Avaliando Aprendizado 1 ao 10_História dos Povos Indígenas e Afro-Descendentes 2015.2
19 pág.

Avaliando Aprendizado 1 ao 10_História dos Povos Indígenas e Afro-Descendentes 2015.2


DisciplinaHistória dos Povos Indígenas e Afro-descendentes2.087 materiais9.692 seguidores
Pré-visualização6 páginas
HISTÓRIA DOS POVOS INDÍGENAS E AFRO-DESCENDENTES
	Atualizar Página 
	
	 1a Questão (Ref.: 201403113779)
	
	
	Os indígenas brasileiros foram vítimas do processo colonizador europeu, tendo sua cultura desprezada. A partir do século XVI há um decréscimo da população nativa, que se agravou com o passar dos anos. Os principais fatores que contribuíram para esta queda no número total da população indígena foram:
	
	
	Os grupos caracterizados como indolentes não foram aproveitados para o trabalho na lavoura.
	
	A exploração do trabalho indígena na extração da borracha e as missões jesuítas.
	
	As doenças trazidas pelo colonizador europeu e a escravização dos índios.
	
	As permanentes guerras entre as tribos indígenas, e estas com os brancos.
	
	A venda dos nativos para o trabalho escravo nas minas espanholas.
	\ufffd
	 2a Questão (Ref.: 201403700853)
	
	
	Um dos problemas que a população brasileira enfrentou no período colonial foi a constante escassez de alimentos. Isto ocorria, entre outros fatores, por que: 
	
	
	Em meados do século XVIII, o desenvolvimento da indústria têxtil na Inglaterra estimulou a produção pernambucana de algodão destinado à exportação, o que resultou na redução da área de plantio de produtos alimentares. 
	
	Devido à carência de mão de obra, os escravos eram utilizados na exploração mineradora, na madeireira e na pecuária, o que impediu o desenvolvimento da produção de alimentos e a formação de um mercado interno nacional. 
	
	Quando a exportação de açúcar se encontrava em uma fase ascendente, os esforços se canalizavam ao máximo para a sua produção, diminuindo o cultivo de outros produtos alimentícios. 
	
	A transferência da corte portuguesa para o Rio de Janeiro representou um aumento no consumo de produtos alimentícios, causando um colapso na economia de subsistência do Reino Unido de Brasil e Portugal. 
	
	A partir de meados do século XIX, o aumento dos preços do café no mercado internacional provocou uma expansão do cultivo desse grão no Brasil, levando a uma queda na produção de itens de subsistência. 
	\ufffd
	 3a Questão (Ref.: 201403155050)
	
	
	A colaboração dos indígenas com os europeus baseada na troca de produtos por serviços ficou conhecida sob o nome de: 
	
	
	assimilação
	
	escambo 
	
	servidão 
	
	permuta 
	
	conluio 
	\ufffd
	 4a Questão (Ref.: 201403155045)
	
	
	Os índígenas colaboraram com os portugueses no início da colonização, trocando sua mão-de obra por artigos de pouco valor para os europeus. A explicação mais correta para essa atitude dos indígenas é: 
	
	
	eles eram muito ingênuos e achavam que se colaborassem, não seriam eliminados pelos portugueses.
	
	eles tinham uma concepção de valor diferente; o que não tinha valor para os europeus, para eles, era útil. 
	
	eles usaram essa tática de aproximação para, a seguir, atacar os colonos europeus. 
	
	eles eram naturalmente amistosos e desejavam se integrar com os recém chegados ao continente. 
	
	eles tinham curiosidade acerca daqueles produtos desconhecidos em sua cultura. 
	\ufffd
	 5a Questão (Ref.: 201403189716)
	
	
	Apesar da lei de 1570 proibir a escravização indígena, fora das principais colônias de produção de açúcar, em que o governo controlava mais, nas demais províncias a escravização:
	
	
	Acabou, pois os proprietários obedeceram a lei
	
	Se manteve em altos índices na região das Minas Gerais por conta da exploração de ouro e Prata.
	
	Se manteve em altos índices, como vemos, por exemplo, em São Paulo e Maranhão
	
	Foi reduzida, uma vez que o governo lentamente foi aumentando a fiscalização
	
	Foi reduzida pois o discurso cristão proibia de escravizar os indígenas, sendo todos os antigos cativos enviados para as missões para serem salvos.
	\ufffd
	 6a Questão (Ref.: 201403189704)
	
	
	O primeiro grupo que os portugueses tiveram contato, que ficou conhecido como tupi-guarani graças às semelhanças linguísticas observadas, abarcava uma série de sociedades que vivia na extensa região litorânea desde São Vicente (no sul) até o Maranhão. São grupos deste troco linguístico os grupos apresentados abaixo, EXCETO:
	
	
	Tupinambás
	
	Nagôs
	
	Tupinaê
	
	Guarani
	
	Tupiniquins
	 HISTÓRIA DOS POVOS INDÍGENAS E AFRO-DESCENDENTES
	Atualizar Página 
	
	\ufffd
	 1a Questão (Ref.: 201403247007)
	
	
	Sobre a escravidão indígena sabemos que:
	
	
	impediu a implantação e o desenvolvimento da lavoura açucareira na colônia, mecanismo essencial para financiar o projeto colonizador e mercantilista da metrópole; 
	
	impediu a implantação e o desenvolvimento da miscigenação na colônia, mecanismo essencial para financiar o projeto colonizador e mercantilista da metrópole. 
	
	tornou possível a implantação e o desenvolvimento da lavoura cafeeira na colônia, mecanismo essencial para financiar o projeto colonizador e mercantilista da metrópole; 
	
	tornou possível a implantação e o desenvolvimento da miscigenação na colônia, mecanismo essencial para financiar o projeto colonizador e mercantilista da metrópole. 
	
	tornou possível a implantação e o desenvolvimento da lavoura açucareira na colônia, mecanismo essencial para financiar o projeto colonizador e mercantilista da metrópole; 
	\ufffd
	 2a Questão (Ref.: 201403247020)
	
	
	Sobre a escravidão indígena é CORRETO afirmar que:
	
	
	o início do processo de colonização na América portuguesa foi marcado pela utilização dos índios denominados "negros da terra" como mão-de-obra;
	
	o apresamento dos Guarani não pode ser considreado fator de ocupação do planalto paulista e da região Sul da América portuguesa.
	
	os índios só forma escravizados na América espanhola;
	
	dada à tradição de liberdade, a população indígena na América protuguesa nunca pode ser submetida à escravidão, optando-se, então, pela compra de negros da África;
	
	a partir do século XVI, com a introdução da mão-de-obra escrava africana, a escravidão indígena acabou por completo em todas as regiões da América portuguesa;
	\ufffd
	 3a Questão (Ref.: 201403247048)
	
	
	A ocupação do interior da colônia brasileira aconteceu irregularmente, conforme o desenvolvimento das atividades econômicas. Marque a opção certa a respeito das principais atividades empreendidas pelas BANDEIRAS:
	
	
	garantir a instalação de núcleos coloniais familiares e o estabelecimento de acordos de paz com os indígenas; 
	
	a busca de uma rota comercial para o Pacífico e garantir a liberdade dos indígenas, conforme a orientação dos jesuítas; 
	
	a procura de metais preciosos e a escravização dos indígenas; 
	
	a agricultura monocultora do café e o comércio com os espanhóis no Sul; 
	
	a criação dos aldeamentos, a escravidão e o teatro. 
	\ufffd
	 4a Questão (Ref.: 201403291433)
	
	
	Explique por que a Coroa portuguesa só foi se preocupar, de fato, com suas terras americanas a partir de 1530.
	
	
	Porque o rei português nomeou Tomé de Souza governador geral e este embarcou para o Brasil em 1530;
	
	Porque a partir de 1530, a concorrência do comércio do Índico trouxe inúmeros prejuízos aos portugueses, que também começavam a ter suas terras americanas invadidas por outras nações europeias;
	
	Porque era necessário acabar com a resistência dos índios que haviam se unido na Confederação dos Tamoios.
	
	Porque com o início da União Ibérica a Espanha exigiu a ocupação do território brasileiro e a definição das fronteiras com as colônias espanholas;
	
	Porque em 1529 os portugueses acharam ouro na região do atual estado Minas Gerais;
	\ufffd
	 5a Questão (Ref.: 201403247055)
	
	
	O bandeirismo foi uma atividade paulista do século XVI e XVII. Suas expedições podem ser divididas