A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
6 pág.
Cirurgia Oral - Questões de Prova

Pré-visualização | Página 1 de 2

1- A odontossecção é uma manobra de diérese que favorece a avulsão nas exodontias complicadas. Uma situação clínica que não apresenta necessidade dessa manobra é:
Resposta correta:
Segundo molar com raízes convergentes próximas do seio maxilar.
2 - Paciente de 34 anos procurou atendimento para reabilitação com implante na região do dente 25. Ao exame radiográfico observou-se raiz residual em posição supra-óssea, com aproximadamente 5 mm de distância em relação à crista do rebordo, e altura óssea suficiente para a instalação do implante. Considerando-se a queixa do paciente, qual o planejamento mais adequado para a exodontia?
Resposta correta
Retalho Neümann, osteotomia vestibular parcial por perfuração cortical e avulsão.
3 - As exodontias múltiplas são realizadas seguindo princípios gerais de exodontias e cirurgias pré-protéticas. Considerando-se esses princípios, devemos evitar:
Resposta correta
Remoção demasiada de tecido gengival em pacientes com pequena faixa de gengiva inserida.
4 - Sobre os acidentes e complicações nas exodontias, assinale a alternativa CORRETA:
Resposta correta
Chamamos de hematoma, o acúmulo de sangue no interior dos tecidos com aumento de volume. 
5 - Sobre as cirurgias parendodônticas, é CORRETO afirmar:
Resposta correta
Entre as contra-indicações para a apicectomia estão os dentes com reabsorções radiculares extensas.
6 - É um estreito espaço potencial localizado entre os músculos elevador do ângulo da boca e elevador do lábio superior. Quando esse espaço é infectado, há um aumento de volume na região anterior da face que oblitera o sulco naso-labial. A drenagem espontânea das infecções desse espaço, normalmente ocorre na parte inferior do canto interno do olho (PETERSON, 2000). Neste espaço se localiza o feixe vásculo-nervoso infra-orbital. Este espaço é atingido a partir de infecções do canino superior, quando seu ápice” se localiza acima do músculo levantador do ângulo da boca. Quando este espaço está infectado, ocorre inchaço na região, causando obliteração do sulco nasolabial. A infecção pode atingir o ângulo medial do olho, causando sinais semelhantes a uma Dacriocistite (inflamação do saco lacrimal) (REHER e TEIXEIRA, 2001). De qual espaço fascial o autor se refere no texto? Qual implicação neurológica associada a este espaço pode ocorrer? Tal implicação neurológica é decorrente de qual característica anatômica?
Resposta correta
Espaço canino, trombose do seio cavernoso, as veias da cabeça não possuem valvas
7 - Após ter detectado uma comunicação buco sinusal, relacionada ao alvéolo do dente 15, que acabara de ser submetido a exodontia, deve ser realizado a seguinte conduta:
Resposta correta
sutura oclusiva, antibioticoterapia e acompanhamento
8 - Na consulta pós operatória de 05 dias após a exodontia do dente 45, o paciente relata dor forte, latejante, irradiando por toda a mandíbula, sem melhora com o uso de analgésicos, há 2 dias. Ao exame clínico observa-se a sutura em posição, porém o alvéolo sem tecido de granulação, com exposição das paredes ósseas alveolares, sem drenagem de secreção purulenta. Frente a esse quadro clínico, o diagnóstico provável e conduta são:
Resposta correta
Alveolite seca / irrigação do alvéolo com clorexidina e medicação alveolar;
9 - Em relação aos movimentos da exodontia simples a fórceps é correto afirmar que:a- o movimento de lateralidade nos dentes anteriores superiores deve ser maior para cortical palatina. 
Resposta correta
Rotação está indicada para ICS e caninos superiores e pré molares inferiores sem anomalias apicais, com cautela
10 - Em um procedimento cirúrgico de exodontia de 3 molar inferior posição III C, foi realizado: incisão, descolamento, osteotomia, odontossecção, avulsão, curetagem, sutura e compressão com gaze. Assinale a alternativa que relaciona corretamente as categorias de manobras cirúrgicas fundamentais com a cirurgia apresentada.
Resposta correta
Uma das manobras de diérese adotada foi a osteotomia.
11 - O plexo pterigóideo é um emaranhado de vasos anastomosados localizado ao redor dos músculos pterigóideos, que circunda a artéria maxilar, na fossa infratemporal. O plexo pterigóideo se anastomosa com a veia facial e retromandibular. As veias meníngeas médias drenam o sangue das meninges do encéfalo para o plexo pterigóideo e o plexo pterigóideo drena as veias das partes profundas da face para a veia maxilar. A veia alveolar superior posterior é formada pelos ramos dentais e peridentais e drena para o plexo pterigóideo. As veias dentais partem do forame do ápice das raízes e drenam a polpa dos dentes maxilares, enquanto os ramos peridentais drenam o processo alveolar, o periodonto e a gengiva. A veia alveolar inferior é formada pela união dos ramos dentais e peridentais que drenam respectivamente a polpa dos dentes da mandíbula e os processos alveolares, o periodonto e a gengiva correspondentes. Devido às características Anatômicas destes vasos, um fármaco infiltrado na região de fossa infratemporal na região de tuberosidade da maxila, pode derivar para o seio cavernoso, acarretando incômodo ao paciente. Qual característica das veias faciais possibilita este acidente anestésico e qual a melhor posição do paciente para evitá-lo?
Resposta correta
Não possuem valvas/ plano oclusal da maxila à 45° em relação ao solo.
12 - Assinale a opção correta, a respeito de biossegurança: 
I.	O uso de equipamento de proteção individual tem a finalidade de impedir que microrganismos provenientes de pacientes, por meio de sangue, fluidos orgânicos, secreções e excreções, contaminem o profissional de saúde. → CORRETO
II.	Utiliza-se a desinfecção quando se objetiva diminuir o número de microrganismos presentes em determinado material ou superfície. → CORRETO
III.	A esterilização pode ser realizada em autoclave, que utiliza calor seco, ou em estufa que utilizada calor úmido, sendo mais indicado o uso de estufa para esse fim.
IV.	Hepatite B, hepatite C, leishmaniose, herpes, AIDS e tuberculose podem ser adquiridas por contaminação na prática odontológica.
V.	Conforme o risco de transmissão de infecção e a necessidade de esterilização ou desinfecção, os instrumentos cirúrgicos, são classificados em duas categorias: críticos ou semicríticos. 
13 - Em relação a biossegurança, assinale a opção correta:
I.	O glutaraldeído pode ser utilizado como desinfetante de superfícies, dada sua baixa toxicidade.
II.	Define-se infecção cruzada como a transmissão de agentes infecciosos entre pacientes e equipe, dentro de um ambiente clínico, podendo a transmissão resultar do contato pessoa/pessoa ou ocorrer por meio de objetos contaminados. → CORRETO
III.	A infecção pelo vírus da hepatite B ocorre somente por meio do contato com secreções genitais.
IV.	Antissepsia refere-se à inibição da proliferação ou à destruição de microrganismos presentes em superfícies inanimadas, como bancadas e equipamentos.
V.	Manobras como esterilização do instrumental, antissepsia do campo operatório e colocação de luvas e máscaras devem ser realizadas apenas quando o paciente possuir alguma doença contagiosa.
14 - A Técnica anestésica mais frequentemente empregada em Odontologia é a técnica de bloqueio do nervo alveolar inferior ou pterigomandibular. Como o nervo lingual fica distante apenas 8 mm do nervo alveolar inferior no local da injeção, ele também é anestesiado. Quando a finalidade da anestesia é realizar procedimentos cirúrgicos em molares inferiores, o nervo bucal também precisa ser abrangido. Uma variante desta técnica, providência então, que, com a mesma punção, esse nervo seja alcançado e devidamente anestesiado.O nervo mandibular na sua porção descendente, próximo da língula da mandíbula, se bifurca em nervo milo-hióideo, que inervam o músculo milo-hióideo e o ventre anterior do músculo digástrico. E o nervo alveolar inferior que por sua vez dá ramos nervosos radiculares, ossos e ligamentares para os dentes molares e pré-molares de um hemi-arco inferior. Então se bifurcam em nervos