ARTIGO SOBRE ESCRAVIDÃO CONTEMPORÂNEA - 007
17 pág.

ARTIGO SOBRE ESCRAVIDÃO CONTEMPORÂNEA - 007


DisciplinaDireito do Trabalho I37.909 materiais543.029 seguidores
Pré-visualização6 páginas
como a parassubordinação. 
A ideia não é a extensão do conceito de subordinação jurídica, de modo a 
inserir a figura do parassubordinado em seu bojo, mas sim a inserção desses trabalhadores 
no Direito do Trabalho, com legislação própria, de modo a não mais se encontrarem na 
zona fronteiriça entre o trabalho autônomo e subordinado. 
Destarte, é necessária a adoção do instituto da parassubordinação no nosso 
ordenamento jurídico trabalhista, de modo que a doutrina venha a esclarecer a definição, o 
conceito, as diferenças objetivas e os elementos desse instituto, a fim de incluir esses 
trabalhadores no mercado de trabalho formal. 
Enfim, é notório que discussões ainda serão travadas sobre o instituto, porém é 
certo que não há nenhum óbice a essa adoção, uma vez que o Direito do Trabalho, 
qualquer que seja sua acepção, encontra-se regulamentado na nossa Constituição Federal, 
de modo que o mesmo tem como objetivo primordial tutelar a relação Capital x Trabalho, e 
não somente um específico tipo de relação trabalhista. 
N.3 (ANO 2014): RAÍZES NO DIREITO - ISSN 2318-2288 
75 
 
Assim, encerra-se o presente trabalho com o ensinamento de Oliveira (apud 
Furquim, 2013, p. 53): \u201cNa comparação, o parassubordinado é mais subordinado no 
resultado do que o autônomo e mais autônomo no modo de fazer do que o trabalhador 
subordinado, restando, assim, a nova fattispecie uma posição intermediaria.\u201d 
 
REFERÊNCIAS 
 
DELGADO, Mauricio Godinho. Curso de direito do trabalho. São Paulo: LTr, 2013. 
FURQUIM, Maria Célia de Araújo. Nem empregado, nem autônomo: parassubordinado. 
São Paulo: LTr, 2013. 
NASCIMENTO, Amauri Mascaro. Iniciação ao Direito do Trabalho. 29 ed. São Paulo: 
LTr, 2003. 
VIEIRA, Cintia Mirna Araújo. Parassubordinação e tutela ao trabalhador atípico: Os 
dilemas do Direto do Trabalho em tempos de globalização. In: Âmbito Jurídico, Rio 
Grande, XIII, n. 73, fev. 2010. Disponível em: 
<http://âmbitojuridico.com.br/site//index.php?n_link=revista_artigos_leitura&artigo_id=71
85>. Acesso em fev. 2015. 
PINTO E SILVA, Otávio. O trabalho parassubordinado. Disponível em: 
<http://www.revistas.usp.br/rfdusp/article/download/67540/70150>. Acesso em fev. 2015.