A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
7 pág.
Histologia e Embriologia- Avaliando 1 a 4

Pré-visualização | Página 1 de 3

Avaliando 1
	1a Questão (Ref.: 201603671554)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	Para que ocorra a fecundação, é preciso que aconteça a interação entre o gameta masculino e o gameta feminino. O local da fecundação é normalmente:
		
	 
	a ampola da tuba uterina.
	
	a ampola do útero.
	
	as fímbrias da tuba uterina.
	
	o ovário.
	
	o útero.
		
	
	
	 2a Questão (Ref.: 201603124557)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	Um casal deseja gerar um filho e, após um ano de tentativas de engravidar sem sucesso, foi diagnosticada a ausência de tubas uterinas e a baixa contagem de espermatozóides no sêmen liberado na ejaculação. Leia as alternativas a seguir e assinale a alternativa que contém a(s) alternativa(s) correta(s): I- a ausência de tubas uterinas não impede a fertilização natural. II- a baixa contagem de espermatozóides não interfere na fertilidade, pois apenas um espermatozóide conseguirá fertilizar o ovócito liberado na ovulação. III- A ausência das tubas uterinas impedirá a fertilização naturla, pois os ovócitos liberados na ovulação não serão captados e não haverá o local usual da fertilização - a ampola da tuba uterina. Qual(is) afirmação(ões) dentre as apresentadas é(são) verdadeira(s) em relação ao caso apresentado? .
		
	
	Todas as afirmações são corretas.
	
	Somente a I
	
	Somente a I e a III
	
	Somene a II e a III
	 
	Somente a III
		
	
	
	 3a Questão (Ref.: 201603648906)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	O desenvolvimento humano pode ser dividido em dois períodos: pré-natal e pós-natal. Após o nascimento, o desenvolvimento humano não cessa e, além do crescimento, mudanças importantes ocorrem, por exemplo: o desenvolvimento das mamas nas mulheres, o crescimento dos dentes, o desenvolvimento do cérebro etc. Na verdade, acredita-se que o desenvolvimento humano se prolongue até os 25 anos, idade na qual a maior parte do desenvolvimento já terminou. O período pré-natal pode ser dividido em duas fases: o desenvolvimento embrionário e o desenvolvimento fetal. A fase embrionária vai desde a fecundação, com a formação do zigoto, até a oitava semana do desenvolvimento, e a fase fetal se estende da nona semana do desenvolvimento até o nascimento. Abaixo, apenas uma alternativa não condiz com a fecundação e desenvolvimento embrionário:
		
	
	O estudo do desenvolvimento embrionário, especialmente o humano, é um dos aspectos mais importantes para o estudo da evolução e desenvolvimento dos órgãos, bem como para as prováveis causas das más formações congênitas.
	
	A clivagem ocorre enquanto o zigoto passa ao longo da tuba uterina em direção ao útero. Durante a clivagem, o zigoto fica dentro de uma zona pelúcida, espessa, gelatinosa, que se apresenta translúcida ao microscópio. A divisão do zigoto em blastômeros começa cerca de 30 horas após a fertilização. A partir desta divisão, inicia-se a vida do embrião.
	 
	Ao final da segunda semana o embrião encontra-se completamente fixado no endométrio. Caso ainda não tenha nidado, utilizará suas reservas nutritivas até a tuba uterina forme a placenta e este possa desenvolver-se normalmente.
	
	Logo depois de fixar-se ao epitélio do endométrio, o trofoblasto começa a proliferar rapidamente e a diferenciar-se gradualmente em duas camadas: uma camada interna de citotrofoblasto e uma massa externa de sinciciotrofoblasto que consiste em uma massa protoplasmática, multinucleada, na qual não se observam limites celulares.
	
	Na fase em que o concepto é denominado blastocisto, sua massa celular interna ou embrioblasto agora faz saliência na cavidade blastocística (blastocele), e o trofoblasto forma a parede do blastocisto.
		
	
	
	 4a Questão (Ref.: 201603583095)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	A produção dos espermatozóides é constante. Eles são produzidos e armazenados até o momento da ejaculação. Junto a eles são liberados líquidos nutritivos produzidos pelas glândulas do sistema genital masculino que garantem sobrevivencia e motilidade aos espermatozóides. Dentre os nutrientes encontramos açucares e vitamina C. Assinale a alternativa que contenha as glândulas produtoras do semen:
		
	
	glândulas seminais, túbulos seminíferos e próstata.
	
	glândulas bulbouretrais, próstata e testículo.
	 
	glândulas seminais, próstata e glândulas bulbouretrais.
	
	glândulas seminais, testículo e glândulas bulbouretrais.
	
	glândulas bulbouretrais, testículo e bexiga.
		
	
	
	 5a Questão (Ref.: 201603549307)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	No sexo masculino, os espermatozoides são produzidos:
		
	
	Nos epidídimos.
	 
	Nos tubos seminíferos.
	
	Nos canais deferentes.
	
	Na próstata.
	
	Nas glândulas bulbouretrais.
		
Avaliando 2
	1a Questão (Ref.: 201603648906)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	O desenvolvimento humano pode ser dividido em dois períodos: pré-natal e pós-natal. Após o nascimento, o desenvolvimento humano não cessa e, além do crescimento, mudanças importantes ocorrem, por exemplo: o desenvolvimento das mamas nas mulheres, o crescimento dos dentes, o desenvolvimento do cérebro etc. Na verdade, acredita-se que o desenvolvimento humano se prolongue até os 25 anos, idade na qual a maior parte do desenvolvimento já terminou. O período pré-natal pode ser dividido em duas fases: o desenvolvimento embrionário e o desenvolvimento fetal. A fase embrionária vai desde a fecundação, com a formação do zigoto, até a oitava semana do desenvolvimento, e a fase fetal se estende da nona semana do desenvolvimento até o nascimento. Abaixo, apenas uma alternativa não condiz com a fecundação e desenvolvimento embrionário:
		
	
	Na fase em que o concepto é denominado blastocisto, sua massa celular interna ou embrioblasto agora faz saliência na cavidade blastocística (blastocele), e o trofoblasto forma a parede do blastocisto.
	
	A clivagem ocorre enquanto o zigoto passa ao longo da tuba uterina em direção ao útero. Durante a clivagem, o zigoto fica dentro de uma zona pelúcida, espessa, gelatinosa, que se apresenta translúcida ao microscópio. A divisão do zigoto em blastômeros começa cerca de 30 horas após a fertilização. A partir desta divisão, inicia-se a vida do embrião.
	
	Logo depois de fixar-se ao epitélio do endométrio, o trofoblasto começa a proliferar rapidamente e a diferenciar-se gradualmente em duas camadas: uma camada interna de citotrofoblasto e uma massa externa de sinciciotrofoblasto que consiste em uma massa protoplasmática, multinucleada, na qual não se observam limites celulares.
	 
	Ao final da segunda semana o embrião encontra-se completamente fixado no endométrio. Caso ainda não tenha nidado, utilizará suas reservas nutritivas até a tuba uterina forme a placenta e este possa desenvolver-se normalmente.
	
	O estudo do desenvolvimento embrionário, especialmente o humano, é um dos aspectos mais importantes para o estudo da evolução e desenvolvimento dos órgãos, bem como para as prováveis causas das más formações congênitas.
		
	
	
	 2a Questão (Ref.: 201603076637)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	As glândulas acessórias do aparelho reprodutor masculino produzem secreções que nutrem e ativam os espermatozóides. Tais secreções adicionadas aos espermatozóides compõem o sêmen. Qual é o nome da maior e única glândula acessória localizada logo abaixo da bexiga urinária masculina?
		
	
	Glândula bulbouretral.
	 
	Próstata
	
	Glândula de Bartholin
	
	Vesícula seminal
	
	Glândula de Leydig
		
	
	
	 3a Questão (Ref.: 201603580857)
	Pontos: 0,1  / 0,1
	Pode-se afirmar que o aparelho reprodutor masculino tem sua maturação completada com a puberdade e que a partir daí, o homem poderá produzir uma quantidade de células férteis que permitirão à fertilização. Sobre os órgãos deste aparelho pode se afirmar que:
		
	
	A vesícula seminal