A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
9 pág.
Abacate EMATER

Pré-visualização | Página 1 de 2

EMATER - MG http://www.emater.mg.gov.br/site_emater/Serv_Prod/Livraria/Fruticul...
1 de 9 10/16/aaaa 11:29
Fruticultura
A Cultura do Abacate
 
Nome Cultura do Abacate
Produto Informação Tecnológica
Data Abril -2001
Preço -
Linha Fruticultura
Resenha Informações resumidassobre a Cultura do Abacate
Autor(es) Eng.º Agro Ruben RamalhoSobrinho
 
Fruticultura
A Cultura do Abacate
Menu
Introdução
Variedades
Polinização
Clima
Escolha e Preparo do Solo
Época de Plantio
Espaçamento
Propagação
Adubação
Pragas e doenças
Rendimento e Colheira
Comercialização
Bibliografia
 
 
 
1 - Introdução
O abacate é uma fruta tropical de alto valor para a alimentação humana,
contendo importantes vitaminas e sais minerais.
O seu cultivo é possível em diversos climas, desde que observada a
origem da raça a ser cultivada.
 
EMATER - MG http://www.emater.mg.gov.br/site_emater/Serv_Prod/Livraria/Fruticul...
2 de 9 10/16/aaaa 11:29
 
2 - Variedades
Selecionar variedades que melhor preencham as finalidades da
exploração e que se adaptem às condições locais de clima e solo. As
variedades mais indicadas estão relacionadas no quadro 1.
Quadro 1. Características de diversos cultivares de abacateiro
Cultivar Raça Grupo Época de Maturação
Fuerte M x G - março a junho
Hass G - junho a setembro
Pollock A B janeiro a abril
Simmonds A B fevereiro a março
Princesa A A março
Waldin A A março a abril
Westin A x G B abril a maio
Bertanha G x A B abril a maio
Fortuna A x G B abril a julho
Herculano G x A B abril a maio
Quintal A x G B maio a julho
Paulista G x A A maio a julho
Linda G B junho a agosto
Wagner G A agosto a setembro
Emor G x A B agosto a outubro
Solano G x A B setembro a outubro
Ouro Verde - A setembro a outubro
A: Antilhano G: Guatemalense
Para exportação, as variedades recomendadas são a Fuerte e a Hass.
Outros cultivares podem ser plantados. Procure se informar consultando
um extensionista da EMATER–MG.
Os abacateiros são identificados em três raças, conforme suas
origens:
Características Antilhana Guatemalense Mexicana
Folhas Sem aroma e tamanho de 20 cm
Sem aroma, tamanho de 15 
a 18 cm 
Cheiram como a 
erva-doce (anis)
quando esmagadas, 
tamanho de 8 a 10 
cm 
Época de
florescimento agosto–setembro setembro- outubro julho – agosto
Estação de
amadurecimento dezembro– março março – setembro dezembro – abril
Tempo entre a
formação do fruto e a
maturação 
5 a 8 meses 10 a 13 meses 6 a 8 meses 
Tamanho dos frutos 400 a 2.000 g 200 a 2.000 g 50 a 400 g 
Textura da casca Coriácea Grossa e quebradiça Macia e fina 
Teor de óleo Baixo Médio a alto Médio a alto
Origem (altitude) 0 – 1.000 m 1.000 – 1.800 m 1.800 – 2.600 m
Resistência ao frio Pouca Média Alta
Resistência à geada Baixa Resistência
EMATER - MG http://www.emater.mg.gov.br/site_emater/Serv_Prod/Livraria/Fruticul...
3 de 9 10/16/aaaa 11:29
Susceptibilidade para 
geada 
(planta adulta) 
Alta (- 2,5 oC) Média (- 4,0 oC) Baixa (- 5,5 oC) 
Vida pós-colheita Baixa Alta Média
Tolerância à
alcalinidade Alta Média Baixa
Tolerância à salinidade Alta Média Baixa
Outras 
Conhecidos por 
comum ou manteiga.
Brotação quase
bronzeada. Frutos com 
pedúnculo curto 
Pedúnculo comprido.
Brotos quase sempre
bronzeados. Frutos 
grandes, casca grossa, 
geralmente rugosas. 
Frutos pequenos.
Pedúnculo curto.
Casca sempre fina 
e lisa. Brotos de
coloração
verde-clara. 
 
Os híbridos resultantes de cruzamentos naturais entre as diferentes
raças têm, conforme sua origem, exigências climáticas diferenciadas.
 
 
.
 
3 - Polinização
As flores do abacateiro apresentam o fenômeno chamado dicogamia
protogínica, que consiste na maturação do órgão feminino anteriormente
à do masculino, em horas diferentes do dia.
Portanto, para que ocorram a polinização e conseqüentemente a
frutificação, há necessidade da presença de abacateiros diferentes
quanto ao comportamento sexual (Grupo A e Grupo B).
Recomenda-se o plantio intercalado de cultivares dos Grupos A e B que
floresçam na mesma época, para assegurar uma polinização mais
eficiente das flores. Em condições normais, essas características estão
especificadas a seguir:
Dia Período Tipo A Tipo B
Manhã Flores abertas com estigmas receptivos 
1º
dia Tarde Flores Fechadas
Flores abertas com estigmas 
receptivos 
Noite Flores Fechadas Flores Fechadas
2º
dia Manhã Flores Fechadas
Flores abertas com estigmas 
receptivos 
Tarde As flores abrem novamente com estamesdeiscentes 
A autofecundação pode ocorrer. Porém a participação dos insetos é
fundamental, principalmente a das abelhas, sendo inclusive
recomendada a instalação de colméias nos pomares.
 
 
EMATER - MG http://www.emater.mg.gov.br/site_emater/Serv_Prod/Livraria/Fruticul...
4 de 9 10/16/aaaa 11:29
 
.
 
4 - Clima
A temperatura é um dos fatores mais importante, porque os invernos
rigorosos são limitantes ao cultivo comercial.
Os cultivares da raça Mexicana são os mais recomendados às regiões
de invernos frios, seguidos pelos cultivares Guatemalenses.
Os cultivares da raça Antilhana não devem ser plantados em regiões de
clima frio.
Chuvas em torno de 1.200 mm anuais são suficientes para o abacateiro,
desde que sejam bem distribuídos durante o ano. O excesso durante o
período de florescimento e frutificação, além de reduzir a produção,
prejudica a qualidade dos frutos.
Os cultivares precoces devem ser plantados em regiões mais quentes
para acentuar a precocidade, e os cultivares tardios devem ser plantados
em regiões mais frias, onde a colheita dos frutos poderá ser retardada
ainda mais.
 
 
.
5 - Escolha e Preparo do Solo
Preferencialmente, instalar a cultura em solos leves, profundos, bem
drenados. Solos encharcados predispõem as plantas à gomose ou
podridão-do-pé.
Escolher terrenos planos ou pouco ondulados. A inclinação não deve
exceder a 10% para facilitar a mecanização. O controle da erosão deve
iniciar-se com a marcação das linhas de nível.
Evitar locais de ventos fortes e constantes, porque causam
desfolhamento, queda dos frutos, quebra de ramos e dificuldades na
polinização por insetos.
Preparar o solo fazendo-se uma aração profunda seguida de gradeação.
O alinhamento é de acordo com a topografia, podendo ser em curva de
nível, terraços ou banquetas, evitamdo-se assim os prejuízos causados
pela erosão.
Para o plantio, abrem-se covas de 40 x 40 x 40 cm.
 
 
EMATER - MG http://www.emater.mg.gov.br/site_emater/Serv_Prod/Livraria/Fruticul...
5 de 9 10/16/aaaa 11:29
 
6 - Época de Plantio
A mais indicada é a que coincide com o início das chuvas, o que propicia
condições favoráveis a um rápido desenvolvimento vegetativo. Após o
plantio, as mudas deverão ser parcialmente sombreadas, para se
evitarem queimaduras do caule e diminuir a transpiração.
 
 
 
7 - Espaçamento
Variedade de porte alto .... 10 x 10 metros 
Variedade de porte baixo ... 10 x 8 metros
Plantio adensado: 10 x 5 metros. Quando houver prejuízo provocado
pelo adensamento, eliminar uma planta na linha. Nesses casos, o custo
de implantação é muito elevado.
 
 
8 -Propagação
A propagação do abacateiro pode ser feita com uso sementes ou de
estacas (enxertia). Por meio de sementes não é recomendada, tendo em
vista a variação que ocorre nas plantas obtidas e no retardamento do
início da produção.
Recomenda-se adquirir mudas enxertadas, produzidas por viveiristas
idôneos, devidamente registrados no Ministério da Agricultura ou na
Secretaria de Agricultura do Estado.
Não adquirir mudas de vendedores ambulantes.
Uma boa muda deve:
ter o enxerto feito entre 5 a 10 cm de altura, medidas a partir do
colo da planta;
apresentar diâmetro do enxerto o mínimo de 1 cm, não
apresentando diferença de mais de 0,5 cm entre