A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
53 pág.
Aula 05- Operacoes_com_Mercadorias

Pré-visualização | Página 1 de 1

O Balancete de Verificação da Cia. Pernambuco, no dia 30-11-X1, era formado pelas seguintes contas: 
Caixa $ 65.000; Equipamentos $ 210.000; Contas a Receber $ 105.000; Veículos $ 60.000; Móveis e 
Utensílios $ 42.000; Fornecedores $ 12.000; Contas a Pagar $ 50.000; Títulos a Pagar $ 30.000; 
Capital $ 260.000; Despesas de Energia Elétrica $ 98.000; Despesas de Pessoal $ 132.000; Dividendos 
a Pagar $ 50.000; Receitas de Serviços $ 310.000. Durante dezembro/X1, ocorreram as seguintes 
operações: 
Correção dos Exercícios 
A Cia. Forense apresentava em seu Balancete de Verificação os saldos das seguintes contas em 
30-11-X1: Caixa $ 20.000; Imóveis $ 20.000; Desp. Seguros Pagas Antecipadamente $ 60.000; 
Salários a Pagar $ 8.000; Capital $ 50.000; Capital a Realizar $ 20.000; Desp. Propaganda 
$ 25.000; Desp. Salários $ 30.000; Desp. Aluguel $ 5.000; Estoques de Material $ 8.000; 
Receitas de Serviços $ 150.000; Receitas Financeiras $ 15.000; Bancos $ 10.000; Despesas 
Diversas $ 5.000; Clientes $ 20.000. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Profª. Ana Elisa Périco 
 
UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA (UNESP) 
Campus de Araraquara 
Departamento de Economia 
AULA 5 – OPERAÇÕES COM MERCADORIAS 
Plano de Aula 
1. UEPS (Último que entra, primeiro que sai) 
2. PEPS (Primeiro que entra, último que sai) 
3. Média Ponderada Móvel 
4. Exemplo 
? 
? 
Atribuição de Preços aos Inventários 
Deverá ser dado ao Estoque Final o valor 
baseado nas últimas compras 
 
Na média das compras do período 
 
No valor corrente das mercadorias 
? 
Preço específico 
 Quando é possível fazer a determinação do preço 
 específico de cada unidade em estoque, pode-se 
 dar baixa, em cada venda, por esse valor 
 
 Com isto, no estoque final, seu valor será a soma 
 de todos os custos específicos de cada unidade 
 ainda existente 
Peps ou Fifo 
 Com base nesse critério, daremos baixa no custo 
da seguinte maneira: 
 
O PRIMEIRO QUE ENTRA É O 
PRIMEIRO QUE SAI (PEPS) 
 
 Assim, à medida que ocorreram as vendas, vamos 
dando baixa a partir das primeiras compras. 
Ueps ou Lifo 
 Com base nesse critério, daremos baixa no custo 
da seguinte maneira: 
 
O ÚLTIMO QUE ENTRA É O 
PRIMEIRO QUE SAI (UEPS) 
 
 Assim, à medida que ocorreram as vendas, vamos 
dando baixa a partir das últimas compras. 
Média Ponderada Móvel 
 Para evitar extremos, existe a possibilidade de se 
 dar como custo o valor médio das compras 
 O valor médio de cada unidade em estoque 
 altera-se pela compra de outras unidades por um 
 preço diferente 
 O valor de cada unidade em estoque será 
calculado dividindo-se o custo total do estoque 
pelas unidades existentes. 
Custo ou Mercado (o mais baixo) 
 De acordo com a Lei das Sociedades Anônimas e 
com a Convenção do Conservadorismo, o estoque 
deverá sempre ser registrado pelo menor valor 
entre o custo ou o mercado. 
Nunca antecipar lucros, mas sempre antecipar 
possíveis prejuízos 
 O custo será sempre utilizado, a menos que o 
valor de mercado seja menor. 
Custo ou Mercado (o mais baixo) 
 Durante o período, para controle de estoque, 
utiliza-se o critério de custeio preferido (Preço 
Específico, Peps, Ueps ou Média Ponderada) e, no 
dia da apuração do resultado, faz-se a comparação 
do saldo contábil do estoque final com seu valor de 
mercado. 
 Se o custo for menor, o estoque será apurado na 
forma conhecida; se o mercado for menor, deve-se 
fazer o ajuste. 
EXEMPLO 
Referências 
EQUIPE DE PROFESSORES DA FEA/USP. 
Contabilidade Introdutória. São Paulo: Atlas, 
1998.