A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
ATIVIDADE ESTRUTURADA   PESQUISA EM SERVIÇO SOCIAL II   O MOVIMENTO ESTUDANTIL BRASILEIRO

Pré-visualização | Página 3 de 3

correntes esquerdistas foram bem sucedidas ao canalizarem a crescente insatisfação da massa jovem diante das deficiências e problemas do sistema de ensino superior. Desse modo, a década de 60 presenciou as primeiras grandes mobilizações em defesa de reivindicações de caráter educacional. Na primeira metade dos anos 60, a chamada "Reforma da Universidade" consistiu na mais importante luta do movimento estudantil.
A história tem provado que o Movimente Estudantil constitui-se, de fato, como uma instância que, no interior da academia, com todas suas implicações ideológicas, serve como ponto de convergência aos anseios mais latentes dos estudantes.
Neste início de século 21, o movimento estudantil diversificou sua atuação, em direção às principais demandas da juventude brasileira. A UNE se mobiliza em grandes Bienais, que valorizam áreas como ciência, tecnologia e esporte, em movimentos de estudantes negros, mulheres, gays, lésbicas e outros grupos. Em 2008, a entidade realizou mais uma caravana nacional, desta vez pautando também temas como a saúde e qualidade de vida da população jovem brasileira. Além disso, a UNE tem papel central na Organização Continental Latino-Americana e Caribenha de Estudantes (OCLAE), integrando suas lutas às dos jovens dos demais países do continente. O movimento estudantil brasileiro hoje defende bandeiras como a do software livre, inclusão digital, meio ambiente, segurança pública e o protagonismo positivo do Brasil, enquanto nação emergente, no novo cenário mundial.
Em 2010, a UNE apoiou no segundo turno a candidatura de Dilma Rousseff, ex-militante estudantil que se tornou primeira mulher presidente do Brasil. Duas conquistas histórica nesse período marcam o movimento estudantil: a aprovação da PEC da Juventude no Congresso Nacional, incluindo na constituição o termo juventude e dessa forma reconhecendo os direitos dessa parcela da sociedade, e a aprovação da emenda ao projeto de lei do Pré-sal que garante a destinação de 50% do fundo social, que irá gestar os recursos da camada do novo petróleo brasileiro, exclusivamente para a educação.
 “Sonho que se sonha sozinho é apenas um sonho; sonho que se sonha junto é sinal de renovação.”
ANEXOS: Fotos referentes a diversas fases do Movimento Estudantil
 
 
 
REFERÊNCIAS:
www.une.org.br, acessado em 26/11/2016
www.ahistoria.com/movimento-estudantil, acessado em 22/11/2016
www.unicap.br/webjornalismo/metanoia?p=74, acessado em 20/11/2016
educaçao.uol.com.br/disciplinas/historia-brasil/movimento-estudantil-o-foco-da-resistencia-ao-regime-militar-no-brasil, acessado em 16/11/2016.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.