Didelphimorphia ( Características)

Didelphimorphia ( Características)


DisciplinaZoologia dos Vertebrados I60 materiais232 seguidores
Pré-visualização1 página
Didelphimorphia
UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA 
\u201cJÚLIO DE MESQUITA FILHO\u201d
DEPARTAMENTO DE ZOOLOGIA
1
Característica Morfológica:
40-50 cm Comprimento
45 cm de cauda
Cabeça alongada
Dentição: 
PROLIPRODONTE
mais de 2 incisivos na mandíbula
Característica Morfológica:
Característica Morfológica:
São animais de movimentos lentos e de pouca agilidade, exceto para subir em árvores, utilizando a cauda preênsil.
Garra com 5 dedos
MARCANTE
Ordem Didelphimorphia
- Familía Didelphidae ( ÚNICA PERTENCENTE);
19 genêros / 95 espécies reconhecidas;
 4 genêros não ocorrem na América do Sul
- BRASIL --> 55 espécies Familía Didelphidae
4 Subfamilías:
Glironiinae, 
Caluromyniae, 
Hyladelphinae 
Didelphinae,
14 ESPÉCIES
DIVERSIDADE
Distribuição Geográfica
Família: Didelphidae 
Género: Didelphis 
Possuem vários nomes, dependendo da região do Brasil: micurê (Mato Grosso); mucura (Amazônia); saruê (Bahia) e timbú (Ceará e Pernambuco).
Onívoros: Ovos, frutos, vermes, insetos, lagartos, anfíbios e até mesmo filhotes de pássaros.
Hábitos gerais: Alimentação
 Solitários e noturnos
Hábitos gerais: Comportamento
Em época de reprodução formam casais e constroem ninhos em buracos de arvores
 Mais arbóreo
Hábitos gerais: Reprodução
Glândulas axilares que produzem odor usado como defesa na fase reprodutiva.
Intervalo reprodutivo: 2 estações reprodutivas por ano
Filhotes/parto: 4 a 23
Período de gestação: 12 a 14 dias.
Hábitos gerais: Reprodução
Desmame: 3 a 4 meses.
Puberdade: 9 a 12 meses
Philander opossum (Linnaeus,1758)
Florestas tropicais (México e Argentina)
Ancestrais na América do Sul
-  Constroem ninhos ou nos ramos das árvores de 8 a 10 metros do solo ou no chão em árvores caídas ou ocas e ocasionalmente em tocas deixadas por outros animais.
Nome: Cuíca-verdadeira \u2013 Marsupial
Mede: 30 cm;
Cauda longa com pelos somente na base
Dorso cinza-escuro
Noctívagos
Alimentação
Defesa
Didelphis virginiana
América do Norte
Noturno e Solitário
Ancestrais na América do Sul
- É frequentemente visto nas localidades onde faz saques aos caixotes de lixo ou nas ruas como vítima de atropelamento por veículos motorizados.
Nome científico: Didelphis virginiana
Expectativa de Vida: 4 anos (em cativeiro)
Classificação: Espécie
Classificação superior: Gambá
Comprimento da Cauda: 22 \u2013 47 cm (Adulto)
Peso: 
Macho: 0,8 \u2013 6,4 kg (Adulto), 
Feminino: 0,3 \u2013 3,7 kg (Adulto)
Obrigado!!!