 1,0  / 1,0
	Quando podemos afirmar que uma pessoa está começando a adotar uma atitude filosófica?
	
	
Resposta: quando ela assume um pensamento crítico a cerca do "mundo" que a cerca contribuindo com suas ideias livre de preconceitos, ilusões e superstições.
	
Gabarito: Quando começa a fazer indagações ao mundo que a rodeia e as relações que mantém com ele. Pergunta o que é, como é e por que é uma coisa, um valor uma ideia, um comportamento. Não aceita tudo como óbvio, como evidente.
	
	�
	 ��2a Questão (Ref.: 201607222801)
	Pontos: 1,0  / 1,0
	De acordo com as últimas aulas da disciplina Filosofia da Educação, dois grandes pensadores da educação se destacam no pensamento pedagógico brasileiro no século XX. São eles: Anísio Teixeira e Paulo Freire. Sendo assim::
A) Apresente brevemente a contribuição do pensamento de Anísio Teixeira para a educação
B) Apresente brevemente a contribuição do pensamento de Paulo Freire para a educação.
	
	
Resposta: A)contríbuiu para uma escola que fosse pública, gratuíta e leiga B) contrubuiu para a reestruturação da escolapúblic, focando no raciocínio independente do aluno e que a pedagogia deve promover a emancipação do sujeito.
	
Gabarito:
A) Anísio Teixeira fez uma íntima relação entre escola e sociedade, o que traz como consequência a concepção de uma escola ativa, baseada na ciência, na democracia e no trabalho. Se a sociedade passava por mudanças era preciso que a escola preparasse o novo homem, o homem moderno, para integrar-se à nova sociedade que deveria ser essencialmente democrática. É o fazer, através do método experimental, que deve definir a escola ativa e democrática.
B) Paulo Freire  parte da análise da realidade vivida pelo povo brasileiro, apostando em um processo educativo que reconheça os direitos das massas populares a uma educação popular; e reconhecendo a urgência da democratização da cultura nacional
	
	�
	 ��3a Questão (Ref.: 201607683583)
	Pontos: 1,0  / 1,0
	A partir do século VI a. C, aparecem na Grécia alguns sábios que propõem uma forma de pensar e de explicar o mundo valendo-se de argumentos racionais. É nesse período que surge:
	
	
	A democratização do poder público.
	
	As ideias de perpetuação do pensamento mítico-religioso.
	
	Nenhuma das alternativas anteriores.
	
	A participação feminina nas discussões políticas.
	 
	O pensamento filosófico científico.
	
	�
	 ��4a Questão (Ref.: 201607648254)
	Pontos: 1,0  / 1,0
	O principal e mais conhecido fragmento de Protágoras é o início de sua obra sobre a verdade, quando afirma: ¿O homem é a medida de todas as coisas, das que são como são e das que não são como não são¿. Tal fragmento sintetiza duas ideias centrais associadas aos Sofistas. São elas:
	
	
	Inatismo e empirismo
	
	Humanismo e empirismo
	 
	Humanismo e relativismo
	
	Inatismo e relativismo
	
	Relativismo e empirismo
	
	�
	 ��5a Questão (Ref.: 201607753807)
	Pontos: 0,0  / 1,0
	Qual foi a cultura que permitiu a aproximação entre a cultura judaica e a filosofia grega, que tornou possível, mais tarde, o surgimento de uma filosofia cristã?
	
	 
	A cultura helênica ;
	 
	A cultura romana;
	
	A cultura persa.
	
	A cultura islâmica;
	
	A cultura egipcia ;
	
	�
	 ��6a Questão (Ref.: 201607655681)
	Pontos: 1,0  / 1,0
	As primeiras universidades católicas surgiram entre os séculos XI e XII, e estavam controladas pela igreja católica. Seus principais cursos ministrados eram:
	
	 
	Teologia, Direito e Medicina;
	
	Teologia, Direito, Agronomia ; (D)
	
	Teologia, Direito e Biologia;
	
	Medicina, Sociologia e Teologia;
	
	Teologia, Arquitetura e Medicina;
	
	�
	 ��7a Questão (Ref.: 201607310312)
	Pontos: 0,5  / 0,5
	As graves críticas contra a igreja católica no século XVI e as insatisfações acumulara-se de tal maneira que surgiu um movimento conhecido como:
	
	
	Iluminismo
	
	Realismo
	
	Egocentrismo
	
	Humanismo
	 
	Reforma protestante
	
	�
	 ��8a Questão (Ref.: 201607222145)
	Pontos: 0,0  / 0,5
	O conflito entre os dois modelos de Ciência, o Antigo e o Moderno, havia suscitado já no século XVI sérias questões acerca da própria ideia de ciência. Alguns pensadores céticos levantavam dúvidas sobre a possibilidade da ciência em geral, de qualquer teoria científica, isto é, sobre a possibilidade de o homem conhecer de forma certa e definitiva o real. Afinal, se durante vinte séculos teorias falsas foram adotadas como verdadeiras, o que nos impede de estarmos também hoje, argumentavam os céticos, adotando teorias falsas? O que garante que as futuras gerações não descobrirão serem as teorias da ciência também errôneas? Como podemos ter certeza de estarmos livres do erro? Talvez a certeza não seja possível acerca de nada. Esses questionamentos mergulharam o homem da época em um mar de incerteza. (MARCONDES, Danilo. Introdução à História da Filosofia: dos pré-socráticos à Wittgenstein¿. 2003: 168).
Diante deste contexto, René Descartes assume:
	
	 
	5. A missão de fundamentar ou legitimar a ciência, demonstrando de forma conclusiva que o homem pode conhecer o real de modo verdadeiro e definitivo.
	 
	4. Devemos conciliar a tradição com o pensamento mais elevado a fim de podermos ter clareza das experiências sensíveis que nos permite conhecer.
	
	2. A tarefa de desenvolver um pensamento especulativo que refutasse as posições céticas e retomasse os princípios da filosofia medieval.
	
	3. A defesa de que um conhecimento científico válido deve ser baseado em princípios metafísicos.
	
	1. Uma defesa do ceticismo colocando em dúvida a possibilidade do conhecimento científico como sendo um conhecimento universal.
	
	�
	 ��9a Questão (Ref.: 201607222109)
	Pontos: 0,5  / 0,5
	A preocupação fundamental de Bacon é com a formulação de um método que evite o erro e coloque o homem no caminho do conhecimento correto. Este é um dos sentidos primordiais do pensamento crítico, que marcará fortemente a filosofia moderna, vendo a tarefa da filosofia como a libertação do homem de preconceitos, ilusões e superstições. É neste contexto que encontramos sua teoria dos ídolos.
Segundo Bacon, os ídolos são:
	
	
	1. Princípios que permitem refutar os elementos advindos de uma experiência sensível.
	
	5. Princípios que permitem o desenvolvimento da autonomia intelectual e de uma prática transformadora.
	 
	4. Ilusões ou distorções que bloqueiam a mente humana.
	
	3. Princípios que permitem verificar a validade de um princípio racional.
	
	2. Ilusões ou distorções que permitem o desenvolvimento do pensamento humano.
	
	�
	 ��10a Questão (Ref.: 201607648282)
	Pontos: 0,5  / 0,5
	Analisando a Educação Brasileira, entre seus maiores expoentes, temos Paulo Freire. Sua contribuição é reconhecida no mundo todo e, resumidamente, pode ser referida como:
	
	 
	a pedagogia tem de provocar o processo de emancipação do sujeito
	
	a escola tem que se adequar às condições dos pobres, sempre.
	
	a família é a base da renovação da formação educacional da criança.
	
	a cultura popular fica mais rica à medida que faz parte do currículo.
	
	Somente o Estado pode estar atento a todas as práticas didáticas modernas.