A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
25 pág.
fundamentos de contabilidade

Pré-visualização | Página 1 de 15

Aula 1 a 10 – Resumo + exercícios - FUNDAMENTOS DE CONTABILIDADE - quinto período
Aula 1 - PROCEDIMENTOS CONTÁBEIS BÁSICOS
A Contabilidade é a ciência que tem por objeto o patrimônio das entidades e por objetivo o controle desse patrimônio, com a finalidade de fornecer informações a seus usuários. A Contabilidade é a ciência que tem por objeto o patrimônio das entidades e por objetivo o controle desse patrimônio, com a finalidade de fornecer informações a seus usuários.
Campo de Aplicação da Contabilidade
O campo de aplicação da Contabilidade abrange todas as entidades (pessoas) físicas ou jurídicas, com ou sem fins lucrativos, que possuam patrimônio.
Usuários da Contabilidade
Os usuários são pessoas (físicas ou jurídicas) que se interessam pela situação da empresa e que buscam na contabilidade as suas respostas. 
a)Sócios, Acionistas e Proprietários: Estão interessados no retorno e na segurança de seus investimentos. Normalmente, esperam que a empresa tenha condições de manter um fluxo regular de distribuição de lucros.
b) Administradores, Diretores e Executivos: O interesse nos dados contábeis dessas pessoas atinge um grau de profundidade e análise maior que os demais grupos. Eles são responsáveis pela tomada de decisão. Assim, as informações contábeis são úteis para o acompanhamento da empresa e, principalmente, para projetar o futuro.
c) Bancos e Financiadores em geral:Quando a empresa opera com prejuízo ou começa a operar ineficientemente, é muito provável que os sócios continuem a investir nela para que se recupere. No entanto, os emprestadores de dinheiro serão os primeiros a abandonar o barco. Sua preocupação principal é que a empresa tenha geração de caixa futura suficiente para honrar, com segurança, o capital emprestado, atualizado mais os juros.
d) Governo e Economistas Governamentais:O governo baseia-se nas informações contábeis para exercer o poder de tributar e arrecadar tributos, enquanto os economistas encarregados utilizam esses dados para análises globais da economia ou de setores.
Patrimônio
Patrimônio compreende o conjunto de bens, direitos e obrigações pertencentes a uma empresa ou pessoa. Assim, surgem as definições: 
BENS: são as coisas úteis, capazes de satisfazer às necessidades das pessoas e das empresas. Podem ser:
Tangíveis – quando possuem forma física, são palpáveis. Ex.: veículos, imóveis, estoques de mercadorias, dinheiro, móveis e utensílios, ferramentas, etc.
Intangíveis – são aqueles que não possuem forma física, não são palpáveis. Ex.: marca (coca-cola) e patentes de invenção (documentos pelo qual o Estado garante a uma pessoa ou empresa o direito exclusivo de explorar uma invenção).
DIREITOS: ou direito a receber - poder de exigir alguma coisa.Ex.: contas a receber, valores a receber, bancos conta movimento (depósito), aluguéis a receber, notas promissórias a receber, etc
OBRIGAÇÕES: são dívidas que a pessoa jurídica ou física deve a terceiros. Contabilmente, essas dívidas são chamadas de obrigações exigíveis, isto é, compromissos que serão reclamados.
Balanço Patrimonial (Básico
É uma das mais importantes demonstrações contábeis, por meio da qual podemos verificar a situação patrimonial e financeira de uma entidade em determinado momento.   
ATIVO: compreende os bens e os direitos de propriedade da entidade. Ex.: Caixa, Bancos, Imóveis, Veículos, Equipamentos, Mercadorias, Títulos a Receber, etc.
Comentários:  uma máquina alugada, ou arrendada, não poderá ser relacionada ao ativo por não ser de propriedade da empresa, é apenas um bem para uso.  O mesmo ocorre com um prédio alugado.
PASSIVO: também conhecido como capital de terceiros, representa todas as obrigações exigíveis da empresa, ou seja, as dívidas que serão cobradas, reclamadas a partir da data do seu vencimento. É denominado também passivo exigível, procurando-se, neste caso, dar mais ênfase ao aspecto exigibilidade.
PATRIMÔNIO LÍQUIDO: também conhecido como capital próprio, é o registro do valor que os proprietários de uma empresa têm aplicado no negócio.Dessa forma, a empresa possui uma obrigação para com seus proprietários, porém é uma obrigação não exigível, ou seja, sem vencimento. Por outro lado, os proprietários não podem exigir de volta o valor investido, devem vender sua participação no capital para outras pessoas sem envolverem a empresa. 
Assim, enquanto estiver em continuidade, o patrimônio líquido pertence à própria empresa. No encerramento da empresa, os recursos seriam devolvidos aos proprietários.
Origem e Aplicação de Recursos da Empresa
Fonte significa origem, ou seja, de onde saem os recursos (financeiros ou materiais) da empresa.As origens (fontes) de recursos de uma empresa são representadas pelo passivo (capital de terceiros) e pelo patrimônio líquido (capital próprio). O capital de terceiros representa as origens externas e o capital próprio às origens internas.As aplicações de recursos que têm origem no passivo e/ou patrimônio líquido são representadas pelas contas do ativo. 
a)Passivo(Obrigação Exigível)-
Capital de Terceiros - são os recursos obtidos com outras pessoas (terceiros), que possuem data específica de pagamento (exigíveis), ou seja, o Passivo Circulante e o Passivo Não Circulante Exigível a Longo Prazo.
b) Patrimônio Líquido(Obrigação não Exigível) –
Capital Próprio - são os recursos dos proprietários aplicados na empresa, que não possuem data de vencimento, ou seja, o patrimônio líquido.
As principais fontes do patrimônio líquido (capital próprio) são: investimentos dos proprietários e o resultado que se obtém por meio do confronto entre Receitas e Despesas.Onde, 
Resultado Positivo: Receitas obtidas maiores que as Despesas incorridas
Resultado Negativo: Receitas obtidas menores que as Despesas incorridas.
Receitas – despesas= lucro ou prejuízo
Operações com Fatos Permutativos e Modificativos
Os Fatos Administrativos ou Contábeis são aqueles praticados pelos administradores ou donos da empresa que afetam o patrimônio da empresa. Nem todos os atos afetam o patrimônio de imediato. O bom relacionamento de um funcionário com seus clientes é algo que não produz efeito de imediato e não pode ser considerado como um fato. Assim, a Contabilidade registra apenas os fatos administrativos ou contábeis para o controle do patrimônio da empresa. Os fatos que não alteram o patrimônio líquido são denominados fatos permutativos, ao contrário dos que o alteram, que são chamados de fatos modificativos.
Lembretes:Os bens intangíveis podem ser marcas e patentes.Conjunto de bens, direitos e obrigações caracterizam o termo patrimônio.Veículos e clientes são considerados bens e direitos.
No contexto da estrutura patrimonial temos os seus vários elementos , dentre eles os bens. Como podemos classificar este elemento quanto ao tipo?
Imaterial e intangível
 Tangível e Intangível
Material e tangível
palpáveis e físicos
Tangível e de uso
O objeto da Contabilidade é:
Evidenciar o patrimônio das entidades para que estas possam obter créditos junto ao mercado
 O patrimônio, representado pelo conjunto de bens, direitos e obrigações
O controle das obrigações e dos haveres da entidade
O controle de qualquer entidade
A situação líquida, os bens e os direitos
O patrimônio é um conjunto de aspecto qualitativo e quantitativo representado por:
Receitas e despesas
 Bens, direitos e obrigações
 Bens e receitas
Recebimentos e pagamentos
Direitos e recebimentos
Duplicatas a receber e Duplicatas a pagar constituem, respectivamente:
 Direito e Obrigação exigível.
Obrigações e Bens.
Direito e Bens.
Direito e Patrimônio Líquido.
Bens e Obrigações.
As modificações ocorridas na estrutura patrimonial decorrentes de fatos contábeis devem ser registrados em ordem cronológica, agrupados de forma homogênea e evidenciados seus aspectos quantitativos e qualitativos. Estamos nos referindo à seguinte tecnica contábil:
Planejamento
Todas as opções estão corretas
 Auditoria
 Escrituração
Controle
	
Assinale a única alternativa