Resumo Aulas 1 a 10 - Planejamento de carreira e sucesso profissional
37 pág.

Resumo Aulas 1 a 10 - Planejamento de carreira e sucesso profissional


DisciplinaPlanejamento de Carreira16.635 materiais119.229 seguidores
Pré-visualização12 páginas
AULA 1 \u2013 VOCÊ ESTÁ PREPARADO PARA O ENSINO SUPERIOR?
Ao final do Ensino Fundamental, o percetual de alunos com conhecimento considerado adequando é de apenas 17% no caso de Matemática e de 27% em Língua Portuguesa
83% dos jovens avaliados ao final do ensino fundamental
39 é a colocação do Brasil no ranking que avalia o nível da educação em 40 países, de acordo com pesquisa realizada.
Colocação muito ruim no ranking mundial, porém não é fator imdeditivo para seguir em frente.
O índice de desenvolvimento da educação básica (IDEB), é calculado com base na taxa de rendimento escolar (aprovação e evasão) e no desempenho dos alunos no SAEB e na prova Brasil.
Foco, compromisso e abrir mão de muitas coisas. 
Apresentação do SIA
Aluno do curso superior tem que ter uma atitude ativa em relação ao estudo.
O maior investimento em nossas vidas, somos nós mesmos.
Em países em desenvolvimento, diploma de curso superior tem forte peso no campo profissional, pois há uma carência muito grande.
Em países desenvolvidos não acontece isso.
AULA 2 \u2013 CONHEÇA SEU CURSO E SUA INSTITUIÇÃO DE ENSINO
As Instituições de Ensino Superior podem ser Universidades, Centros Universitários e Faculdades. Nelas funcionam os cursos de graduação, que se dividem em bacharelados, licenciaturas e tecnólogos. 
Ainda fazem parte do Ensino Superior os cursos de pós-graduação, que se subdividem em stricto sensu (mestrados e doutorados) e lato sensu (cursos de especialização e MBAs).
INSTITUIÇÕES DE ENSINO
Uma UNIVERSIDADE é uma instituição baseada em 3 pilares indissociáveis: ensino, pesquisa e extensão. O status de Universidade permite gozar de autonomia para executar suas finalidades, como criar novos cursos, por exemplo. As universidades devem possuir ao menos 4 programas de pós-graduação stricto sensu, sendo um deles doutorado.
Os CENTROS UNIVERSITÁRIOS, assim como as universidades, possuem cursos de graduação em diferentes áreas do conhecimento e autonomia para criar cursos na sede da instituição. Geralmente são menores que uma Universidade e não possuem exigência de ter programas stricto sensu, por exemplo. 
As FACULDADES atuam normalmente em áreas específicas do saber, especializando-se em cursos de gestão, por exemplo, ou de saúde, educação etc. Uma Faculdade não possui autonomia para criar programas de ensino.
CURSOS DE GRADUAÇÃO
BACHARELADO E LICENCIATURA são cursos superiores que confere ao formado competências em determinado campo do saber para o exercício de uma determinada atividade, seja acadêmica, seja profissional. Ambos possuem uma base comum, mas no decorrer do curso vocaciona-se o futuro BACHAREL para disciplinas voltadas à atuação profissional; enquanto o LICENCIADO é preparado para atuar como professor na Educação Básica. 
O curso TECNOLÓGICO, por sua vez, possui carga-horária menor que o Bacharelado e a Licenciatura, e apresenta como característica geral a preparação específica para atuar no mercado de trabalho em uma determinada área, como Logística, por exemplo.
CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO NO BRASIL
Os cursos LATO SENSU também são chamados especialização, possuem caráter de aperfeiçoamento ou de atualização em uma determinada área de conhecimento, tanto com vistas a aprofundar o conhecimento ou qualificar seu ingresso para uma determinada função. Têm carga horária mínima de 360 horas e se encontram nesta categoria também os cursos designados como MBA.
Os cursos STRICTO SENSU são cursos voltados à formação científica e acadêmica e também ligados à pesquisa. Existem nos níveis: mestrado e doutorado.
O MESTRADO dura entre dois a dois anos e meio, durante os quais ao aluno desenvolve uma pesquisa e cursa as disciplinas relativas ao tema pesquisado. 
O DOUTORADO tem duração média de quatro anos, para o cumprimento das disciplinas, realização da pesquisa e para a elaboração de uma tese.
As diretrizes do Ministério da Educação determinam os componentes curriculares obrigatórios e o tempo mínimo e máximo para integralização de cada curso de graduação.
 Além das disciplinas, alguns cursos têm definidas a obrigatoriedade de carga horária mínima de atividades acadêmicas complementares, de estágio curricular e trabalho de conclusão de curso, dentre outros.
AULAS PRESENCIAIS - São aulas que contam com a presença física do professor e dos estudantes em determinados ambientes: sala de aula, laboratório, auditório etc. Na maioria dos cursos estácio, toda disciplina presencial, ainda possui um ambiente virtual de apoio, com materiais didáticos, documentos da disciplina, atividades, textos etc.
AULAS ONLINE - Neste ambiente, o professor atua como mediador da aprendizagem, incentivando a construção e a troca de conhecimentos e experiências entre você e outros estudantes, com o importante papel de incentivar os estudos. Há discussões realizadas nos fóruns, há ferramentas de interação, biblioteva virtual, conteúdo interativo, videoaulas, links, etc.
AULA TEÓRICA utiliza métodos de ensino baseados na exposição feita pelo professor.
AULA PRÁTICA utiliza métodos de ensino baseados na aplicação do conhecimento, com simulações, experiências, atividades individuais ou coletivas realizadas pelo estudante.
BIBLIOTECA - É um espaço de apoio do aluno. Além de suas funções principais, oferece, de forma sistemática, oficinas que habilitarm o estudante a pesquisar na internet e cursos sobre as normas técnicas a serem seguidas na formulação de trabalhos escritos.
BIBLIOTECA VIRTUAL - Parceria da Estácio com as principais editoras do mercado, que ali disponibilizam suas obras para leitura e consulta dos alunos.
ATIVIDADES EXTRUTURADAS - São atividades contextualizadas no âmbito da disciplina e compõem a sua carga horária. Privilegiam a articulação teorica e prática, a reflexão crítica, o interesse pela pesquisa e o processo de autoaprendizagem.
O desenvolvimento, bem como os resultados das atividades estruturadas, devem integrar as discussões em sala de aula ou nos fóruns virtuais.
ATIVIDADES DE APRENDIZAGEM - As atividades de aprendizagem são tarefas determinadas pelo professor que complementam ou aplicam o conhecimento visto na disciplina. Elas podem se individuais ou coletivas
Individuais, você irá trabalhar de forma autônoma, independente, sob orientação e critérios estabelecidos pelo preofessor. Como exemplo as resenhas, leituras, estudo dirigido, relatório etc.
Coletivas, todos os partidipantes irão construir o conhecimento de forma coletiva, colaborativa, também sob orientação do professor. Exemplo as apresentações de grupo, os seminários, exposições etc.
PESQUISA E EXTENSÃO - A iniciação científica e a pesquisa incentivam a investigação, com vistas ao desenvolvimento da ciência e da tecnologia e à criação e difusão de cultura. As atividades de pesquisa desenvolvem o entendimento do ser humano e da sociedade. Como estudante, você será estimulado a conhecer os métodos científicos e a aprendizagem de técnicas de pesquisa, bem como o desenvolvimento da mentalidade crítica e investigativa.
As atividades de extensão, por sua vez, constituem primordialmente em propiciar à comunidade o estabeleciento de uma relação de reciprocidade com a instituição de ensino, integrando estudantes, professores e comunidade em projetos consistentes e de relevância social. Um dos compromissos da Estácio é a devolução do conhecimento à sociedade por meio de atividades voltadas às comunidades no entorno das unidades, reforçando através da prática o aprendizado da sala de aula e valorizando a realização de ações de cunho social.
Não, o Modelo de Ensino Superior Estácio não é apenas um acúmulo de conteúdo teórico, há outras atividades acadêmicas que se inserem no Projeto Pedagógico do Curso e que também são determinadas nas diretrizes curriculares do MEC.
Variando de curso para curso, algumas demandas acadêmicas podem ser comuns, tais como atividades complementares, trabalho de conclusão de curso e estágio.