A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
38 pág.
Aula 15

Pré-visualização | Página 11 de 11

ao regime jurídico próprio 
das empresas privadas, quanto aos direitos e obrigações trabalhistas e 
tributários, as empresas públicas e as sociedades de economia mista 
que explorem atividade econômica de produção ou comercialização de 
bens, mas não as que prestam serviços. 
15. (CESPE / TJ-AC - 2012) A CF estabelece o monopólio da União na 
pesquisa e lavra das jazidas de petróleo e gás natural, permitindo, 
entretanto, a contratação de empresas estatais e privadas para a 
realização dessas atividades, observadas as condições estabelecidas 
em lei. 
16. (CESPE / TCU - 2011) De acordo com a CF, constituem monopólio 
da União a pesquisa, a comercialização e a lavra das jazidas de 
petróleo e gás natural. 
17. (CESPE / TRF 5ª Região - 2011) Ao prever o princípio do pleno 
emprego na CF, o legislador pretendeu defender a absorção da força 
de trabalho a qualquer custo, sem se preocupar com a dignidade da 
pessoa humana. 
18. (CESPE / TRF 5ª Região - 2011) A atividade normativa e 
reguladora do Estado exercida por meio da intervenção na atividade 
econômica compreende as funções de fiscalização, participação e 
incentivo. 
19. (CESPE / TRF 5ª Região - 2011) O monopólio estatal na refinação 
do petróleo nacional impede a contratação, pela União, de empresa 
privada para a realização dessa atividade. 
20. (CESPE / TRF 5ª Região - 2011) O planejamento da atividade 
econômica pelo Estado, na nova ordem constitucional econômica, é 
sempre indicativo para o setor privado, em harmonia com o princípio 
da livre iniciativa. 
21. (CESPE / MPS - 2010) Constitui monopólio da União a refinação 
de petróleo nacional ou estrangeiro. 
Direito Constitucional – TRE-PE 
Profa. Nádia Carolina / Prof. Ricardo Vale 
 
!
!
!∀#∃%&∋()∗+&,+∀#−∗.+&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&!!!∀#∃%&∋%#()∋∗+,∗−&∃+∃∀∗+.∀/&0!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!%∗!#∃!%&!
 
22. (CESPE / MPS - 2010) As empresas públicas e as sociedades de 
economia mista não podem gozar de privilégios fiscais não extensivos 
às empresas do setor privado. 
23. (CESPE / OAB - 2010) O aproveitamento do potencial de energia 
renovável de capacidade reduzida depende de autorização do Estado. 
24. (CESPE / TJ-SE – 2014) A desapropriação, pela União, de imóvel 
rural que não atenda a sua função social, para a realização de reforma 
agrária, depende de prévia indenização em dinheiro. 
25. (CESPE / TJ-PI - 2012) A política de desenvolvimento urbano 
deve ficar a cargo do município, a partir de diretrizes comuns fixadas 
por lei federal. 
26. (CESPE / TJ-PI - 2012) A alienação ou concessão, a qualquer 
título, de terras públicas rurais, independentemente da dimensão, a 
pessoa física ou jurídica depende de prévia aprovação do Congresso 
Nacional. 
27. (CESPE / BRB - 2010) Considere que a União desaproprie por 
interesse social, para fins de reforma agrária, determinado imóvel 
rural localizado no estado do Mato Grosso, que não esteja cumprindo 
sua função social. Nessa situação, todas as benfeitorias do imóvel 
deverão ser indenizadas mediante títulos da dívida agrária. 
 
 
Direito Constitucional – TRE-PE 
Profa. Nádia Carolina / Prof. Ricardo Vale 
 
!
!
!∀#∃%&∋()∗+&,+∀#−∗.+&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&!!!∀#∃%&∋%#()∋∗+,∗−&∃+∃∀∗+.∀/&0!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!%&!#∃!%&!
 
Gabarito 
1. CORRETA 
2. INCORRETA 
3. CORRETA 
4. INCORRETA 
5. INCORRETA 
6. INCORRETA 
7. INCORRETA 
8. INCORRETA 
9. CORRETA 
10. INCORRETA 
11. INCORRETA 
12. INCORRETA 
13. CORRETA 
14. INCORRETA 
15. CORRETA 
16. INCORRETA 
17. INCORRETA 
18. INCORRETA 
19. INCORRETA 
20. CORRETA 
21. CORRETA 
22. CORRETA 
23. INCORRETA 
24. INCORRETA 
25. CORRETA 
26. INCORRETA 
27. INCORRETA 
!
! !