A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
avaliando de neuro 5

Pré-visualização | Página 1 de 1

Na presença do Sinal de Babinski, a resposta ao estímulo feito na região plantar do pé é:
a flexão do hálux com abdução dos outros quatro artelhos
a flexão do hálux com adução dos outros quatro artelhos
a extensão do hálux com a abdução dos outros quatro artelhos
a flexão de todos os artelhos
extensão do hálux com a adução dos outros quatro dedos
Resposta patológica ao reflexo cutâneo plantar,denomina-se:
Teste de Baruck
Sinal de Babinski
Sinal de Westphal
Sinal de Volkmann
Sinal de Romberg
São características da hipertonia piramidal (espasticidade), exceto:
caracteriza-se por ser global e plástica, além de apresentar exagero no tono de repouso e postura
é eletiva, preponderando em certos grupos musculares (os flexores nos membros superiores e os extensores nos membros inferiores)
acompanha-se, na maioria das vezes de hiperreflexia
presente em pacientes com lesão nas vias cortico-espinhais
é elástica, encontrando-se grande resistência muscular à movimentação passiva no inicio do movimento que, depois de algum esforço cede rápida e totalmente
O distúrbio de comunicação caracterizado por discurso que flui normalmente, com construções gramaticais variadas e preservação da melodia da fala, porém com compreensão auditiva comprometida é denominado de:
Afasia global
Disartria
Afasia de Wernicke.
Dislalia
Afasia de Broca.
Dadas as assertivas sobre o Acidente Vascular Cerebral no estágio agudo,
O fisioterapeuta concentra-se nos problemas básicos, como a função respiratória, capacidade de tossir e problemas musculoesqueléticos
O paciente pode estar inconsciente e, portanto, requer assistência para manter a função respiratória, promovendo a remoção de secreções broncopulmonares e vias aéreas superiores.
Promover tarefas relacionadas com os movimentos funcionais que o paciente conseguia realizar antes do Acidente Vascular Encefálico, enfatizando a marcha
. Nesta fase, pode ser necessário instituir cuidados rotineiros com a pele, tecidos moles e articulações em conjunto com diretrizes sobre posicionamento,verifica-se que
III e IV estão incorretas
I, II e IV estão corretas
I, II, III e IV estão incorretas
I, II, III e IV estão corretas
II e III estão corretas
Com relação às escalas abaixo, assinale a opção que só contém escalas de avaliação funcional:
Índice de Barthel e escala de Ashworth
Escala de Ashworth e escala de Glasgow
FIM e Escala de Glasgow
Escala de Glasgow e Índice de Barthel
Índice de Barthel e FIM
 A subluxação do ombro é uma condição comum em pacientes hemiplégicos. Ruth, 68 anos, após AVE, apresenta grau 0 de força em deltoide, o que dificulta função em todo membro superior à direita, principalmente o de levar objetos à boca. Pode-se afirmar que são condições para o surgimento de subluxação do ombro:
Verticalização da cavidade glenóide da escápula
Fraqueza muscular em deltóide
Fraqueza muscular supra-espinhal
Perda do ritmo escápulo-umeral
Todos os efeitos acima combinados
A espasticidade é um fenômeno neuromuscular em modificação que responde a estímulos externos e internos; Com esta afirmação podemos dizer que:
Perda de inibição recíproca, que é uma forte base por trás do movimento coordenado;
Sinal patológico do sistema extrapiramidal podendo ser inibido através de medicamentos.
Feedback sensorial normal que pode comprometer o reaprendizado de habilidades motoras;
Uma diminuição no movimento involuntário articular isolado que é substituído pelo surgimento de padrões de movimento em massa dos músculos (isto é sinergias) que estão vinculados neurofisiologicamente;
Há um aumento da amplitude articular que pode por fim levar a um estado de contratura muscular/ articular;
Adriana, 37 anos, dentista, é encaminhada para o fisioterapeuta com diagnóstico de hérnia discal C5-C6. Paciente relata dores cervicais com irradiação para MSE, com presença de parestesia em toda a mão esquerda e diminuição da força muscular em todo o MSE. Quanto à avaliação de Adriana, podemos afirmar
Na inspeção, Adriana deve ser examinada na postura relaxada habitual; sendo observada nas vistas anterior, posterior e lateral: postura da cabeça e pescoço, nível dos ombros, espasmo muscular ou qualquer assimetria, expressão facial, contornos ósseos e evidência de isquêmia nos MMSS.
Não há necessidade de exames de exploração das articulações periféricas, como: articulação temporomandibulares, cintura escapular, cotovelos, punho e mão.
Os testes de compressão e tração cervical deverão ser pesquisados, afim de verificar a gravidade do caso.
Estão corretas as afirmativas:
 
I, II e III
somente a II e III.
somente a II.
somente a I.
somente a I e III.
 Uma resistência aumentada no movimento passivo
Uma dificuldade de iniciar o movimento
Uma resistência diminuída ao movimento
Uma resistência aumentada no movimento passivo
Surtos involuntários de grupos musculares antagonistas
Surtos involuntários de grupos musculares agonistas