Mercado de Fatores

Mercado de Fatores


DisciplinaMicroeconomia I6.856 materiais202.533 seguidores
Pré-visualização3 páginas
Mercado de Fatores
Capítulo 26 do Varian
Capítulo 14 do Pindyck e Rubinfeld
1
Tópicos para discussão
Mercados competitivos de fatores 
Equilíbrio em um mercado competitivo de fatores
Mercado de fatores com poder de monopsônio
Mercado de fatores com poder de monopólio
Exemplos e exercícios
2
2
Mercados competitivos de fatores
Características
	1. Grande número de vendedores do fator de produção
	2. Grande número de compradores do fator de produção
	3. Os compradores e vendedores do fator de produção são aceitadores de preços
3
2
Mercados competitivos de fatores
Demanda por um fator de produção quando apenas um insumo é variável
Apresentam inclinação decrescente.
A demanda por fatores de produção é uma demanda derivada\u2026dependem e derivam \u2026
\u2026dos níveis dos custos dos fatores e da demanda pela produção.
Exemplo: A demanda da Microsoft Corporation por programadores é uma demanda derivada, pois é função não só dos atuais salários dos programadores, mas também de quantos softwares a Microsoft espera receber.
4
2
Mercados competitivos de fatores
Suponha:
Dois insumos: capital (K) e mão-de-obra (L)
O custo de K é r, e o custo da mão-de-obra é w
K é fixo e L é variável
Demanda por um fator de produção quando apenas um insumo é variável
5
2
Mercados competitivos de fatores
Problema
Quanto contratar de mão-de-obra?
Demanda por um fator de produção quando apenas um insumo é variável
6
2
Mercados competitivos de fatores
Medição do valor da produção de um trabalhador
Receita do produto marginal da mão-de-obra (RMgPL ou PRMx)
RMgPL = (RMg)(PMgL)
Demanda por um fator de produção quando apenas um insumo é variável
7
2
Mercados competitivos de fatores
Suponha um mercado em competição perfeita
Logo, RMg = P
Demanda por um fator de produção quando apenas um insumo é variável
8
2
Mercados competitivos de fatores
Suponha:
Função de produção y = f(x) = f(L)
Receita da empresa R(y) = p(y).y, 
onde p(y) é a função demanda inversa.
9
Mercados competitivos de fatores
Pergunta
O que acontecerá com o valor da RMgPL quando mais trabalhadores forem contratados?
Demanda por um fator de produção quando apenas um insumo é variável
10
2
Mercados competitivos de fatores
Suponha \u2206L (aumento marginal)
Resulta num pequeno aumento no produto, \u2206y.
A taxa do aumento do produto pelo aumento do insumo é o produto marginal do fator:
O aumento no produto causará uma mudança na receita, denominada receita marginal:
11
Mercados competitivos de fatores
O efeito na receita devido ao crescimento marginal no insumo é chamado de produto da receita marginal:
ou
12
Mercados competitivos de fatores
Reescrevendo, tem-se:
13
Mercados competitivos de fatores
Observação:
\u1d4b \u2192 é a elasticidade da curva de demanda em um mercado competitivo
A RMg = p(y)
Portanto, o \u201cproduto da receita marginal\u201d do insumo de uma empresa num mercado competitivo é apenas o valor do produto marginal daquele insumo, p.PMgL
RMgPL = (RMg)(PMgL) = p.PMgL
14
Mercados competitivos de fatores
No Monopólio:
A curva de demanda tem inclinação negativa
A receita marginal será sempre menor do que o valor do produto marginal:
15
Enquanto a função demanda não for perfeitamente elástica, o RMgPL será estreitamente menor do que p.PMgL. 
Isso significa que a qualquer nível de emprego do fator, o valor marginal de uma unidade adicional será menor para o monopolista do que para a empresa competitiva.
Isto é um paradoxo.
O total do fator insumo \u201ctem maior valor\u201d para o monopolista do que para a empresa competitiva.
15
Mercados competitivos de fatores
Demanda do fator
Horas de trabalho
Remuneração
(dólares
por hora)
RMgPL = PMgLx P
Mercado de produto competitivo (P = RMg)
RMgPL = PMgL x RMg
Mercado
monopolístico de
produto
(RMg <P)
Receita do produto marginal
16
w
Lm
Lc
2
Como se dá a demanda por fatores?
No mercado competitivo:
RMgPL = w = p.PMgL
No mercado monopolista:
RMgPL = w = RMgL.PMgL
17
Mercados competitivos de fatores
Escolha da quantidade de mão-de-obra maximizadora de lucro
Se RMgPL > w (custo marginal de contratação de um trabalhador): contrata-se o trabalhador
Se RMgPL < w: contrata-se menor quantidade de mão-de-obra
Se RMgPL = w: quantidade de mão-de-obra maximizadora de lucro
Demanda por um fator de produção quando apenas um insumo é variável
18
2
Mercados competitivos de fatores
w*
SL
No mercado competitivo de mão-de-obra, uma 
empresa se defronta com uma oferta perfeitamente
 elástica de mão-de-obra e pode contratar quantos 
trabalhadores desejar, com o salário w*.
Quantidade de trabalho
Preço do
trabalho
Por que não contratar um número
de trabalhadores menor ou maior
do que L*?
RMgPL = DL
L*
A empresa maximizadora de lucros contratará
a quantidade L* de unidades de mão-de-obra
no ponto em que a receita do produto marginal
 da mão-de-obra for igual à taxa do salário.
Contratações da empresa no mercado de mão-de-obra (com capital fixo)
19
Mercados competitivos de fatores
Se a oferta de mão-de-obra do mercado aumentasse relativamente à demanda (por exemplo, devido à emancipação feminina ou a uma explosão demográfica como a que gerou os chamados baby boomers), haveria um excedente de mão-de-obra e a taxa do salário cairia.
Pergunta
Como isso afetaria a quantidade demandada de mão-de-obra?
Demanda por um fator de produção quando apenas um insumo é variável
20
2
Mercados competitivos de fatores
Quantidade de trabalho
Preço do
trabalho
w1
S1
RMgPL = DL
L1
w2
L2
S2
Um deslocamento na oferta de trabalho
21
Mercados competitivos de fatores
Comparação entre os mercados de fatores e de produção
22
2
Mercados competitivos de fatores
Comparação entre os mercados de fatores e de produção
Em ambos os mercados, as escolhas dos fatores e do nível de produção ocorrem quando RMg = CMg
RMg da venda do produto
CMg da aquisição do fator
23
2
Exercício 5) Cap. 14 do Pindyck e Rubinfeld
Suponha que a função de produção de uma empresa seja expressa por Q = 12L - L2, em que L varia de 0 a 6, onde L é o insumo mão-de-obra por dia e Q é a produção diária. Derive e desenhe a curva de demanda da mão-de-obra da empresa se o produto for vendido por $10 em um mercado competitivo. Quantos trabalhadores serão contratados pela empresa quando a remuneração for de $30 por dia? E quando for de $60 por dia?
(Dica: o produto marginal da mão-de-obra é 12 - 2L.)
24
Exercício 5) Cap. 14 do Pindyck e Rubinfeld
25
Mercados competitivos de fatores
Demanda por um fator de produção quando diversos insumos são variáveis
Situação
Produção de equipamento agrícola com dois insumos variáveis:
Mão-de-obra
Maquinário da linha de montagem
Suponha que a taxa de salário caia
26
2
Mercados competitivos de fatores
Pergunta
De que maneira a queda na taxa de salário afetará a demanda por mão-de-obra?
Demanda por um fator de produção quando diversos insumos são variáveis
27
2
Mercados competitivos de fatores
RMgPL1
RMgPL2
Quando dois ou mais fatores de produção
 são variáveis, a demanda da empresa 
por um fator de produção depende da
 receita marginal de ambos
 os fatores de produção.
Horas de trabalho
Remuneração
(dólares
por horas)
0
5
10
15
20
40
80
120
160
Quando o salário é $20, A vem a ser um
 ponto da curva de demanda da empresa
 por mão-de-obra. Quando o salário cai
 para $15, a curva RMgP desloca-se, gerando
 um novo ponto C na curva de demanda por
mão-de-obra da empresa. Sendo assim,
 A e C estão na curva de demanda
 por mão-de-obra, porém B não está.
DL
A
B
C
Curva de demanda do trabalho de uma empresa (com variação de capital)
28
Mercados competitivos de fatores
A curva da demanda do mercado
Suponha que todas as empresas reajam ao nível mais baixo de salário
Todas as empresas contratam mais trabalhadores.
A oferta de mercado aumenta.
O preço de mercado cai. 
A quantidade de mão-de-obra demandada pela empresa diminui.
29
RMgPL1
Trabalho