AVA APREN   HISTÓRIA MODERNA 1,2,3,4 e 5
18 pág.

AVA APREN HISTÓRIA MODERNA 1,2,3,4 e 5


DisciplinaHistória Moderna: da Formação do Sistema Internacional200 materiais1.398 seguidores
Pré-visualização5 páginas
Parte superior do formulário
	
		
	
	
	
	
		  HISTÓRIA MODERNA: DA FORMAÇÃO DO SIST. INTERNAC.
		
	 
	Lupa
	 
	
	
	 
	Exercício: CEL0486_EX_A1
	
	
	Data: 06/10/2016 
	
	 1a Questão (Ref.: 201504832523)
	Fórum de Dúvidas (1 de 1)       Saiba (0) 
	
	São características da política mercantilista efetuada na Europa durante a Idade Moderna, exceto :
		
	
	Diminuição das taxas alfandegárias
	
	Monopólios e colonialismo
	
	Aumento das exportações
	
	Protecionismo e nacionalismo econômico
	
	Estado forte
	
	
	
	
	 2a Questão (Ref.: 201504734907)
	Fórum de Dúvidas (1 de 1)       Saiba (0) 
	
	O Antigo Regime, que existiu em muitos países europeus ao longo da Idade Moderna, compreende um conjunto de características econômicas, sociais, políticas e culturais. Dentre essas características, é CORRETO incluir:
		
	
	na cultura, o predomínio do pensamento racional e científico; e na religião o enfraquecimento da influência das igrejas protestantes.
	
	na política, o predomínio de monarquias absolutistas; e, na economia, o intervencionismo estatal (mercantilismo). 
	
	na sociedade, uma hierarquia determinada não pelo nascimento mas pelas riquezas que o indivíduo conseguisse acumular; e, na economia, as práticas monopolistas. 
	
	na economia, a generalização do princípio do laissez-faire; e, na sociedade, uma hierarquia constituída segundo critérios de estamentos e ordens. 
	
	na economia, o predomínio de relações capitalistas; e, na política, a hegemonia das ideias liberais. 
	
	Gabarito Comentado
	
	
	 3a Questão (Ref.: 201504832525)
	Fórum de Dúvidas (1 de 1)       Saiba (0) 
	
	No século XVI, o sistema feudal entra em crise e a partir dessa crise, posteriormente teremos a sua substituição por uma nova dinâmica política no qual o poder é centralizado. Denominamos isso de : 
		
	
	Centralização capitalista
	
	Estados Industriais
	
	Estados Nacionais 
	
	Capitalismo financeiro
	
	Democracia representativa
	
	
	
	
	 4a Questão (Ref.: 201504749044)
	Fórum de Dúvidas (1 de 1)       Saiba (0) 
	
	O Mercantilismo, política econômica praticada durante a Idade Moderna, apresentava como característica: 
		
	
	Estímulo à agricultura;
	
	Liberdade de comércio;
	
	Não participação do Estado na economia;
	
	Manutenção da balança comercial favorável; 
	
	Combate à escravidão.
	
	
	
	
	 5a Questão (Ref.: 201504739765)
	Fórum de Dúvidas (1 de 1)       Saiba (0) 
	
	Na Idade Moderna, o mercantilismo foi a política econômica:
		
	
	adotada pelos Estados Modernos em sua fase de transição para o capitalismo.
	
	que negou o intervencionismo estatal e o dirigismo econômico.
	
	que aboliu o metalismo, a balança comercial favorável e o estímulo ao comércio exterior.
	
	que desenvolveu apenas o comércio como conseqüência de uma política de produção auto-suficiente.
	
	criada a partir do liberalismo inglês.
	
	
	
	
	 6a Questão (Ref.: 201504901468)
	Fórum de Dúvidas (1 de 1)       Saiba (0) 
	
	Sabemos que a formação dos Estados Absolutistas, ou o Absolutismo, teve como base inicial a aliança do Rei com a burguesia, ainda que tal aliança tenha se processado de formas diferentes em cada região. Essa aliança foi interessante para ambas as partes mas não durou para sempre. Com relação a essa aliança e aos seus resultados, assinale, a seguir, a única assertiva INCORRETA: 
		
	
	A aliança com a burguesia interessava aos reis, pois necessitavam do dinheiro e da experiência da burguesia para formar exércitos nacionais e criar uma burocracia para administrar os seus Estados. 
	
	Esse estado de coisas levou a burguesia a aliar-se com a nobreza durante as revoluções burguesas, para por fim ao absolutismo.
	
	Com a consolidação do poder real e da burguesia, tal aliança deixa de ser interessante para a burguesia pois o Estado absolutista passa a interferir diretamente na economia, o que é um obstáculo para a atividade mercantil dessa burguesia.
	
	A nobreza não havia perdido seu poder com o fim do feudalismo. Agora ela dominava os mais importantes cargos políticos e administrativos dentro do novo regime. 
	
	Inicialmente, a aliança com o Rei interessava à burguesia que se encontrava em fase de consolidação.
	
	Gabarito Comentado
	
	
	 7a Questão (Ref.: 201504749041)
	Fórum de Dúvidas (1 de 1)       Saiba (0) 
	
	Luís XIV, o "rei-sol" O Estado sou eu". Esta frase atribuída ao soberano francês Luís XIV durante o seu governo pessoal (1661-1715) expressa a organização política do Estado Nacional Moderno, que começou a se formar em fins da Idade Média e teve na França o exemplo clássico. As afirmativas que evidenciam a significância desse processo histórico são: 
I - A centralização do poder político funcionou como uma "tábua de salvação" para a nobreza que precisou abrir mão de seu poder local em favor de um Estado centralizado, embora não sem conflitos e resistências, a fim de que os privilégios honoríficos e fiscais fossem resguardados na nova ordem político-institucional. 
II - A unificação territorial e política de algumas regiões do ocidente europeu, superando o fracionamento do poder até então vigente, foi um processo de lutas e guerras no qual vários obstáculos precisaram ser removidos, quais sejam: os particularismos locais, tanto da nobreza feudal, quanto das comunas urbanas, o universalismo do papado e as disputas entre reis. 
III - Os camponeses e os trabalhadores urbanos, embora oprimidos pela ação do Estado, que detinha o uso da força para garantir a ordem social, não pagavam tributos ao Estado; os camponeses podiam usufruir da terra, mesmo sem possuir a propriedade, enquanto os trabalhadores urbanos viviam em condições precárias, garantindo mão-de-obra barata para as manufaturas que cresciam. 
IV - A progressiva centralização do poder e a concentração de territórios resultaram, desde a grande crise do século XIV, no surgimento dos Estados Nacionais Modernos no Ocidente Europeu, que deve ser entendido como uma resposta à crise e ao desmoronamento da ordem medieval feudo-católica, especialmente quanto à necessidade de reprimir os conflitos sócio-políticos para construir uma nação na qual os súditos reconhecessem a autoridade absoluta do rei. 
V - A burguesia em formação, diante dos efeitos da crise do feudalismo, precisava do apoio do Estado Nacional Monárquico para compensar o declínio de sua renda pelo exercício de funções burocráticas; obter garantias expressas em direitos de monopólio; assegurar a isenção de impostos e manter as propriedades no campo. 
Está (ão) correta (s): 
		
	
	II, III e IV
	
	I, II e IV 
	
	I, III e V
	
	II, IV e V
	
	III, IV e V
	
	Gabarito Comentado
	
	
	 8a Questão (Ref.: 201504740138)
	Fórum de Dúvidas (1 de 1)       Saiba (0) 
	
	Dentre os vários meios desenvolvidos nos Estados Nacionais Modernos para garantir o poder das monarquias não se pode citar a adoção de
		
	
	força militar permanente.
	
	universalismo religioso da Igreja Católica. 
	
	burocracia administrativa.
	
	leis e justiças unificadas.
	
	sistema tributário.
	
	Gabarito Comentado
	
	
	
	
Parte inferior do formulário
 Parte superior do formulário
		
	
	
	
	
		  HISTÓRIA MODERNA: DA FORMAÇÃO DO SIST. INTERNAC.
		
	 
	Lupa
	 
	
	
	 
	Exercício: CEL0486_EX_A2
	
	
	Data: 06/10/2016 
	
	 1a Questão (Ref.: 201505222862)
	Fórum de Dúvidas (0)       Saiba (0) 
	
	(Superpro)  Leia o texto. "Por enquanto, ainda el-rei está a preparar-se para a noite. Despiram-no