CCJ0043-WL-C-AMMA-15-John Rawls e Dworkin
41 pág.

CCJ0043-WL-C-AMMA-15-John Rawls e Dworkin


DisciplinaFilosofia Geral e Jurídica955 materiais9.351 seguidores
Pré-visualização3 páginas
norma preestabelecida);
4 \u2013 evita que os juízes fundamentem as decisões dos casos difíceis em objetivos sociais ou diretrizes políticas.
*
*
AULA 1
NOME DA DISCIPLINA
Ronald Dworkin: a questão dos princípios 
CURSO DE DIREITO
AULA 6
Segundo Faria (2009), a importância da interpretação é interessante, pois alerta Dworkin que as decisões judiciais estão vinculadas mais ao posicionamento social e ideológico do juiz do que às normas.
O enfoque principiológico tem por finalidade identificar a existência de preceitos morais no seio do Direito, para dar uma resposta correta aos casos difíceis.
*
*
AULA 1
NOME DA DISCIPLINA
Ronald Dworkin: a questão dos princípios 
CURSO DE DIREITO
AULA 6
\u201cAs teorias interpretativas de cada juiz se fundamentam em suas próprias convicções sobre o \u2018sentido\u2019 \u2013 o propósito, objetivo ou princípio justificativo \u2013 da prática do direito como um todo, e essas convicções serão inevitavelmente diferentes, pelos menos nos detalhes, daqueles de outros juízes\u201d. \u201c(...) Juízes diferentes pertencem a tradições políticas diferentes e antagônicas, e a lâmina das interpretações de diferentes juízes será afiada por diferentes ideologias\u201d (DWORKIN, 2007, p. 110). 
*
*
AULA 1
NOME DA DISCIPLINA
Ronald Dworkin: a questão dos princípios 
CURSO DE DIREITO
AULA 6
Segundo Faria (2009, p. 39/40), a tese de Dworkin se amolda ao que acontece no Judiciário Trabalhista brasileiro que é desafiado a interpretar qual é o princípio jurídico trabalhista aplicável a cada caso.
Vamos ver um exemplo?
ATENÇÃO
*
*
AULA 1
NOME DA DISCIPLINA
Ronald Dworkin: a questão dos princípios 
CURSO DE DIREITO
AULA 6
Caso concreto: 
Uma empresa, do setor bancário, implementa um plano de cargos e salários fixando, dentre outros pontos, uma comissão para o exercício de certas funções \u201cde confiança\u201d, com jornada superior a 6hs/dia, cujo aceite do empregado é livre; a pretensão exordial é de pagamento da 7ª e 8ª horas trabalhadas como extras; no caso julgado restou provado que o exercício daquela função não exigia uma fidúcia especial; o TST entendeu que o pagamento de uma gratificação para o ocupante de um cargo que não exige confiança especial não gera direito à extensão da jornada do bancário além da sexta diária (FARIA, 2009, p. 39/40).
*
*
AULA 1
NOME DA DISCIPLINA
Ronald Dworkin: a questão dos princípios 
CURSO DE DIREITO
Caso concreto: 
A decisão enfocada assenta-se no princípio da integridade do direito, pois os princípios da (1) irrenunciabilidade dos direitos trabalhistas e da (2) primazia da realidade são oriundos da exploração do homem pelo homem, propiciada pelo laissez-faire, laissez-passer, e os excessos provocados pela abstrata igualdade meramente jurídica entre os indivíduos fatores que conduziram, no bojo do Estado Social, à consolidação e institucionalização do direito do trabalho. Em outras palavras, este ramo do direito surgiu (e continua) exatamente com o desafio de controlar os exageros do capitalismo no Estado Liberal (FARIA, 2009, p. 39/40).
*
*
AULA 1
NOME DA DISCIPLINA
Ronald Dworkin: a questão dos princípios 
CURSO DE DIREITO
Concluindo: 
Ronald Dworkin é um filósofo do direito que participa ativamente do debate público através de artigos, ensaios que se dirigem a temas morais e políticos como aborto, eutanásia, democracia, liberdade religiosa, dentre outros.
*
*
AULA 1
NOME DA DISCIPLINA
Referências
CURSO DE DIREITO
AULA 6
DWORKIN, Ronald. Levando os direitos a sério. 2. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2007. 
______. O império do direito. 2. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2007. 
______. Uma questão de princípio. 2.ed. São Paulo: Martins Fontes, 2005. 
CALSAMIGLIA, A. Prologo. In: DWORKIN, R. Los derechos em serio. España: Editorial Ariel, 1984. p. 9-27.
DALL\u2019AGNOL, D. O igualitarismo liberal de Dworkin. Kriterion. Belo Horizonte, v. 46, nº 111, jan/jun. 2005.
*
*
AULA 1
NOME DA DISCIPLINA
Referências
CURSO DE DIREITO
AULA 6
FARIA, R. L.M. de. Entendendo os princípios através de Ronald Dworkin. Revista Jurídica UNIGRAN. Dourados, MS, v. 11, nº 22, Jul/Dez. 2009.
IKAWA, Daniela R. Hart, Dworkin e discricionariedade. Lua Nova [online]. 2004, n.61, pp. 97-113. ISSN 0102-6445.
GUEST, Stephen. Ronald Dworkin. Rio de Janeiro: Elsevier, 2010.
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*